Resenha - Test Of Faith - Jarra

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 7


Site Oficial - http://www.lionmusic.com/jarra.htm

Deep Purple: o riff de "Smoke on the Water" foi criado por Tom Jobim?Rockstars: as filhas mais lindas dos astros do rock

Kathie Jarra (Vocais)
Johnny Russian (Guitarra)
David Chaney (Baixo)
Shane Diaz (Bateria)

Visual de hard rock oitentista, uma mulher nos vocais (o que atualmente nos remete a cantoras líricas, com todo aquela onda de ópera), uma música dedicada e inspirada por Stevie Ray Vaughan, e o CD lançado por uma gravadora especializada em metal progressivo, instrumental e hard rock. Assim ficava difícil ter uma idéia de que caminho o Jarra teria escolhido para as suas composições. Apostei em algo semelhante a Vixen, Faster Pussycat, White Lion. Dancei. O direcionamento aqui é outro.

Riffs pesados, bateria e baixo marcantes e bem tocados, e um vocal agressivo, que segue a linha européia. Uma espécie de metal típico dos anos 80, com algumas influências de power metal. Como referência, pegue Leather Leone e imagine-a saindo um pouco do tradicional e fazendo um som mais pesado. É dessa forma que o Jarra vem conquistando os europeus, principalmente os alemães.

Os bons resultados são mais que merecidos. "Test Of Faith" tem tudo para fazer a alegria dos aficionados por metal, e render shows energéticos e empolgantes. Aliás, é nas apresentações do grupo que coloco mais fé, pois é evidente que músicas como "Black Snow (The Final Sign)" e "Eternal Love", podem ir muito além das versões aqui presentes.

Esse rendimento um pouco abaixo do nível natural das composições, se deve à fraca produção do disco e à falta de experiência da banda. O som fica embolado em alguns momentos e até mínimos detalhes, como a ordem das músicas, me parecem equivocados. O álbum fecha num clima mais 'light', com a balada "Always, All Ways" (dedicada a Stevie Ray Vaughan) sendo seguida da instrumental "Arizona". Antes de tudo, pelas características das composições citadas, a última deveria vir primeiro. Fora isso, depois de duas levadas acústicas, você já não sabe nem o que está ouvindo. É preciso um retorno nas faixas anteriores para restaurar o peso, que guia o grupo.

Falhas dessa natureza são normais, especialmente em debutes, mas devem ser olhadas para não se repetirem em futuros trabalhos.

Material cedido por:
Lion Music - http://www.lionmusic.com
Box 19, Godby 22 411
Aland, FINLAND
Email: info@lionmusic.com
Fax - 35818 41551




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Jarra"


Deep Purple: o riff de Smoke on the Water foi criado por Tom Jobim?Deep Purple
O riff de "Smoke on the Water" foi criado por Tom Jobim?

Rockstars: as filhas mais lindas dos astros do rockRockstars
As filhas mais lindas dos astros do rock

Sasha Grey: sua real paixão pela música de atitude e sua coleção de vinilSasha Grey
Sua real paixão pela música de atitude e sua coleção de vinil

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1989Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1989

Exemplos: 10 músicos com deficiências ou problemas de saúdeExemplos
10 músicos com deficiências ou problemas de saúde

Manowar: assista Regis Tadeu pegando pressão de fãs trueManowar
Assista Regis Tadeu pegando pressão de fãs true

AC/DC: Hells Bells tocado no carrilhão de uma igrejaAC/DC
"Hells Bells" tocado no carrilhão de uma igreja


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.