Matérias Mais Lidas

Sepultura: Iggor explica como criou bateria de Refuse/Resist, unindo metal e sambaSepultura
Iggor explica como criou bateria de "Refuse/Resist", unindo metal e samba

Yngwie Malmsteen: guitarrista anuncia novo álbum Parabellum e libera single; ouçaYngwie Malmsteen
Guitarrista anuncia novo álbum "Parabellum" e libera single; ouça

Loudwire: o pior álbum de 25 grandes bandas de rock e heavy metal, por Joe DivitaLoudwire
O pior álbum de 25 grandes bandas de rock e heavy metal, por Joe Divita

Ozzy Osbourne: Clufetos diz que não foi fácil deixar Rob Zombie para tocar com o MadmanOzzy Osbourne
Clufetos diz que não foi fácil deixar Rob Zombie para tocar com o Madman

Dragonforce: cena metal nega a existência do racismo, segundo Herman LiDragonforce
Cena metal nega a existência do racismo, segundo Herman Li

Slipknot: o que Clown pensa sobre os Beatles?Slipknot
O que Clown pensa sobre os Beatles?

Alice In Chains: para Nancy Wilson era óbvio que Layne perderia a luta contra as drogasAlice In Chains
Para Nancy Wilson era óbvio que Layne perderia a luta contra as drogas

Iron Maiden: por que Paul Di'Anno adotava visual tão diferente de outros do metalIron Maiden
Por que Paul Di'Anno adotava visual tão diferente de outros do metal

Pensilvânia: do rock and roll ao death metal, 10 grandes bandas que surgiram no estadoPensilvânia
Do rock and roll ao death metal, 10 grandes bandas que surgiram no estado

Alter Bridge: a postura de Eddie Van Halen ao ir a show da banda, segundo MylesAlter Bridge
A postura de Eddie Van Halen ao ir a show da banda, segundo Myles

Anthrax: Scott Ian diz que ficou louco de ciúmes quando ouviu Metallica a primeira vezAnthrax
Scott Ian diz que ficou "louco de ciúmes" quando ouviu Metallica a primeira vez

Cannibal Corpse: Corpsegrinder diz qual é o vocalista que mais o influenciouCannibal Corpse
Corpsegrinder diz qual é o vocalista que mais o influenciou

Bruce Dickinson: novo filme sobre o show de 1994 durante a guerra em SarajevoBruce Dickinson
Novo filme sobre o show de 1994 durante a guerra em Sarajevo

K.K. Downing: O verdadeiro Priest está dentro de mimK.K. Downing
"O verdadeiro Priest está dentro de mim"

Raimundos: Canisso reforça que Digão surtou pois chama até João Gordo de pela sacoRaimundos
Canisso reforça que Digão surtou pois "chama até João Gordo de pela saco"


Pentral
MOPD
Arte Musical

Resenha - Walk Across Fire - Merendine Atomiche

Por Thiago Sarkis
Em 24/12/03

Nota: 6

Acertar com coesão o próprio som não é um exercício fácil. O encontro de influências pode gerar uma certa confusão, caso estas fiquem caracterizadamente desiguais e sem boa evolução nas composições. E é isto o que acontece com esta banda italiana, a qual se autodenomina como "Pure Thrash ‘N Rock Metal".

Antes de prosseguir, as coisas já começam mal, pois Merendine Atomiche, ou seja, "Merenda Atômica", significado confirmado pelos membros do grupo, é um nome bem tolo, apesar de realista, como podemos notar em "Walk Across Fire". Das oito faixas, apenas quatro valem a pena, ou seja, só dá para aquele lanchinho no recreio das crianças mesmo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Voltando à banda em si, já que enfim, existem grandes conjuntos com nomes chulos por aí também, o grande problema está na maneira como trabalham as músicas, as quais parecem simplesmente não render! Um riff bacana de thrash é tocado, e o vocal vai junto. Instantes depois, o ritmo forte se perde em temas abrandados, e Luca Zandarin persiste mandando brasa como se contasse com Dimebag Darrell ou Kerry King e Jeff Hanneman o acobertando.

Eles até têm um grande reforço mesmo, porém apenas em duas músicas, "Game Over", uma das melhores, com solos de Jeff Waters do Annihilator; e "Revenge", o maior destaque do disco, na qual Anders Lundemark do Konkhra divide os vocais com Zandarin.

As outras faixas que chamam atenção são "The Cheat Of The Cross" e "Spirit Of The Wolf". Estas são ajustadas. No demais, um monte de "apagões" em idéias que poderiam gerar bons frutos e solos de guitarra fracos e de horríveis timbres.

Cara de mal até o Zacarias fazia. Se for pra seguir essa linha, então que sustentem-na. Em cima do muro deste jeito fica sem condições.

Formação:
Luca Zandarin (Vocais)
David Bisson (Guitarras)
Luca Securo (Guitarras)
Dario Bianchi (Baixo)
Luca Cerardi (Bateria)

Site Oficial: http://www.merendineatomiche.com

Lançado no exterior pela Deadsun Records - 2003

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

💬 Ler e postar comentários


Stamp
Korzus
Edu Falaschi - Vera Cruz
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Slipknot: como são os membros da banda sem as máscaras?Slipknot
Como são os membros da banda sem as máscaras?

Steven Tyler: primeira vez aos 7 anos, com duas gêmeasSteven Tyler
Primeira vez aos 7 anos, com duas gêmeas


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.