Matérias Mais Lidas

Angra: banda anuncia turnê para comemorar os 20 anos do clássico RebirthAngra
Banda anuncia turnê para comemorar os 20 anos do clássico "Rebirth"

Jon Bon Jovi: veja-o cantar Here Comes the Sun, hit dos Beatles, na posse de BidenJon Bon Jovi
Veja-o cantar "Here Comes the Sun", hit dos Beatles, na posse de Biden

Eddie Van Halen: ele fez vários fãs queimarem amplificadores ao mentir sobre truqueEddie Van Halen
Ele fez vários fãs queimarem amplificadores ao mentir sobre truque

Kerrang: do grunge ao death metal, 20 álbuns clássicos que farão 30 anos em 2021Kerrang
Do grunge ao death metal, 20 álbuns clássicos que farão 30 anos em 2021

Iron Maiden: vaquinha para ajudar Paul Di'Anno a fazer cirurgia ainda não atingiu 25%Iron Maiden
Vaquinha para ajudar Paul Di'Anno a fazer cirurgia ainda não atingiu 25%

Pantera: e se Vulgar Display Of Power fosse gravado pelo Metallica?Pantera
E se "Vulgar Display Of Power" fosse gravado pelo Metallica?

Lista: 15 covers gravados pelas bandas do Big Four do thrash metalLista
15 covers gravados pelas bandas do Big Four do thrash metal

Rock In Rio: Freddie Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 1985Rock In Rio
Freddie Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 1985

Tamanho é documento?: os Rock Stars mais altos e baixosTamanho é documento?
Os Rock Stars mais altos e baixos

New Radicals: a pedido de Biden, reunidos e tocando seu maior hit na posse; vejaNew Radicals
A pedido de Biden, reunidos e tocando seu maior hit na posse; veja

Greta Van Fleet: Robert Plant odeia aquele vocalistaGreta Van Fleet
Robert Plant "odeia" aquele vocalista

Thin Lizzy: você sabe pronunciar o nome de Phil Lynott?Thin Lizzy
Você sabe pronunciar o nome de Phil Lynott?

Ultimate Classic Rock: 81 álbuns essenciais que completam 40 anos em 2021Ultimate Classic Rock
81 álbuns essenciais que completam 40 anos em 2021

Clássicos: papagaio acompanha o dono cantarolando Guns, Led e U2Clássicos
Papagaio acompanha o dono cantarolando Guns, Led e U2

Kiss: análise vocal de Detroit Rock City explica grande alcance de Paul StanleyKiss
Análise vocal de "Detroit Rock City" explica grande alcance de Paul Stanley


Matérias Recomendadas

Rolling Stone: as melhores músicas com mais de sete minutosRolling Stone
As melhores músicas com mais de sete minutos

Inspiração: 30 canções (não somente rock) para mantê-lo motivadoInspiração
30 canções (não somente rock) para mantê-lo motivado

Sexo Anal: saiba onde encontrar esse prazer no cenário RockSexo Anal
Saiba onde encontrar esse prazer no cenário Rock

Bruce Dickinson: Ele lamenta não ter dado um soco em Axl RoseBruce Dickinson
Ele lamenta não ter dado um soco em Axl Rose

Contra-baixo: as melhores introduções do Heavy MetalContra-baixo
As melhores introduções do Heavy Metal

Stamp
Tunecore
Malvada

Resenha - Neon God Part II; The Demise - WASP

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Carlos Eduardo Corrales
Enviar Correções  


Matéria extraída do site DELFOS – www.delfos.art.br

Uma grande dificuldade ao resenhar dois CDs que deveriam ter sido lançados em um mesmo pacote é diferenciar os dois textos. Ainda mais no caso do W.A.S.P. que, embora seja uma banda que eu gosto muito, já lançou vários álbuns bem parecidos uns com os outros, como The Crimson Idol, Still Not Black Enough e as duas partes deste The Neon God. Pois nesse caso, fica ainda mais difícil já que praticamente tudo o que disse na resenha da primeira parte (leia AQUI) serve para este novo lançamento.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

The Neon God: Part 2 é a conclusão da saga do falso messias Jesse James em busca do sentido da sua vida. Como já é habitual nas composições do vocalista, guitarrista e dono da banda Blackie Lawless quando se aventura em fazer músicas sérias, as letras estão cheias de referências bíblicas, históricas, filosóficas e até cinematográficas, tornando a busca por essas referências uma das características mais marcantes e divertidas do disco, assim como na trilogia cinematográfica Matrix (leia AQUI). As letras deste álbum são realmente geniais, podendo ser enquadradas entre as melhores já compostas por Lawless.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Musicalmente, também gostei bem mais dessa segunda parte. Ok, não existe nenhuma composição aqui tão legal quanto Sister Sadie e Asylum #9 (ambas da primeira parte de The Neon God), mas é um disco bem mais nivelado do que o primeiro e, principalmente, com menos baladas. Boa parte das músicas que começa como balada, acaba ficando pesada depois, o que deixa o disco bem menos monótono. Esse é o caso de Clockwork Mary, por exemplo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O principal destaque do disco vai para a faixa de abertura Never Say Die, cujo refrão inicialmente parece ir em uma linha meio Queen, mas que depois descamba no estilo bem tradicional do W.A.S.P. que dá vontade de sair pulando por aí. Outra que merece ser citada é Come Back To Black com seu refrão para lá de pegajoso.

The Neon God: Part 2 também traz a música mais longa da carreira do W.A.S.P.. Intitulada The Last Redemption, ela tem mais de 13 minutos e assim como toda música longa e boa, parece ter apenas uns 4 minutos. Ela é bem variada e também conta com um refrão bem na linha W.A.S.P. tradicional.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Não posso deixar de falar dos fantásticos solos de guitarra presentes no álbum. A cargo de Darrel Roberts, são daqueles que, quando você menos espera vai estar acompanhando com sua air guitar.

Na resenha do disco anterior, citei uma aparente influência de Savatage no W.A.S.P. (aproveite e leia a resenha do disco mais recente do Trans-Siberian Orchestra clicando AQUI). Pois aqui essa influência continua evidente devido à repetição de trechos de umas músicas em outras. Sim, eu sei que isso é usado muito em musicais de teatro e foi exatamente daí que o Savatage tirou a idéia. No meio do Rock/Metal, contudo, o Savatage foi a primeira banda que eu conheci que faz isso, então eu sempre vou relacionar essa característica aos caras.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A capa, obviamente, é uma referência direta à primeira parte, cuja única diferença entre uma e outra são as cores. Na minha opinião, se a primeira já era feia, essa ficou mais feia ainda com as cores predominantemente escuras. O encarte também é igualmente feio (igual ao do primeiro álbum). Todo preto, contém apenas as letras, resumo da história e agradecimentos tradicionais, sem nenhuma foto ou algo do tipo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No geral, The Neon: God Part 2 é um disco melhor do que do primeiro. Mas mantenho minha dica da resenha anterior. The Neon: God Part 2 é indicado para aqueles que gostam do W.A.S.P. mais sério de The Crimson Idol e Still Not Black Enough. Para os que gostam da banda quando ela encara seu lado mais festeiro, resta torcer para que o próximo álbum venha na linha do Helldorado. E que a banda finalmente seja trazida para shows no Brasil. Já está na hora, você não acha?


Outras resenhas de Neon God Part II; The Demise - WASP

Resenha - Neon God Part II; The Demise - WASP


Dead Daisies
Receba novidades de Rock e Heavy Metal por Whats App
Anunciar no Whiplash.Net


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Bob Kulick: causa da morte do guitarrista, enfim, é divulgada - e não foi suicídioBob Kulick
Causa da morte do guitarrista, enfim, é divulgada - e não foi suicídio


W.A.S.P.: Aquiles Priester será o baterista da nova turnêW.A.S.P.
Aquiles Priester será o baterista da nova turnê

W.A.S.P.: Lawless teve a mesma coisa que Michael Jackson!W.A.S.P.
Lawless teve "a mesma coisa" que Michael Jackson!


Bandas Iniciantes: 11 cagadas que vocês NAO podem cometerBandas Iniciantes
11 cagadas que vocês NAO podem cometer

Polêmica: as músicas mais controversas da história do RockPolêmica
As músicas mais controversas da história do Rock


Sobre Carlos Eduardo Corrales

Carlos Eduardo Corrales é jornalista e fotógrafo há oito anos. É editor-chefe do Delfos - www.delfos.jor.br - o maior site nerd de jornalismo parcial reflexivo humorístico do mundo. Sua principal característica é não levar nada a sério, até mesmo quando fala sério. A única exceção, claro, são os ensinamentos do Deus Metal. Com esse ele não brinca, pois não quer que o Vento Preto venha tirar satisfação.

Mais matérias de Carlos Eduardo Corrales no Whiplash.Net.