Matérias Mais Lidas

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemIron Maiden e o Rock in Rio: em detalhes, o que exatamente a banda pediu para o evento

imagemO hit da Legião Urbana cuja letra fala sobre esperança de Renato em se curar da AIDS

imagemO clássico dos Paralamas do Sucesso que Lobão acusou de plágio

imagemArtigo na Far Out Magazine aponta James Hetfield como pior letrista da história do metal

imagemPrika Amaral diz que fica feliz com o sucesso alcançado banda Crypta

imagemBlack Sabbath: Ozzy e Iommi sobem ao palco para tocar clássicos na final do Commonwealth

imagemFãs de Stranger Things do Tik Tok querem cancelar o Metallica

imagemDavid Ellefson diz que você conhece seus amigos quando a m*rda bate no ventilador

imagemCompanheiro de banda diz que baterista foi demitido do Opeth por não tomar vacina

imagemRob Halford compartilha a foto mais metal da semana; "O Rei e Eu"

imagemMetallica e as duas músicas do "Black Album" que retratam traumas de James Hetfield

imagemGordo diz que atualizou termos politicamente incorretos após puxão de orelha de filha

imagemA canção do Rush que tira sarro de balada clássica do Kiss

imagemPrika: "Já esperava saída da Fernanda, mas só em longo prazo e não naquele momento"


Stamp

Rei Lagarto - O Retorno

Fonte: Antonio Carlos Monteiro
Em 21/01/08

Foi ali por volta de 1997 que travei contato com a banda. O Rei Lagarto já existia há uns bons seis anos, mas estava entrando na fase mais profissional de sua carreira. Do início, em 1991, por obra do baixista e único membro original remanescente Yon Berry, até aquele momento, foram muitos shows e quase incontáveis mudanças na formação. No ano seguinte viria o primeiro disco, "Overdrive", repleto de boas idéias embaladas por um hard rock setentista.

Mas foi logo em seguida que o Rei Lagarto entrou na, digamos assim, fase de ouro de sua trajetória. Com Yon, Fabiano Negri (vocalista já estava na banda quando "Overdrive" foi gravado), James Twin (guitarra) e Roger Moonward (bateria), o grupo se tornou um verdadeiro ícone do hard rock na região de Campinas, fazendo shows memoráveis em diversas casas e bares. Influências que iam na maior sem-cerimônia de Guns N’Roses a Black Sabbath, passando evidentemente por The Doors, eram claramente notadas no repertório próprio do quarteto, que completava suas apresentações com alguns covers que viravam quase tributos pela personalidade própria que o quarteto imprimia a eles.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

O passo seguinte seria a gravação de um novo disco. E aí acabei entrando de cabeça na história, já que fui chamado para produzir "Free Fall". Sim, foi tenso. Algumas inevitáveis desavenças vindo à superfície e o perfeccionismo aflorando de todos os lados resultaram num disco que até hoje – modéstia às favas... – se deixa ouvir com facilidade. Quem estava lá percebe muito da tensão que existiu naqueles dias, mas quem quiser ouvi-lo apenas pra se divertir vai ter farto material à disposição... O lançamento do álbum foi marcado por um memorável show no Delta Blues Bar, em Campinas, em outubro de 2001.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Os shows se sucediam até que começaram as primeiras mudanças na formação da banda: saiu Roger, entrou Victor Marcellus, que logo daria seu lugar para Ric Mattos. Ao mesmo tempo, o Rei Lagarto resolveu incluir um guitarrista-base e o escolhido foi Abel "Jungle" Mattos, irmão de Ric. Porém, quis o destino que, no início de 2003, Gustavo fosse tocar sua guitarra para aqueles que habitam um plano superior ao nosso. No mesmo ano, Fabiano resolve também sair da banda, sendo substituído por Ricardo Bocci, hoje vocalista da banda de heavy metal Viper – a essa altura, Daniel Britta já ocupava o posto de Jungle. Porém, a química já não era mais a mesma e a banda resolveu encerrar atividades. No final de 2005 ainda foram realizados em Campinas aqueles que seriam os derradeiros shows do grupo, com Fabiano, Ric, Yon e James nos palcos do Teatro de Arte e Ofício e do extinto Hangover Rock Bar.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Porém, as diferenças, já disse alguém, existem para que possamos aprender e amadurecer com elas. Assim, Fabiano, Yon, James e Ric resolveram deixar as insignificâncias de lado e voltar à ativa – agora com outro guitarrista-base, Brolezi. Os shows já estão sendo marcados em profusão: Campinas, Indaiatuba, Vinhedo, Sorocaba, Americana e Itatiba, algumas das cidades que tiveram oportunidade de ver o Rei em sua fase áurea, já correram para agendar shows com a banda. E muitas outras datas vêm aí, assim como o primeiro EP, que está quase pronto – e os planos indicam um CD de inéditas até o final do ano.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

A boa música agradece que as diferenças tenham sido acertadas.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Dream Theater 2022


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Ultimate Classic Rock: os 100 maiores clássicos do rock

Supergrupos: Os melhores e piores na opinião da Metal Hammer