Matérias Mais Lidas

imagemThin Lizzy e o álbum picareta de covers do Deep Purple que garantiu sua sobrevivência

imagemConheça o guitarrista brasileiro de 16 anos que estará no próximo clipe do Megadeth

imagemA inteligente estratégia de Prika para não perder gravadora na ruptura da Nervosa

imagemO hit dos Engenheiros sobre Humberto não querer ser guru dos jovens igual Renato Russo

imagemPor que o processo de composição da Legião Urbana e Engenheiros era tão diferente?

imagemBeatles: A música que Paul McCartney compôs para calar a boca de Pete Townshend

imagemRoger Waters sobre tocar Pink Floyd sem David Gilmour: "Não tenho problema algum"

imagemSteve Grimmett: vocalista do Grim Reaper morre aos 62 anos

imagemSons of Apollo une carisma e técnica em show no Rio com direito a piada de Mike Portnoy

imagemAs 10 músicas mais estranhas do Guns N' Roses, em lista do Ultimate Classic Rock

imagemDez clássicos do thrash metal que não foram gravados pelo "Big Four" - Parte I

imagemAs 10 melhores músicas "lado b" da carreira solo de Dio, em lista do Metal Injection

imagemAs obscuras músicas favoritas do Red Hot Chili Peppers de John Frusciante

imagemDream Theater: confira possível setlist dos shows da banda no Brasil

imagemMax Cavalera quer reunir formação original do Soulfly para turnê em 2023


Stamp

Resenha - Aeronautics - Masterplan

Por Ben Ami Scopinho
Em 30/04/05

Nota: 9

Após dois anos do estrondoso e até mesmo inesperado sucesso de seu debut, o Masterplan chega agora com seu segundo trabalho denominado "Aeronautics". E, embora este não tenha o impacto de seu antecessor, apresenta uma ligeira mudança, trazendo maior homogeneidade em suas composições que com certeza proporcionará altas doses de satisfação aos amantes da música pesada.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A sua formação conta com Jorn Lande (vozes), Roland Grapow (guitarras), Jan S. Eckert (baixo), Uli Kusch (bateria) e Axel Mackenrottn (teclados). Sobre Axel, aqui ele realmente toca seu instrumento (no primeiro registro o tecladista foi o talentoso e jovem Janne Wirman, do Children of Bodom) e este possui uma linha musical mais neoclássica, que se enquadrou muito bem na sonoridade do Masterplan.

As composições de "Aeronautics" desta vez trazem a participação de todos os membros e se firmou em uma sonoridade de um Heavy Metal clássico com ótimo trabalho nas guitarras e várias mudanças no andamento em sua música. Não é somente a potente e versátil voz de Jorn que brilha aqui, Grapow apresenta uma ótima e inspirada fase nas seis cordas de sua Gibson que, com o entrosamento que o time está, a banda conseguiu definir sua própria identidade, fugindo dos clichês do Heavy Metal.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Totalmente desnecessário citar algumas canções. Escutar "Aeronautics" é não saber o que vem pela frente, tal o nível de criatividade. São harmonias perfeitas, ora progressivas, ora mais hard, sempre cheias de distorção, com uma leve tendência retrô que, somada a uma gravação bastante encorpada e moderna, resultou num registro que será um dos destaques de 2005.

Finalizando, deixo uma dica: tente adquirir a versão argentina de "Aeronautics", pois esta vem com quatro faixas-bônus. No Brasil, estas quatro canções sairão em um EP, ou seja, o prezado consumidor terá que pagar bem mais para adquirir somente duas canções inéditas. Foram-se os tempos em que as distribuidoras de nosso país davam aquela força ao público headbanger...

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

MASTERPLAN – Aeronautics
(2005 – AFM Records / Icarus Music)

01. Crimson Rider
02. Back For My Life
03. Wounds
04. I’m Not Afraid
05. Headbanger´s Ballroom
06. After This War
07. Into The Arena
08. Dark From The Dying
09. Falling Sparrow
10. Black In The Burn

bônus:

01. Back For My Life (versão de single)
02. Love Is A Rock
03. Killing In Time
04. Killing In Time (versão instrumental)

Homepage: www.master-plan.net


Outras resenhas de Aeronautics - Masterplan

Resenha - Aeronautics - Masterplan

Resenha - Aeronautics - Masterplan

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Dream Theater 2022


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Regis Tadeu e as piores bandas de Power Metal de todos os tempos

Pra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 2003

Jorn Lande: "gostaria de ter cantado no Rainbow"

Uli Kusch: "Michael Jackson utilizava ingredientes do Metal em seu trabalho"

Ultimate Classic Rock: os 100 maiores clássicos do rock

Supergrupos: Os melhores e piores na opinião da Metal Hammer


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre

Mais matérias de Ben Ami Scopinho.