Resenha - Desire To Kill - Fire Shadow

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando De Santis
Enviar correções  |  Ver Acessos


O Fire Shadow "nasceu" em Curitiba, no ano de 2003, porém só teve seu 'line-up' estabilizado no ano seguinte. Formado por Marco Lacerda (vocal), Thiago Neuwert (guitarra), Cássio Fugimoto (baixo) e Jonathan Bressan (bateria), a banda tem como principal influência o metal tradicional dos anos 80.

Gosto duvidoso: As piores capas da história do Rock e Heavy MetalSlash: Comentários sobre Guns, pornstars e Michael Jackson

Em sua primeira demo, intitulada "Desire to Kill", os jovens integrantes, que têm em média 16 anos, apresentam de forma explícita a influência pelas bandas dos anos 80. Ao colocar o CD para rodar, não há como não notar a nítida semelhança instrumental com o Megadeth. A gravação da demo em si é boa, mas pecam na produção, como por exemplo em erros de andamento, como na faixa inicial, "Desire To Kill". Os riffs são criativos, porém a cozinha apresenta suas falhas, quando Jonathan dá umas vaciladas na bateria, mas é algo natural, por se tratar de músicos jovens e por ser a primeira demo. Talvez dar algumas ensaiadas e depois gravar com o metrônomo ligado, seria uma boa alternativa para corrigir esses erros. O vocal de Marco Lacerda ainda precisa evoluir muito. Exagerar menos em alguns gritos cairia bem.

"Rise Of The Machines" lembra bem composições do Metallica, que têm mudanças de velocidade e andamento. A idéia é muito boa, mas ainda apresenta os defeitos no vocal que não está totalmente "lapidado" e ainda tem muito que evoluir. "Hell On Earth" apresenta um começo mais cadenciado e logo em seguida ganha velocidade com riffs rápidos. As viradas e passagens da bateria não estão boas, estão "travadas", não fluindo de forma direta, parecendo sempre que Jonathan está fazendo algum esforço sobrenatural para executa-las. "Bloody Angels" é outra composição com riffs interessantes, onde Thiago e Cássio trabalham muito bem e protagonizam os bons momentos da demo.

Por se tratar de músicos novos e por ser o primeiro trabalho, os erros apresentados em "Desire To Kill" são perfeitamente aceitáveis. Horas e horas de ensaios, aulas e metrônomo resolverão essas falhas e deixarão os músicos preparados para uma próxima demo. Pra garagem molecada, pois boas idéias vocês têm!

Formação:
- Marco Lacerda (vocal)
- Thiago Neuwert (guitarra)
- Cássio Fugimoto (baixo)
- Jonathan Bressan (bateria),

Contatos:
e-mail: bandafireshadow@yahoo.com.br
website: www.fireshadow.com.br




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Fireshadow"


Gosto duvidoso: As piores capas da história do Rock e Heavy MetalGosto duvidoso
As piores capas da história do Rock e Heavy Metal

Slash: Comentários sobre Guns, pornstars e Michael JacksonSlash
Comentários sobre Guns, pornstars e Michael Jackson

Nightwish: Participação de Dawkins em álbum irritou alguns fãsNightwish
Participação de Dawkins em álbum irritou alguns fãs

Metal sueco: site elege as dez melhores bandas da SuéciaMetal sueco
Site elege as dez melhores bandas da Suécia

Rolling Stone: As 500 melhores músicas segundo a revistaRolling Stone
As 500 melhores músicas segundo a revista

Immortal: achando que estava só, Abbath tentou registrar marcaImmortal
Achando que estava só, Abbath tentou registrar marca

Não culpe as gravadoras: você que é um tosco mesmo!Não culpe as gravadoras
Você que é um tosco mesmo!


Sobre Fernando De Santis

Paulistano, nascido em 1979, Fernando De Santis passa grande parte do seu tempo viajando entre São Paulo, Santos e Curitiba. Nas horas de viagens dentro de ônibus ou aviões, costuma ouvir Hard Rock, Heavy Metal e demos de qualquer estilo. Atualmente trabalha como webdesigner para o Estado de São Paulo. Mantém o site "We Burn", dedicado ao Helloween desde 1998, que nunca lhe trouxe nenhum dinheiro, mas rendeu muito amigos.

Mais informações sobre Fernando De Santis

Mais matérias de Fernando De Santis no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336