Matérias Mais Lidas

imagemRock in Rio: Pitty alfineta a produção do festival ao revelar qual seria sua exigência

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemNova Fã que descobriu Metallica por Stranger Things quer cancelar banda e reúne provas

imagemO hit da Legião que Renato Russo compôs para Cássia Eller e traz coincidência trágica

imagemJoão Gordo se reencontra com o amigo Iggor Cavalera; "Agora falta zerar com o vovô"

imagemRob Halford compartilha a foto mais metal da semana; "O Rei e Eu"

imagemPaul Di'Anno recebe ajuda de Derek Riggs para angariar fundos

imagemIron Maiden e o Rock in Rio: em detalhes, o que exatamente a banda pediu para o evento

imagemA opinião de Marcelo Barbosa sobre cancelamento de Metallica e Pantera por racismo

imagemO hit de Nando Reis inspirado em clássico do Led Zeppelin e na relação com sua mãe

imagemJimmy Page conta como convenceu Robert Plant a formar o Led Zeppelin

imagemA música do Black Sabbath favorita de Frank Zappa

imagem"Farsa" da Mobile Fidelity abre crise no conceito de "áudio puramente analógico"

imagemO clássico dos Paralamas do Sucesso que Lobão acusou de plágio

imagemA opinião de Robb Flynn do Machine Head sobre o retorno do Pantera


Dream Theater 2022

Resenha - Desert Dreams - Shiva

Por Ben Ami Scopinho
Em 22/03/05

Muitas bandas querem soar cada vez mais agressivas, velozes, climáticas, incorporando camadas de efeitos eletrônicos ou alguma outra "inovação" em sua música, e isso é ótimo, pois garante a longevidade do Heavy Metal. Por outro lado, sempre haverá bandas mais apegadas às raízes da música pesada e colocando discos que realmente conseguem impressionar, e aqui temos o exemplo de Shiva com seu "Desert Dreams".

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Shiva é uma banda sueca praticamente desconhecida do público brasileiro, tem em sua formação a cantora Anette Johansson e o excelente multi-instrumentista Matts Edström, que ainda cuida da gravação e mixagem. "Desert Dreams" é seu segundo registro e bem mais pesado que seu antecessor, recheado com um ótimo hard/heavy e, mesmo tendo aquele cheirão oitentista, consegue não soar clichê ou datado.

A voz de Anette tem certas semelhanças com a de Doro Pesch e algo de Leather (que gravou com Chastain nos anos 80); musicalmente é aquele metal que o Warlock fez em "Hellbound" e "True as Steel". Obviamente estas comparações são apenas para situar o caro leitor, pois Shiva também é dono de certa personalidade e muito expressiva.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

As canções são de empolgar, riffs que contagiam e linhas vocais que saímos cantando na primeira audição. O equilíbrio entre peso e melodias mostra a consciência e bom gosto de Matts na estrutura final das composições, conseguindo mesclar o antigo e o moderno com maestria. Sem contar que este álbum possui uma gravação que mantém aquela polidez cristalina dos instrumentos, porém dando bastante ênfase à distorção, que flui por todo o álbum, até mesmo nas baladas.

Musicalmente a dupla faz por merecer muitos elogios, afinal, não são muitos os conjuntos que tem essa dedicação e profissionalismo aliados a tanto sentimento ao colocar um álbum deste estilo no mercado. "Desert Dreams" é um álbum feito com o coração e que merece uma conferida por parte de qualquer amante de Heavy Metal, com a certeza de ter bons momentos garantidos.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

SHIVA – Desert Dreams

01. Mystery of mind
02. Desert dreams
03. Unjustify the truth
04. Completetely strangers
05. Losing my child
06. Passenger
07. Crucified
08. Porno star
09. Dawning of a new horizon
10. The preacher

homepage: www.shivahardrock.com

BIG ROCK MUSIC
Site: www.bigrockmusic.com.br
Telefone: (11) 4330 0499
Tel / Fax: (11) 4125-0831
Email: [email protected]


Outras resenhas de Desert Dreams - Shiva

Resenha - Desert Dreams - Shiva

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Gibson: os 50 melhores covers da história do rock

Nirvana: Dave Grohl comenta sobre o funeral de Kurt Cobain


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre

Mais matérias de Ben Ami Scopinho.