Resenha - Between Passion & Madness - Overlife

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8

Primeiro álbum dessa bela banda espanhola de heavy metal melódico/progressivo com vários elementos de neo-clássico. Com um som bem semelhante ao de Stratovarius, Blind Guardian e até algo de Angra, o Overlife acaba se destacando pelas belas harmonias e melodias de suas composições, além de algumas "seções" rítmicas muito bem trabalhadas. Algo que também favorece bastante e dá um toque especial às composições da banda é a presença do violão clássico, seguindo belas harmonias/melodias e deixando todo o clima que esses espanhóis criaram e mantiveram durante boa parte de "Between Passion & Madness".

Megadeth: as 10 maiores tretas de Dave MustaineOzzy Osbourne: 25 coisas que você não sabe sobre ele

"Dark Side" é, para mim, o grande destaque do álbum. É a mais completa, com riffs poderosos, partes rítmicas bem trabalhadas, bateria espetacular e muitas variações nos temas. Outras músicas também merecem destaque como "My Last Song" e "The Last Martyr". "Victims Of The Holocaust" tem tudo para conquistar os mais fiéis fãs de metal melódico. Destaque especial ao baterista, que tem uma atuação
excepcional no álbum.



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Overlife"


Megadeth: as 10 maiores tretas de Dave MustaineMegadeth
As 10 maiores tretas de Dave Mustaine

Ozzy Osbourne: 25 coisas que você não sabe sobre eleOzzy Osbourne
25 coisas que você não sabe sobre ele


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.