Resenha - Truth Be Told - Blues Traveler

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bruno Coelho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Esse é um disco lançado no final de 2003 e que é bem difícil de ser encontrado por aí. Comprei-o nas férias de janeiro quando fiz um mochilão pelo sul do país com Janaína (minha mais que amada namorada) e fiquei estupidamente feliz em tê-lo encontrado. Lembro-me que um dos discos anteriores da banda - o Four - foi das minhas trilhas sonoras favoritas anos atrás quando trabalhava e estudava menos e vivia enchendo a lata da mais gelada cerva. O Blues Traveler é uma banda americana de Blues/Pop que bebe bastante da raiz do rock n'roll mas ainda assim apresenta particularidades que a fazem ser a banda mais conhecida no estilo nesses nossos tempos de modismos imbecis (vide New-pulapula-Metal). Truth Be Told é um álbum indicado para qualquer ser humano do planeta sem restrições, a não ser que você seja mais um dos bitolados que pregam que só Manowar e Running Wild são música decente! Pelamordedeus, meu irmão! Acorda!

Mike Mangini: um dos bateristas mais rápidos do mundo?Jason Newsted: revelando porque ele deixou o Metallica

A banda tem ainda três de seus membros fundadores, a saber: John Popper (o mais talentoso gaitista da atualidade), Chan Kinchla e Brendan Hill e foi formada em Princeton nos idos de 1983, fazendo todo o circuito de bares e clubes da área de New Jersey antes de cair na estrada USA afora e começar a gravar discos. Foi justamente com o meu querido e amado álbum "Four" (roubado por uma piranha que se mudou de minha cidade e que desejo profundamente que morra surda!) que os caras decolaram de vez, ganharam simplesmente 6 álbuns de platina e se prepararam para vender nada menos que 10 milhões de álbuns só nos Estados Unidos.

John Popper é sem dúvida um grande vocalista, compositor e , principalmente, gaitista. Truth Be Told não é bem a prova de seu talento como gaitista, mas sem dúvida as composições chegaram a um nível comparável ao de poucos outros artistas dos nossos dias ou de outrém. Uma comparação rápida remeteria-nos ao genial Dave Matthews, que, apesar de não parecer tanto musicalmente, certamente bebeu da mesma fonte e possui talento perfeitamente proporcional.

Existem nesta bolachinha laser motivos pra cantar alto com a banda - Unable To Get Free (fantástica, de verdade, fantástica), Let Her and Let Go, Thinnest of Air (bem Blues Traveller, rapidinha e pra cima) - motivos para calar e ouvir - Mount Normal (muito bonita e emocional) - motivos para babar John Popper e a técnica de uma banda estúpidamente coesa - My Blessed Pain e Can't See Why (que solos de gaita!) - e outros que você certamente deve descobrir por si só.

Um grande disco e, sem dúvida, uma prova de que o rock n roll não precisa de inovação porra nenhuma, não precisa dessa porcaria de mistura com o rap e com a música eletrônica! A resposta está no que sempre foi feito e na habilidade humana de se reinventar. Longa vida ao Blues Traveler e a quem quer faça música de qualidade - Heavy/Thrash/Death/Black Metal, Blues, Jazz ou simples e puro Rock n Roll!

Blues Traveler é John Popper (Vocals and Harmonica) Chan Kinchla (Guitar) Brendan Hill (Drums) Tad Kinchla (Bass) Ben Wilson (Keyboards).




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Blues Traveler"


Mike Mangini: um dos bateristas mais rápidos do mundo?Mike Mangini
Um dos bateristas mais rápidos do mundo?

Jason Newsted: revelando porque ele deixou o MetallicaJason Newsted
Revelando porque ele deixou o Metallica


Sobre Bruno Coelho

Bruno Coelho é Arquiteto, escritor, poeta, produtor de eventos, pai, tradutor, intérprete e professor de inglês. Morou em cinco capitais brasileiras e hoje dedica-se ao árduo labor de organizar eventos na capital maranhense de São Luís. Fã do Dream Theater, Tool, Symphony X, Pain of Salvation e Evergrey, encontra espaço pra novas bandas e vertentes sempre.

Mais matérias de Bruno Coelho no Whiplash.Net.

adClioIL