The Doors: os primeiros passos do grupo americano

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Osvaldo Ettiene, Fonte: My Space da banda, Wikipedia
Enviar correções  |  Comentários  | 

No final de 1965, os membros do grupo THE DOORS bateram a porta de praticamente todas as grandes gravadoras americanas, em busca de alguma que aceitasse produzir um disco com suas músicas. A coisa não estava indo tão bem quanto Jim Morrison, Ray Manzarek e John Densmore imaginavam. Para começar: o guitarrista da banda, Rick Manzarek (irmão do tecladista Ray), decidiu abandonar o grupo. Essa brecha abriu espaço para a entrada na banda de um músico incrivelmente talentoso e inspirado: Robby Krieger. Jim e John fizeram um teste com o candidato e Morrison logo se impressionou com o som que Robby produziu em sua Gibson, usando um slide guitar: “Pronto, ele tem que fazer parte do grupo”, decretou.

542 acessosThe Doors: todos os singles estão compilados em novo lançamento5000 acessosMetallica: noiva toca "Master..." na bateria no casamento

Agora, com os quatro membros em sintonia e realmente focados em se tornar uma das maiores bandas do mundo, os DOORS retomaram as tentativas de achar uma gravadora. Para ter sucesso, a banda gravou uma demo simples, incluindo músicas como “Hello, I Love You”, “Moonlight Drive” e “My Eyes Have Seen You”. A demo foi rejeitada na Capitol e na Dunhill Records, tendo sido finalmente ouvida por mais de 10 segundos na Columbia. Um caçador de talentos, Billy James, gostou do som e ofereceu a banda um contrato simples. Já era algo.

Os primeiros shows foram no London Fog; uma espelunca que mal cabia os integrantes do grupo no palco. Para tocar lá eles precisavam ser aprovados em uma audição, então em uma noite Jim Morrison teve a ideia de chamar todos os amigos da banda para o local. Eles queriam impressionar o dono, mas sobretudo o alvo daquele plano era que o som da aglomeração atravessasse as paredes e chegasse até o “Whisky a Go Go”, principal bar da época e que ficava a poucos metros do London Fog. Depois de algumas horas o bar, normalmente vazio, estava lotado de clientes bebendo cerveja e consumindo. Jesse James, o dono, ficou em estado de êxtase e no final daquela noite os DOORS estavam contratados.

Os Doors se apresentando no London Fog
Os Doors se apresentando no London Fog

Mas a animação durou pouco. Logo depois a banda sofreu um baque ao ter o seu contrato com a Columbia rescindido. Enquanto isso no London Fog, passados poucos meses da empolgação inicial, as coisas iam de mal a pior com a falta de público. Então Jim Morrison usou suas armas e fisgou Ronnie Harran, uma garota que agenciava bandas para tocar no Whisky a Go Go. A agente ofereceu aos DOORS uma vaga como banda da casa, para abrir shows dos grandes grupos. Foi um importante passo para que eles ganhassem visibilidade. O som dos californianos logo mexeu com os ouvidos de quem frequentava o Whisky, e eles impressionaram Jac Holzman, fundador e cabeça da Elektra Records. Holzman ofereceu aos DOORS um contrato com a Elektra, se comprometendo a gravar três discos com o grupo. Os DOORS comemoram o primeiro grande contrato com uma gravadora que parecia disposta a realmente investir em seu som. Entre outras coisas, Holzman prometeu aos DOORS um anúncio em outdoor, todo iluminado, na Sunset Strip, rua onde ficava o Whisky a Go Go.

Simplesmente nomeado de “The Doors, O álbum de estreia do grupo tinha sucessos como “Break on Through”, “The End e “Alabama Song”. As críticas foram, em geral, positivas. Publicações como Crawdaddy!, Hullabaloo e Rolling Stones elogiaram a performance da banda: “O impacto do álbum de estreia do THE DOORS é enorme. Os DOORS moldaram o rock numa música que vislumbra um panorama de violência e hedonismo, de revolta e caos, e a banda acolhe essa perspectiva de braços abertos”, dizia a Rolling Stone.

Em 22 de julho de 1967, um fato entrou para a história da banda: “Light My Fire” alcançou o primeiro lugar na lista da revista Billboard, ficando por lá durante três semanas. Os DOORS estavam finalmente no topo. Mas faltava algo; eles precisavam ser vistos, não apenas ouvidos. Então em 17 de setembro, a banda se apresentou no “Ed Sullivan Show”, famoso programa exibido aos domingos, e assistido em massa pelas famílias americanas. Entre outros artistas, foi lá que Elvis Presley chamou a atenção dos EUA. A apresentação da banda tocando “Light My Fire” é mundialmente conhecida, e reconhecida como o fato que impulsionou de vez a carreira dos DOORS.

Publicação da Billboard, com Light My Fire no topo
Publicação da Billboard, com Light My Fire no topo
youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Apresentação no Ed Sullivan Show

Depois disso, os DOORS eram finalmente uma banda famosa. O próximo passo era a gravação de mais um álbum, que consolidaria o sucesso do grupo. Mas essa história fica para depois.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

542 acessosThe Doors: todos os singles estão compilados em novo lançamento0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Doors"

Rimbaud e MorrisonRimbaud e Morrison
A grande maioria passa pela vida imersa na multidão

Ultimate Classic RockUltimate Classic Rock
Os 10 melhores singles de estreia

The DoorsThe Doors
Banda esnobou Ian Astbury por 13 anos

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias0 acessosTodas as matérias sobre "Doors"

MetallicaMetallica
Noiva toca "Master..." na bateria no casamento

MegadethMegadeth
Electra mostra para Kiko como está fera no Português

Em 08/03/1995Em 08/03/1995
Ingo, baterista do Helloween, comete suicídio

5000 acessosSeparadas no nascimento: Pitty e Amy Winehouse5000 acessosEmo: gênero que todos amam odiar sem conhecer absolutamente nada5000 acessosMax Cavalera: Explicando à Billboard o que houve com seus dentes5000 acessosIron Maiden: Bruce Dickinson cita Donald Trump durante show em New York4274 acessosSepultura: versão de "Johnny B. Goode" no Música Boa ao Vivo5000 acessosKorn: vocalista diz que Sepultura os copiou em Roots

Sobre Osvaldo Ettiene

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online