Matérias Mais Lidas

imagemRock in Rio: Pitty alfineta a produção do festival ao revelar qual seria sua exigência

imagemSérgio Moro elege banda clássica de Rock como sua favorita

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemBruce Dickinson revela qual é sua música preferida do Iron Maiden

imagemNova Fã que descobriu Metallica por Stranger Things quer cancelar banda e reúne provas

imagemTommy Lee postou uma foto com o "Dr. Feelgood" de fora

imagemRock in Rio libera ingressos extras e novamente dia do metal é único que não esgota

imagemSteve Perry revela o motivo ter recusado substituir Dave Lee Roth no Van Halen

imagemO hit da Legião que Renato Russo compôs para Cássia Eller e traz coincidência trágica

imagemJoão Gordo se reencontra com o amigo Iggor Cavalera; "Agora falta zerar com o vovô"

imagemA opinião de Brian May sobre Lemmy Kilmister e o Motörhead

imagemA reação de Jimi Hendrix ao assistir King Crimson ao vivo

imagemGordo diz que atualizou termos politicamente incorretos após puxão de orelha de filha

imagemIron Maiden e o Rock in Rio: em detalhes, o que exatamente a banda pediu para o evento

imagemOzzy Osbourne revela de qual de seus álbuns Lemmy Kilmister mais gostava


Stamp

Resenha - Merlin; The Rock Opera - Zuffanti & Heward

Por Thiago Sarkis
Em 09/11/03

Nota: 7

O "Merlin – The Rock Opera" é mais um projeto do inventivo Fabio Zuffanti acompanhado, desta feita, por Victoria Heward, a qual ficou responsável por toda a história e conceito que envolve o disco. Os responsáveis pela arte realizaram um belo trabalho e conseguiram um ‘quase-convincente’ tampão para a falta de originalidade na abordagem do tema em pauta.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

O instrumental é o que chama atenção e o que acabou levando à "Rock Opera", as letras, não são lá das coisas mais interessantes. É interessante notar Zuffanti variando bastante em relação às referências dos outros conjuntos do qual faz parte e / ou lidera, tendendo em Merlin a um artístico e teatral Marillion. Os vocais confirmam tal fato e a forte influência da Era Fish e especialmente de "Misplaced Childhood" e "Fugazi". Há também um toque de Jethro Tull e algumas passagens nos relembram do Hostsonaten e seu folclórico.

Nas vozes, seis músicos diferentes, e destaques para as interpretações de Alessandro Corvaglia no papel principal, Loredana Villanacci como "Vivian" e Nadia Girardi no posto de "Gwendolyn". Dezessete cantantes completam a line-up do álbum num coral que aparece nas partes de maior intensidade como "Wait For The Golden Age".

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

O resultado é bom pela execução, mas num contexto geral, uma ópera rock com possibilidades demais e aproveitamento de menos.

Site Oficial - http://www.zuffantiprojects.com

Lançado pela Sublime Label - Itália

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Dream Theater 2022


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Guns N' Roses: a versão de Axl Rose sobre a separação

Metal: 16 músicas dos anos 80 para se escutar durante o treino


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis.