Matérias Mais Lidas

imagemRock in Rio: Pitty alfineta a produção do festival ao revelar qual seria sua exigência

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemO hit da Legião que Renato Russo compôs para Cássia Eller e traz coincidência trágica

imagemRock in Rio libera ingressos extras e novamente dia do metal é único que não esgota

imagemNova Fã que descobriu Metallica por Stranger Things quer cancelar banda e reúne provas

imagemJoão Gordo se reencontra com o amigo Iggor Cavalera; "Agora falta zerar com o vovô"

imagemO clássico dos Paralamas do Sucesso que Lobão acusou de plágio

imagemJimmy Page conta como convenceu Robert Plant a formar o Led Zeppelin

imagemIron Maiden e o Rock in Rio: em detalhes, o que exatamente a banda pediu para o evento

imagemKing Diamond fala sobre retorno do Mercyful Fate; "Isso não é uma reunião"

imagemRob Halford compartilha a foto mais metal da semana; "O Rei e Eu"

imagemBruce Dickinson revela qual é sua música preferida do Iron Maiden

imagemA opinião de Marcelo Barbosa sobre cancelamento de Metallica e Pantera por racismo

imagemO hit de Nando Reis inspirado em clássico do Led Zeppelin e na relação com sua mãe

imagemOzzy Osbourne revela de qual de seus álbuns Lemmy Kilmister mais gostava


Stamp

Resenha - Procreation; Original Soundtrack from the Movie - Bloody Garden

Por Saulo Gomes
Em 14/02/00

É inacreditável, mas quando a gente pensa que já ouviu de tudo nesse mundo sempre consegue ouvir algo pior... The Bloody Garden é uma banda que desafia qualquer rótulo, é uma espécie de power-trio sem força. Natural de Ituiutaba, no interior de Mina Gerais— quem poderia imaginar que exista uma cena roqueira em Ituiutaba? Sinceramente ninguém. E a julgar pelo som do Bloody Garden a cidade não tem nada do que se orgulhar...

A banda iniciou a carreira em 1997, na época um projeto acústico do vocalista e guitarrista Denio. De lá para cá lançou três demos The Proto-Meta Paleontozolic Tapes(97), Silly Little Lollipop(98) e Procreation(99). Neste último trabalho o pessoal do Bloody Garden, para disfarçar a incompetência, teve a brilhante idéia de gravar uma demo como se fosse a trilha sonora de um filme pornô, sugestivamente, intitulado The Procreation of the Ass. A banda informa que o filme está em fase de finalização. Mas, infelizmente, é bem possível que essa pérola cinematográfica sequer exista, e que tudo não passe de um truque para chamar atenção para a banda. Não deixa de ser uma idéia interessante, mas quando se vai ouvir o som dos caras, a coisa toda desanda na maionese.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

A cacofonia desmedida e incoercível perpetuada pela banda é algo digno de nota. As principais influências musicais parecem ser rock progressivo dos 70 e psicodelia, mas sinceramente é difícil reconhecer qualquer coisa entre as ondas de feedbeck e desafinações constrangedoras.

No release bastante elucidativo da demo o baixista Oidicius descreve o método de criação de Procreation: "Enquanto assistíamos às cenas do filme para pegarmos o clima, ficávamos com o maior tesão, e ao invés de desperdiçarmos nossas forças, você bem sabe como, fazíamos uma jam". Então tá. Para terem idéia da coisa a primeira faixa "Procreation" tem inacreditáveis 11minutos e 40s !

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

As sete faixas da demo, que se constituem da trilha do filme, foram gravadas ao vivo, em algum estúdio caseiro bastante precário. A qualidade sonora da demo é mínima. Apesar dessa ser a terceira demo da banda, ninguém parece ter aprendido a tocar algum instrumento até agora. O baterista, por exemplo, parece estar sempre no tempo errado.

Além da trilha incidental do filme Procreation of The Ass, a demo trás ainda mais três músicas bônus. Entre elas uma faixa supostamente ‘ao vivo’( "Come on It’s Rock’n’nRoll" ), com aplausos gravados incluídos toscamente no final. Simplesmente patético.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Sinceramente o som dos caras é tão ruim, mas tão ruim, que deveria se tornar algo digno culto! Sério.

Integrantes:

Denio - guitarra, vocais, harmônica, teclados

Oidicius – Baixo

Anderson – Bateria

Site: http://www.geocities.com/SunsetStrip/Cabaret/1589/index.html

Contato: [email protected]

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Dream Theater 2022


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Guns N' Roses: a versão de Axl Rose sobre a separação

Metal: 16 músicas dos anos 80 para se escutar durante o treino


Sobre Saulo Gomes

Colaborador sem descrição cadastrada.

Mais matérias de Saulo Gomes.