Tradução - Master Of Puppets - Metallica

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Tradução - Master Of Puppets - Metallica

Traduzido por João Paulo Andrade

  | Comentários:
Imagem

Battery

Lashing out the action, returning the reaction
Weak are ripped and torn away
Hypnotizing power, crushing all that cower
Battery is here to stay

Smashing through the boundries
lunacy has found me
cannot stop the Battery
Pounding out aggression
turns into obsession
cannot kill the Battery
Cannot kill the family
Battery is found in me
Battery

Crushing all deceivers,
mashing non-believers
never ending potency
Hungry violence seeker,
feeding off the weaker
Breeding on insanity

Circle of Destruction,
Hammer comes crushing
Powerhouse of energy
Whipping up a fury,
Dominating flurry
We create the Battery

Agressão

Açoitando a ação, retornando a reação
Fracos são rasgados e partidos
Poder hipnotizante, esmagando tudo que se acovarda
Agressão está aqui para ficar

Esmagando através das fronteiras
Loucura nos encontrou
Impossível parar a agressão
Batendo a agressão
Se torna em obssessão
Impossível matar a agressão
Impossível matar a família
Agressão se encontra em mim
Agressão

Esmagando todos os traidores
Esmagando os que não acreditam
Potência sem fim Perseguição
Famintas por violência
Alimentando-se dos fracos
Procriando através da insanidade

Ciclo de destruição
Martelo vem esmagando
Usina de energia
Empurrando uma fúria
Agitação dominante
Nós criamos a agressão

Master of Puppets

End of passion play, crumbling away
I'm your source of self-destruction
Veins that pump with fear
Sucking darkest clear
Leading on your death's construction

Taste me you will see
More is all you need
You’re dedicated to
How I'm killing you

Come crawling faster
Obey your Master
Your life burns faster
Obey your Master
Master

Master of Puppets
I'm pulling your strings
Twisting your mind and smashing your dreams
Blinded by me, you can't see a thing
Just call my name, ‘cause I'll hear you scream
Master
Master
Just call my name, ‘cause I'll hear you scream
Master
Master

Needlework the way, never you betray
Life of death becoming clearer
Pain monopoly, ritual misery
Chop your breakfast on a mirror

Master
Master
Where’s the dream that I've been after?
Master
Master
You promised only lies
Laughter
Laughter
All I hear and see is laughter
Laughter
Laughter
Laughing at my cries

Hell is worth all that, natural habitat
Just a rhyme without a reason
Never ending maze
Drift on numbered days
Now your life is out of season

I will occupy
I will help you die
I will run through you
Now I rule you too

Mestre de Fantoches

Fim do drama, esfarelando-se
Eu sou sua fonte de auto-destruição
Veias que pulsam com medo
Chupando a mais escura clareza
Comandando a sua construção da morte

Experimente-me e você verá
Mais é tudo que você precisa
Você está dedicado a
Como eu estou te matando

Venha rastejando rápido
Obedeça a seu mestre
Sua vida queima rápido
Obedeça a seu mestre
Mestre

Mestre de Fantoches
Eu controlo suas cordinhas
Retorcendo sua mente e esmagando seus sonhos
Cego por mim, você não vê nada
Apenas chame meu nome, pois eu irei ouvir seu grito
Mestre
Mestre
Apenas chame meu nome, pois eu o ouvirei gritar
Mestre
Mestre

Costure o caminho, nunca traia
Vida da morte se tornando clara
Monopólio da dor, miséria ritual
Corte seu café da manhã num espelho (1)

Mestre
Mestre
Onde está o sonho que tenho procurado?
Mestre
Mestre
Você prometeu apenas mentiras
Risos
Risos
Tudo que ouço e vejo são sorrisos
Risos
Risos
Rindo de meus gritos

O inferno vale aquilo tudo, habitat natural
Apenas uma rima sem razão
Labirinto sem fim
Derivando vários dias
Agora sua vida está fora de estação

Eu vou te ocupar
Vou te ajudar a morrer
Vou atravessar você
Agora eu te comando também

(1) A música se refere à dependência de drogas e este verso se refere ao consumo de cocaína, onde se fazem fileiras da droga em cima de um espelho com uma lâmina.

The Thing that Should Not Be

Messenger of Fear in sight
Dark deception kills the light

Hybred children watch the sea
Pray for Father, roaming free

fearless Wretch insanity
He watches lurking beneath the sea great
Old One forbidden site
He searches
Hunter of the Shadows is rising immortal
in madness You dwell

Crawling Chaos,
underground cult has summoned,
twisted sound

Out from ruins once possessed
fallen city, living death

Not dead which eternal lie stranger eons
Death may die

drain you of your sanity face
The Thing That Should Not Be

A Coisa que Não Deveria Ser

Mensageiro do medo avistado
Decepção negra mata a noite

Crianças híbridas vêem o mar
Rezam ao pai, vagando livres

Insanidade desaventurada sem medo
Ele observa espreitando atrás da grandeza do mar
Lugar do velho esquecido
Ele procura
Caçador das sombras se erguendo imortal
Na loucura você reside

Caos rastejante
O culto subterrâneo chamou
Som distorcido

Saindo de ruínas uma vez possuidas
Cidade derrotada, morte em vida

Não morto que eterno jaz, em outras eternidades
A morte pode morrer (1)

Saia de sua máscara de sanidade
A coisa que não deveria ser

(1) Este verso é de H.P Lovercraft. Consta coincidentemente da capa do disco Live After Death da banda Iron Maiden.

Welcome Home (Sanitarium)

Welcome to where time stands still
no one leaves and no one will
Moon is full, never seems to change
just labeled mentally deranged
Dream the same thing every night
I see our freedom in my sight
No locked doors,
No windows barred
No things to make my brain seem scarred

Sleep my friend and you will see that dream is my reality
They keep me locked up in this cage
can't they see it's why my brain says
Rage

Sanitarium, leave me be
Sanitarium, just leave me alone

Build my fear of what's out there
and cannot breathe the open air
Whisper things into my brain
assuring me that I'm insane
They think our heads are in their hands
but violent use brings violent plans
Keep him tied, it makes him well
he's getting better, can't you tell?

No more can they keep us in
Listen, damn it, we will win
They see it right, they see it well
but they think this saves us from our Hell

Fear of living on natives getting restless now
Mutiny in the air got some death to do
Mirror stares back hard
Kill, it's such a friendly word
seems the only way for reaching out again.

Bem Vindo ao Lar (Sanatório)

bem vindo ao lugar onde o tempo para
Ninguém sai e ninguém sairá
Lua cheia, parece que não muda nunca
Apenas rotulado como desajustado mental
Sonhar o mesmo a cada noite
Eu vejo nossa liberdade a vista
Sem portas fechadas
Sem janelas trancadas
Sem coisas para fazer meu cérebro ter medo

Durma, amigo e você verá que sonhar é minha realidade
Eles me mantém trancado nesta gaiola
Não conseguem ver que por isso que meu cérebro diz
Ódio?

Sanatório, me deixe em paz
Sanatório, apenas me deixe sozinho

Construa meu medo do que está lá fora
E não poder respirar o ar livre
Suspire coisas em meu cérebro
Me garantindo que eu sou insano
Eles acham que nossas cabeças estão em suas mãos
Mas hábitos violentos geram planos violentos
Mantenha-o amarrado, isto faz bem a ele
Ele está se tornando melhor, não vêem?

Eles não podem mais nos manter presos
Ouçam, diabos, nós vamos vencer
Eles vêem bem
Mas eles acham que isso nos salva do nosso inferno

Medo de viver ou nativos se tornando selvagens agora
Motim no ar, algumas mortes a fazer
O espelho olha de volta
Matar, é uma palavra bastante amigável
Parece ser o único jeito de sair novamente

Disposable Heroes

Bodies fill the fields
I see, hungry heroes end
No one to play soldier now,
no one to pretend running blind through killing fields,
bred to kill them all
Victim of what said should be a servant
`til I fall

Soldier boy, made of clay
now an empty shell twenty one,
only son but he served us well
Bred to kill, not to care
just do as we say finished here,
Greeting Death he's yours to take away

Back to the front
you will do what I say, when I say
Back to the front
you will die when I say, you must die
Back to the front
you coward you servant you blindman

Barking of machinegun fire,
does nothing to me now
sounding of the clock that ticks,
get used to it somehow
More a man, more stripes you bare,
glory seeker trends bodies fill the fields
I see the slaughter never ends

Why, Am I dying?
Kill, have no fear
Lie, live off lying
Hell, Hell is here

I was born for dying

Life planned out before my birth,
nothing could I say
had no chance to see myself,
moulded day by day
Looking back I realize,
nothing have I done
left to die with only friend
Alone I clench my gun

Back to the front.

Herois Descartáveis

Corpos enchem os campos
Eu vejo, fim dos herois famintos
Ninguém para brincar de sodlado agora
Ninguém que queira correr cegamente por campos de matança
Criado para matar a todos eles
Vítima do que foi dito deveria ser um empergado
Até que eu caia

Garoto soldado, feito de barro
Agora uma carcaça vazia, 21 anos
Filho único, mas ele nos serviu bem
Criado para matar, nao para se importar
Apenas faça como dizemos, termina aqui
Saudando a morte, ele é seu para levá-lo

De volta oa front
Você irá fazer o que eu digo, quando eu disser
De volta ao front
Você irá morrer quando eu disser, você deve morrer
De volta ao front
Seu covarde, seu criado, seu homem cego

Uivo do fogo das metrlhadoras
Não significa nada para mim agora
Som do tic-tac do relógio
Costumava ser de alguma forma
Mais um homem, mais descobrem você
Caçadores de glória negociam, corpos enchem os campos
Eu vejo que o massacre nunca termina

Porque estou morrendo?
Mate, não tenha medo
Mentira, viver mentindo
Inferno, inferno é aqui

Eu nasci para morrer

Vida planejada antes de meu nascimento
Não posso dizer nada
Não tive chance de me conhecer
Moldado a cada dia
Olhando para traz eu percebo
Não fiz nada
Deixado para morrer com meu único amigo
Sozinho eu seguro minha arma

De volta ao front

Leper Messiah

Spineless from the start,
sucked into the part
circus comes to town,
you play the lead clown
Please, please spreading his disease,
living by his story
Knees, knees falling to your knees,
suffer for his glory
You will

Time for lust, time for lie
time to kiss your life goodbye
Send me money, send me green
Heaven you will meet
Make a contribution and you'll get a better seat

Bow to Leper Messiah

Marvel at his tricks,
need your Sunday fix
blind devotion came, rotting your brain
Chain, chain Join the endless chain
Fame, Fame Infection is the game,
stinking drunk with power
We see

Bow to Leper Messiah

Witchery, weakening
Sees the sheep are gathering
set the trap, hypnotize now you follow

Lie.

Cristo Leproso

Sem espinha desde o começo
Esgotado de sua parte
Circo chegou a cidade
Você é o palhaço principal
Por favor, por favor espalhando sua doença
Vivendo de sua história
Joelhos, joelhos, caindo de joelhos
Sofrer para sua glória
Você irá

Hora de luxúria, hora de mentira
Hora de dar o beijo de despedida a sua vida
Me mande dinheiro, me mande verde
O paraíso você irá encontrar
Faça uma contribuição e você terá um assento melhor

Curve-se ao Cristo Leproso

Maravilha em seus truques
Sua marmelada do domingo é necessária
Vem a devoção cega, apodrecendo seu cérebro
Corrente, corrente, se una a corrente sem fim
Fama, fama, infecção é o jogo
Cheirando a bêbado de poder
Nós vemos

Curve-se ao Cristo Leproso

Feitiçaria, fraqueza
Veja as ovelhas se reunindo
Preparada a armadilha, hipnotizado agora vocês seguem

Mentira

Damage, Inc.

Dealing out the agony within
charging hard and no one's gonna give in
Living on your knees,
conformity or dying on your feet for honesty
Inbred, our bodies work as one bloody,
but never cry submission
Following our instinct not a trend
go against the grain until the end

Blood will follow blood
Dying time is here
Damage Incorporated

Slamming through, don't fuck with razorback
stepping out? You'll feel our hell on your back
Blood follows blood and we make sure
life ain't for you and we're the cure
Honesty is my only excuse
Try to rob us of it, but it's no use
Steamroller action crushing all
Victim is your name and you shall fall

We chew and spit you out
we laugh, you scream and shout
All flee, with fear you run
You'll know just where we come from

Damage Incorporated

Damage jackals ripping right through you
sight and smell of this, it gets me goin'
Know just how to get just what we want
tear it from your soul in nightly hunt
Fuck it all and fucking no regrets
Never happy ending on these dark sets
All's fair for Damage Inc. you see
step a little closer if you please

Corporação Estrago

Negociando com a agonia interior
Carregando pesado e ninguém vai desistir
Deixando você de joelhos
Conformação ou morte a seus pés por honestidade
Congênito, nossos corpos trabalham como um, sangue
Mas nunca gritem submissão
Seguir nossos instintos não é uma inclinação
Vá pela contramão até o fim

Sangue chama sangue
Hora de morrer está aqui
Corporação Estrago

Fechando-se, não brinque com as costas da lâmina
Andando? Você sente nosso inferno em suas costas
Sangue chama sangue e nós garantimos
A vida não é para você e nós somos a cura
Honestidade é minha única desculpa
Tente nos privar disso, mas não serve de nada
Ação de compactador esmagando todos
Seu nome é vítima e você deve cair

Nós mastigamos você e cuspimos
Nós rimos, você grita e chora
Totalmente livre, com medo você corre
Você saberá apenas de onde viemos

Corporação Estrago

Chacais do estrago rasgando você
Visão e cheiro disso me escitam
Sabemos como conseguir o que queremos
Tiramos isso de sua alma na caçada noturna
Dane-se tudo e sem nenhum arrependimento
Nunca finais felizes nestes jogos escuros
Tudo está bem para a Corporação Estrago você vê
Chegue um pouco mais perto se quiser








Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.

Esta é uma matéria antiga do Whiplash.Net. Por que destacamos matérias antigas?


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Traduções
Todas as matérias sobre "Metallica"

Falsificação: polícia inglesa apreende camisetas falsas
Dio: Tributo faz jus à sua importância para a música pesada
Dedo x Palheta: Jason Newsted joga gasolina na fogueira do debate
Metallica: Vídeo oficial de "One" e "Orion" em Buenos Aires
Metallica: as mil expressões faciais de Lars Ulrich
Metallica: "Sempre seremos criativos", diz Kirk
Metallica: monstro de Jump In The Fire em edição limitada
Guitar World: 11 Álbuns Essenciais do Thrash Metal
Metallica: saiba quanto a banda faturou na América do Sul
Metallica: Confira "The Unforgiven" e "And Justice" na Argentina
Kiss: Paul Stanley continua questionando o Rock Hall Of Fame
Morbid Angel e Metallica: bandas em novo quadro do Arte Extrema
Metallica: banda disponibiliza imagens do show no Paraguai
Metallica: Assista vídeo oficial do show de Santiago
Rock e metal: o outro lado das capas de discos

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre João Paulo Andrade

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados.

Caso seja o autor, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de João Paulo Andrade no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas