Resenha - Four Flicks - Rolling Stones

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Pedra Rolante
Enviar correções  |  Ver Acessos


Saiu finalmente em terras brasileiras o DVD do ano. São quatro discos, sendo um de documentários e extras e três shows.

Rolling Stones: show feito na Argentina em 1998 será lançado em CD e DVDLuís Mariutti para Nando Moura: "Estádio não se lota com views ou likes"

A apresentação do DVD é maravilhosa (pelo preço, não podia ser diferente). Caixa de papelão duro, todo preto, apenas com a famosa língua em neon verde. Inconfundível. Ao abrir, a embalagem é em estilo digipack, e um toque bem legal é que cada disco tem a ilustração de um integrante da banda. Há também um livretinho de 10 páginas com fotos e citações, tudo em inglês.

DVD 1: Nesse disco, encontram-se o documentário "Tip Of The Tongue" que mostra a preparação da turnê, desde seu anúncio, até a noite de estréia em Boston (EUA). Esse documentário é muito bom e mostra coisas interessantes, como os ensaios da banda e o nervosismo da noite de estréia (mesmo depois de 40 anos). Há também outro documentário menor chamado "Licks Around The World", que mostra a passagem da banda por alguns países, como Índia, Japão, Espanha e República Tcheca (no dia do aniversário de Mick). Também presente neste disco estão algumas músicas de shows em Munique (Alemanha) e Los Angeles (EUA), entre elas "Bitch" e "Beast Of Burden". Fechando, há um mini-documentário de 5min sobre o SARS Fest que aconteceu no Canadá em Julho, reuniu 450.000 pessoas e teve presença dos Stones. A música "Monkey Man" é apresentada no modo select-A-stone, onde você pode escolher assistir aos integrantes da banda separadamente durante a canção.

DVD 2: esse disco é o show do Madison Square Garden (Nova York), que foi transmitido ao vivo pela HBO para EUA e Europa. A banda está à toda e não mostra o mínimo sinal da idade. Eles abrem com a clássica "Street Fighting Man" de 1968 para um público em delírio, até a recente "Don't Stop", de 2002, que é cantada pela platéia. Outros pontos altos do show são "Can't You Hear Me Knocking", de 1971, que foi executada ao vivo pela primeira vez nessa turnê, e "Satisfaction", o hino nacional da Stoneland, tocada com maestria e energia.

DVD 3: Esse é um show no estádio de Twickenham, em Londres, para 55.000 pessoas, casa dos Stones, porquê é o bairro onde eles começaram. Entre os destaques estão a líndíssima "Wild Horses", que tem uma interpretação magistral de Jagger e é ajudada pelas imagens das belas garotas presentes no show. Música pra dançar abraçadinho com a namorada. Outro grande momento é "Paint It Black", de 1966, que já era sombria e sinistra, mas fica transcendental nessa versão com pianos e vocal trabalhado de Jagger. Destaco também "Gimme Shelter", de 1969, uma música que fala sobre o apocalipse e tem um início assustador, apenas com piano e backing vocals que vão criando intensidade até o início dos vocais. De novo "Satisfaction" é espetacular, com Jagger mostrando porquê é um dos maiores vocalistas da história, correndo de um lado ao outro do monstruoso palco sem perder o folego. Esse é o meu show preferido entre os três.

DVD 4: Esse show no pequeno teatro Olympia de Paris, com um publico de 3.000 pessoas, é o mais interessante. Ele nos leva de volta ao início da banda, quando tocavam em pequenos clubes e teatros. A lista de músicas também é bastante diferente, com a banda tocando diversos covers de soul e blues, como faziam no seu começo de carreira. Os destaques ficam para "Hand Of Fate", de 1975, totalmente desconhecida do grande público. Destaca-se também a bela e country "No Expectations", de 1968, além de "That's How Strong My love Is", um cover soul dos anos 60, além de "Love Train", outro cover nunca gravado pela banda. Estão presentes tb clássicos da banda, como "Jumpin Jack Flash" e "Start Me Up"... esse disco é o mais interessante, pois mostra toda a diversidade da banda, que pode tocar de tudo e muito bem.

NOTA: 1.000

Por mais que critiquem a idade de banda, ela continua a lotar estádios pelo mundo e a mostrar que enquanto estiverem na ativa, serão a maior banda de rock do mundo. E jagger mata a pau, o cara é foda.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Rolling Stones"


Rolling Stones: show feito na Argentina em 1998 será lançado em CD e DVD

Mick Jagger: criticando Trump e Bolsonaro por falta de políticas ambientaisMick Jagger
Criticando Trump e Bolsonaro por falta de políticas ambientais

Rolling Stones: cinzeiro elétrico é o que mantém Mick Jagger e Keith Richards unidos?Rolling Stones
Cinzeiro elétrico é o que mantém Mick Jagger e Keith Richards unidos?

Collectors Room: encontrando raridades dos Rolling Stones (vídeo)Rolling Stones: e as pedras rolaram em Marte

Rolling Stones: em show, Robert Downey Jr anuncia rocha marciana com nome da bandaRolling Stones
Em show, Robert Downey Jr anuncia rocha marciana com nome da banda

Separados no nascimento: Keith Richards e DobbySeparados no nascimento
Keith Richards e Dobby

Rolling Stones: Keith Richards já puxou faca após se irritar com Donald TrumpRolling Stones
Keith Richards já puxou faca após se irritar com Donald Trump

Keith Richards: conselhos sobre drogas a Pete DohertyKeith Richards
Conselhos sobre drogas a Pete Doherty


Luís Mariutti para Nando Moura: Estádio não se lota com views ou likesLuís Mariutti para Nando Moura
"Estádio não se lota com views ou likes"

Contra Costa Times: Os 25 melhores guitarristas da Bay AreaContra Costa Times
Os 25 melhores guitarristas da Bay Area

Bateristas: os dez músicos mais loucos de todos os temposBateristas
Os dez músicos mais loucos de todos os tempos

Nightwish: Participação de Dawkins em álbum irritou alguns fãsNightwish
Participação de Dawkins em álbum irritou alguns fãs

Edu Falaschi: o fax com convite de seleção para o Iron MaidenEdu Falaschi
O fax com convite de seleção para o Iron Maiden

Whiplash.Net: Como consegui viver de Rock e Heavy Metal sem saber tocar porra nenhumaWhiplash.Net
Como consegui viver de Rock e Heavy Metal sem saber tocar porra nenhuma

Quietos: os membros calmos de grandes bandas de rockQuietos
Os membros calmos de grandes bandas de rock


Sobre Pedra Rolante

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adClio336|adClio336