Resenha - Rush In Rio - Rush

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 10


Foram necessários muitos e sofridos anos de espera para que o Rush saísse do avançado e bem sucedido Canadá - em termos sócio-econômicos - e vir encarar a América do Sul, com suas dificuldades e má divisão de renda. Porém, parece que a demora e a viagem foram certamente válidas para eles, e certamente para nós também!

Instrumental: dicas de hoje, tributo ao Rush e fusion 80sMetal sueco: site elege as dez melhores bandas da Suécia

O trio descobriu, no Brasil, uma terra que definitivamente colocou-os lado-a-lado a Pink Floyd e Peter Gabriel, no estreito e pequeno hall das poucas agrupações e artistas capazes de trazer, com genialidade, a música progressiva a uma quantidade imensa de pessoas, fazendo com que o estilo pareça popular.

Alguns ainda podem dizer que o prog é um estilo elitista, porém as bandas citadas provam que há, no mínimo, considerável equívoco em tal colocação. Esta vertente do rock, às vezes flertando também com o pop moderno, e tantas outras possibilidades, podem sim ser acessível e estar ao alcance do conhecimento e poder popular.

Quarenta mil pessoas no Maracanã, o maior estádio de futebol do mundo, brilharam e incrivelmente puderam trazer novas perspectivas e sensações a um grupo com mais de trinta anos de existência e uma bagagem impressionante de shows e experiências.

Neil Peart tem total razão ao dizer no encarte do DVD que aquele não era um público ordinário, qualquer. De fato, basta ouvi-los cantando cada nota de YYZ, uma instrumental variada, com freqüentes variações rítmicas e atmosféricas, com se estivessem acompanhando uma simples melodia.

O público de lado agora, e constatamos Alex Lifeson, Neil Peart e Geddy Lee, após cinco anos de pausa, regressando como três músicos jovens em início de carreira. Dedicação total, somada a uma sonoridade fantástica, adquirida ao longo dos anos, e execuções perfeitas.

Quando "Vapor Trails" saiu muitas dúvidas flutuaram por aí. Vá então a "One Little Victory", e sofra o impacto imediato. Não apenas pelos efeitos especiais magníficos, mas também pela intensidade e musicalidade da performance.

O que falar então dos clássicos? "Bravado", "The Big Money", "2112", "Limelight", "Tom Sawyer", "Driven" e muito mais, explodindo o local, colocando sorriso e tirando suor dos membros do conjunto.

O documentário (CD 2) traz tudo o que os fãs do Rush poderiam querer e atesta os músicos de instância maior coabitando suas formas humanas. Muitos detalhes e imagens de suas personalidades tão místicas e misteriosas, não só para os admiradores comuns, como também para músicos consagrados como Mike Portnoy (Dream Theater), o qual rendeu um bom texto elogiando o DVD.

O trio superou os problemas pessoais, as dificuldades impostas pela vida e hoje, cada um deles, parece mais maduro e humilde, além do conhecimento musical extenso que possuem e todos sabem. Este registro ao vivo é uma prova de tudo isto e, ao mesmo tempo, configura-se como um dos melhores, senão o número um, dentre todos os DVDs já lançados na cena progressiva. Para ver e ouvir do primeiro ao último segundo de toda a apresentação às entrevistas e cenas de backstage.

Site Oficial: http://www.rush.com.br

Formação:
Geddy Lee (Vocais - Baixo - Teclado)
Alex Lifeson (Guitarra)
Neil Peart (Bateria)


Outras resenhas de Rush In Rio - Rush

Resenha - Rush In Rio - RushResenha - Rush in Rio - Rush




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Rush"


Instrumental: dicas de hoje, tributo ao Rush e fusion 80s

Rush: A busca por um timbre é o objetivo de todo guitarristaRush
"A busca por um timbre é o objetivo de todo guitarrista"

Em 12/09/1952: nascia Neil Peart, lendário baterista do RushEm 12/09/1952
Nascia Neil Peart, lendário baterista do Rush

Rush: o álbum ao vivo perfeito do trio canadense (vídeo)

Rush: Geddy Lee conta como se viu forçado a tocar baixoRush
Geddy Lee conta como se viu forçado a tocar baixo

Rush: veja novo trailer do filme Cinema StrangiatoRush
Veja novo trailer do filme "Cinema Strangiato"

Rush: LP quíntuplo gravado ao vivo sai em novembroRush
LP quíntuplo gravado ao vivo sai em novembro

Rush: a incrível história do kit de bateria R40 de Neil PeartRush
A incrível história do kit de bateria R40 de Neil Peart

Rush: o conceito de 2112, a obra-prima do grupoRush
O conceito de "2112", a obra-prima do grupo

Kiss FM: as 500 mais tocadas pela rádio em 2008Kiss FM
As 500 mais tocadas pela rádio em 2008


Metal sueco: site elege as dez melhores bandas da SuéciaMetal sueco
Site elege as dez melhores bandas da Suécia

Rolling Stone: As 500 melhores músicas segundo a revistaRolling Stone
As 500 melhores músicas segundo a revista

Mascotes do Metal: os dez maiores segundo The GauntletMascotes do Metal
Os dez maiores segundo The Gauntlet

Fotos de Infância: Dave Mustaine, do MegadethFotos de Infância
Dave Mustaine, do Megadeth

Sgt. Peppers: O mais importante disco da história?Sgt. Peppers
O mais importante disco da história?

Mike Portnoy: O que ele acha sobre os comentários de que está em muitas bandas?Mike Portnoy
O que ele acha sobre os comentários de que está em muitas bandas?

Rammstein: vídeo gera polêmica por supostamente banalizar HolocaustoRammstein
Vídeo gera polêmica por supostamente banalizar Holocausto


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336