Resenha - Simsalabim - Mushroom River Band

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Deve haver algo de muito bom nessa tal Suécia. Não conheço o país, mas creio que especialmente os fãs de música devem ter um interesse natural em saber a fonte de tanto talento. Pelo menos a mim, é uma curiosidade que assola. Tem de ser a água. Como pode? É rock de todas as vertentes, metal em todos os estilos. E agora pintaram uns malucos que fundiram literalmente os dois, e montaram a Mushroom River Band.

História do rock: Sexo bizarro, drogas, mortes e outros boatosExcessos: como os rockstars gastam os seus milhões

Quando vi a capa, me interroguei o que aquilo fazia na Century Media. A resposta foi rápida e violenta e, em duas ou três faixas, já tava na cara que o investimento e a descoberta eram simplesmente fantásticos. Estava na hora de começar a lamentar por não ter escutado isso antes.

Falar que eles fazem Stoner Rock é limitar demais uma gama extensa de propostas apresentadas pelo grupo. Sim, existe a lembrança ao hard dos anos setenta, e o rock 'n' roll purificado aparece de vez em sempre. Porém, a maior parte do disco é, numa concepção bem natural e esclarecida, metal. Como define a própria gravadora, talvez um Heavy Rock.

O peso e a inquietude sonora se devem ao fator conjunto obviamente, contudo, especificamente a dois pontos: as guitarras de Anders Linusson e os vocais de Spice. Esse último então nem se fala. Deu tilt no cara e é duro acreditar que ele foi razoavelmente calmo na sua fase no Spiritual Beggars. Agora seu vocal se aproxima, apesar de tecnicamente inferior, à intensidade e agressividade de John Bush (Armored Saint, Anthrax) e Zakk Wylde.

Podem comprar. Dos fãs de Deep Purple e Led Zeppelin aos de PanterA e Black Label Society. Satisfação garantida com mais estes suecos arrebentando mundo afora.

Site Oficial - http://www.riffrock.com/mushroom

Formação:
Spice (Vocais)
Anders Linusson (Guitarras)
Saso (Baixo)
Chris Rockström (Bateria)

Material cedido por:
Century Media Records - http://www.centurymedia.com.br
Telefone: (0xx11) 3097-8117
Fax: (0xx11) 3816-1195
Email: brasil@centurymedia.com.br




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Mushroom River"


História do rock: Sexo bizarro, drogas, mortes e outros boatosHistória do rock
Sexo bizarro, drogas, mortes e outros boatos

Excessos: como os rockstars gastam os seus milhõesExcessos
Como os rockstars gastam os seus milhões

De AC/DC a ZZ Top: Origens dos nomes de bandas e artistas de rockDe AC/DC a ZZ Top
Origens dos nomes de bandas e artistas de rock

Demonstrações de afeto: fotos de rockstars que já se beijaramDemonstrações de afeto
Fotos de rockstars que já se beijaram

Freedom of Expression: o tema do Globo RepórterFreedom of Expression
O tema do Globo Repórter

Nu-Metal: 10 trabalhos que definem as raízes do gêneroNu-Metal
10 trabalhos que definem as raízes do gênero

Kiss: de onde os palcos de Lady Gaga e McCartney vieram?Kiss
De onde os palcos de Lady Gaga e McCartney vieram?


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.