Matérias Mais Lidas

imagemBeatles: A música que Paul McCartney compôs para calar a boca de Pete Townshend

imagemO hit dos Engenheiros sobre Humberto não querer ser guru dos jovens igual Renato Russo

imagemRoger Waters sobre tocar Pink Floyd sem David Gilmour: "Não tenho problema algum"

imagemTony Iommi diz que Geezer Butler sofreu acidente de barco e quebrou costela

imagemAs 10 músicas mais estranhas do Guns N' Roses, em lista do Ultimate Classic Rock

imagemBlaze achava que Bruce jamais voltaria para o Iron Maiden

imagemBatera do Polyphia perde click e técnico salva marcando o tempo em sua perna

imagemAs obscuras músicas favoritas do Red Hot Chili Peppers de John Frusciante

imagemO hit do Engenheiros do Hawaii frequentemente confundido com confissão de aborto

imagemDream Theater: confira possível setlist dos shows da banda no Brasil

imagemMaranhão Open Air anuncia line-up com 24 bandas em dois dias

imagemA opinião de Dave Mustaine sobre a clássica "The Unforgiven", do Metallica

imagemAudioslave: Tom Morello recorda seu sinistro primeiro encontro com Chris Cornell

imagemDez clássicos do thrash metal que não foram gravados pelo "Big Four" - Parte I

imagemCinco músicas lançadas após o ano 2000 que se tornaram clássicos do rock - Parte III


Stamp

Resenha - Truth Be Told - Blues Traveler

Por Bruno Coelho
Em 07/04/04

Nota: 9

Esse é um disco lançado no final de 2003 e que é bem difícil de ser encontrado por aí. Comprei-o nas férias de janeiro quando fiz um mochilão pelo sul do país com Janaína (minha mais que amada namorada) e fiquei estupidamente feliz em tê-lo encontrado. Lembro-me que um dos discos anteriores da banda - o Four - foi das minhas trilhas sonoras favoritas anos atrás quando trabalhava e estudava menos e vivia enchendo a lata da mais gelada cerva. O Blues Traveler é uma banda americana de Blues/Pop que bebe bastante da raiz do rock n'roll mas ainda assim apresenta particularidades que a fazem ser a banda mais conhecida no estilo nesses nossos tempos de modismos imbecis (vide New-pulapula-Metal). Truth Be Told é um álbum indicado para qualquer ser humano do planeta sem restrições, a não ser que você seja mais um dos bitolados que pregam que só Manowar e Running Wild são música decente! Pelamordedeus, meu irmão! Acorda!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A banda tem ainda três de seus membros fundadores, a saber: John Popper (o mais talentoso gaitista da atualidade), Chan Kinchla e Brendan Hill e foi formada em Princeton nos idos de 1983, fazendo todo o circuito de bares e clubes da área de New Jersey antes de cair na estrada USA afora e começar a gravar discos. Foi justamente com o meu querido e amado álbum "Four" (roubado por uma piranha que se mudou de minha cidade e que desejo profundamente que morra surda!) que os caras decolaram de vez, ganharam simplesmente 6 álbuns de platina e se prepararam para vender nada menos que 10 milhões de álbuns só nos Estados Unidos.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

John Popper é sem dúvida um grande vocalista, compositor e , principalmente, gaitista. Truth Be Told não é bem a prova de seu talento como gaitista, mas sem dúvida as composições chegaram a um nível comparável ao de poucos outros artistas dos nossos dias ou de outrém. Uma comparação rápida remeteria-nos ao genial Dave Matthews, que, apesar de não parecer tanto musicalmente, certamente bebeu da mesma fonte e possui talento perfeitamente proporcional.

Existem nesta bolachinha laser motivos pra cantar alto com a banda - Unable To Get Free (fantástica, de verdade, fantástica), Let Her and Let Go, Thinnest of Air (bem Blues Traveller, rapidinha e pra cima) - motivos para calar e ouvir - Mount Normal (muito bonita e emocional) - motivos para babar John Popper e a técnica de uma banda estúpidamente coesa - My Blessed Pain e Can´t See Why (que solos de gaita!) - e outros que você certamente deve descobrir por si só.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Um grande disco e, sem dúvida, uma prova de que o rock n roll não precisa de inovação porra nenhuma, não precisa dessa porcaria de mistura com o rap e com a música eletrônica! A resposta está no que sempre foi feito e na habilidade humana de se reinventar. Longa vida ao Blues Traveler e a quem quer faça música de qualidade - Heavy/Thrash/Death/Black Metal, Blues, Jazz ou simples e puro Rock n Roll!

Blues Traveler é John Popper (Vocals and Harmonica) Chan Kinchla (Guitar) Brendan Hill (Drums) Tad Kinchla (Bass) Ben Wilson (Keyboards).

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Dream Theater 2022


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Metallica: a letra que fez Hammett e Hetfield chorarem

Slash: por que ele usa óculos escuros o tempo todo?


Sobre Bruno Coelho

Bruno Coelho é Arquiteto, escritor, poeta, produtor de eventos, pai, tradutor, intérprete e professor de inglês. Morou em cinco capitais brasileiras e hoje dedica-se ao árduo labor de organizar eventos na capital maranhense de São Luís. Fã do Dream Theater, Tool, Symphony X, Pain of Salvation e Evergrey, encontra espaço pra novas bandas e vertentes sempre.

Mais matérias de Bruno Coelho.