Matérias Mais Lidas

imagemRegis Tadeu e os cinco grandes vocalistas que o mundo do Rock não dá valor

imagemA música do Metallica que James não queria apresentar aos outros integrantes

imagemFãs detonam produção do Knotfest após anúncio do Pantera

imagemDez músicas de outros estilos que ganharam ótimas versões rock/metal - Parte I

imagemA melhor música de heavy metal lançada a cada ano desde 1970, em lista do Loudwire

imagemO carinhoso jeito de Axl Rose se desculpar com sua equipe pelo seu jeito imprevisível

imagemAngra e Shaman, Edu Falaschi fala sobre a treta que havia entre as bandas

imagemAmy Lee surpreende ao escolher os melhores cantores (e cantoras) de todos os tempos

imagemJô Soares comprou uma obra de arte do Rock por causa do Regis Tadeu

imagemA música do Raul Seixas com erro gramatical que parece um plágio mas é uma homenagem

imagemBruno Sutter explica semelhança problemática entre Ayrton Senna e Fausto Fanti

imagemFrank Zappa surpreende ao eleger seus dez álbuns favoritos

imagemPor que som do Angra não era novidade em 1993, segundo Alex Holzwarth

imagemSamuel Rosa chama guitarrista do Pearl Jam de "menino mimado" por quebrar instrumentos

imagemOzzy Osbourne revela que Lemmy Kilmister era um leitor voraz


Stamp
2022/07/09

Resenha - Turn On The Bright Lights - Interpol

Por Éder Kichler (Dying Days)
Em 26/03/04

Antes de mais nada, gostaria de dizer que adoro o trabalho de contra-baixo desse álbum. Nada particularmente complexo, tecnicamente falando, mas de uma vivacidade difícil de se encontrar em bandas de rock. O instrumento aqui não fica intimidado com as guitarras e nem é subjugado por elas, muito pelo contrário: as guitarras repetitivas permitem terreno para o baixista trabalhar suas linhas melódicas e pulsantes com tranquilidade.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Isso pode ser melhor constatado nas músicas Obstacle 1, PDA e, principalmente, The New. Nessa última, o instrumento dá um tempero essencial a uma música que, com uma linha de baixo medíocre, perderia muito de sua graça (sem desmerecer as ressonantes guitarras, que dão um show de melodia). Junte ao baixo a bateria competente e adequada ao estilo e temos então uma ótima base.

As guitarras. São duas. Duas guitarras muito bem utilizadas. Você dificilmente vai ouvir as duas guitarras fazendo exatamente a mesma coisa. Uma complementa a outra de maneira soberba, e muitas vezes você vai ficar sem saber qual é a solo e qual a rítmica. As distorções geralmente são baixas, resultando em timbres límpidos, ressaltados de vez em quando por um efeito aqui ou ali. O vocalista Paul Banks, que se encarrega também de uma das guitarras, tem uma excelente performance com seu vocal emocionado e grave, o que não o impede de soltar uns belos falsetos de vez em quando, notadamente no emocionante final de Obstacle 1. Há também a presença de um discreto sintetizador em algumas faixas, que contrubui com a atmosfera que procuram criar em cada uma dessas músicas. No final, cada elemento da banda realiza seu trabalho de forma excepcional, e o conjunto de todos eles não pode resultar em algo menos que notável.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

As faixas do disco dividem-se basicamente em músicas sombrias que puxam para um lado mais melancólico, e músicas com batidas mais agitadas, mas sem deixar de lado o ar sombrio que permeia todo o álbum. Não raramente, esses dois extremos (melancolia e agitação) aparecem dentro de uma mesma música. Na primeira "categoria" eu colocaria as músicas Untitled, NYC, Hands Away, The New e, o que considero o grande destaque desse grupo, Leif Erikson: uma composição belíssima, que vai ficando cada vez melhor e mais emocionante a medida que ela vai progredindo. Na segunda "categoria", coloco Obstacle 1 (provavelmente a melhor do disco), PDA, Say Hello To the Angels (a mais "animadinha"), Obstacle 2 (que aparentemente não tem conexão com a número 1), Stella Was a Race Car Driver e Roland. Apesar de eu fazer essa divisão, acho que cada música tem uma personalidade e clima bem próprios, diferentes texturas dentro de um mesmo tecido.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Isto é Turn On The Bright Light, o LP de estréia dessa promissora banda intitulada Interpol.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

2022/08/18


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Resenha - Turn On The Bright Lights - Interpol

Polícia Federal do Brasil agradece a banda Interpol por ajudar em investigação

Gibson: os 50 melhores covers da história do rock

Nirvana: Dave Grohl comenta sobre o funeral de Kurt Cobain