Matérias Mais Lidas

imagemMaiden faz homenagem a Eddie, do Stranger Things, que foi inspirado em tragédia real

imagemQuando Dave Mustaine mostrou como tocar uma música do Metallica de forma mais pesada

imagemRichard Fortus diz que Axl Rose danificou as cordas vocais

imagemSlash explica porque o Guns N' Roses faz shows de 3 horas e meia

imagemLed Zeppelin: Crítica de George Harrison fez Jimmy Page compor "The Rain Song"

imagemO mega sucesso do Led Zeppelin que era pra ser uma piada mas se tornou um hino

imagemO clássico dos Stones que foi escrito em um motel e não deixou Keith Richards satisfeito

imagemDave Mustaine perde a compostura e xinga membro da equipe do Judas Priest

imagemLed Zeppelin ou Pink Floyd, qual dos dois vendeu mais discos de estúdio?

imagemA banda de hard rock dos anos 1970 que é a queridinha de Xande de Pilares

imagemOs 10 melhores álbuns lançados em 2022, segundo leitores da revista Metal Hammer

imagemSteven Tyler deixa reabilitação e Aerosmith comenta como músico está se sentindo

imagemA crucial contribuição do Angra para revolucionar o power metal, segundo ex-guitarrista

imagemGuns N' Roses cancela show na Escócia por razões médicas

imagemGuitarrista original do Mercyful Fate solta os cachorros por ter ficado fora de reunião


Stamp

Resenha - Constellation - Alabama Thunderpussy

Por Thiago Sarkis
Em 02/01/04

Nota: 9

O som confirma o que a capa não nega – hum... quão informativo, hein?! Mas sem piadas, traduzir o que faz o Alabama Thunderpussy requer um lado bem cru mesmo. Pesado e, decerto, banhado a muito álcool. "Constellation" fez sucesso em sua primeira prensagem e é agora relançado pela Relapse Records.

O grupo é tudo o que os leitores de nossa coluna "Hardão Setentista" poderiam querer, e faz dos anos em curso banquetes para os apreciadores de Black Sabbath, Lynyrd Skynyrd, Cathedral, seguindo o stoner rock dos mais ‘novos’, de Kyuss a Blind Dog.

Gravação dentro do esperado para o estilo, ausentando-se as minúcias e preocupações acerca da produção. Porém, acabamento forte, selado por riffs diretos e os vocais vigorosos de Johnny Throckmorton. Dá pra "ouvir" aquela última golada na cerveja saindo da garganta do cara. E isto durante mais de setenta minutos!

O álbum contém quinze composições e parece que elas foram de fato gravadas em seqüência. O topo é atingido logo no começo com "Crying Out Loud", passando pelos destaques "Middle Finger Salute / 1271-3106" e "6 Shooter", até chegar à breve pausa de "15 Minute Driven", décima faixa, a qual pouco adiciona. A partir daí o ritmo caí um pouco, pessoal já sentindo uma leve ressaca, mas ainda mostrando fôlego pra detonar em "Keepsake" e aí "psicodeliar" por "Country Song".

Neste "Constellation" de 2003 há ainda bônus com cover para "All I Can Do Is Write About It" do Skynyrd e uma versão ao vivo de "Ambition", gravada em turnê ao lado do Mastodon. É o relançamento do terceiro e, ainda hoje, melhor disco do ATP. Simples assim!

Site Oficial: http://www.alabamathunderpussy.com

Formação:
Johnny Throckmorton (Vocais)
Erik Larson (Guitarras – Backing Vocals)
Nathan Brown (Piano – Órgão)
Sam Krivanec (Baixo)
Bryan Cox (Bateria)

Lançado no exterior pela Relapse Records 2003 – http://www.relapse.com

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Airbourne 2022
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Câncer na língua: entenda a doença de Bruce Dickinson


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis.