Em 13/02/1970: Black Sabbath lançava seu álbum de estréia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Michael Voorhees, Fonte: Facebook
Enviar correções  |  Comentários  | 

Há exatos 45 anos atrás, seria lançado aquele que é considerado o disco mais influente e icônico da história do heavy metal. Em janeiro de 1970, o quarteto composto por Ozzy Osbourne (vocalista), Tony Iommi (guitarrista), Geezer Butler (baixista) e Bill Ward (baterista), entrariam em estúdio para gravar e mixar as sete faixas que apareceriam em seu primeiro LP.

Rock e Metal: os dez maiores Deuses dos RiffsGuns N Roses: Bon Jovi fez com Steven Tyler o que ele fez com Axl

Diz o guitarrista Tony Iommi: "Entramos no estúdio e fizemos tudo num dia só: tocamos nosso repertório daquele tempo e pronto. Achamos até que um dia era tempo demais, então viajamos no dia seguinte para tocar na Suíça por um cachê de 20 libras".

Iommi lembra que gravaram ao vivo: "Pensamos assim: 'Temos dois dias para fazer tudo, e um dia é só para a mixagem.' Então tocamos ao vivo. Ozzy cantava ao mesmo tempo; nós o pusemos num canto separado e fomos em frente. Nunca fizemos uma segunda versão da maior parte do material".

A banda recebeu cerca de 600 libras pelo seu primeiro trabalho e foi lançado no dia 13 de fevereiro de 1970, o álbum "Black Sabbath" chegou ao Top Ten das paradas britânicas. A faixa título, considerada o clássico absoluto do Sabbath, o primeiro heavy metal da história, uma das melhores aberturas de álbum de estreia de todos os tempos... são muitos os slogans apropriados para esta obra-prima. Também é desta música um dos riffs mais sinistros já compostos por um guitarrista - uma simples tríade de notas iniciada em sol que culmina em uma bem colocada quinta diminuta, crucial para reforçar a sonoridade assombrada da faixa. Para muitos fãs, esta é a representação perfeita da genialidade de Tony Iommi com sua Gibson SG.

Até hoje, o disco é conhecido pelas lendas que o envolvem, seja pela suposta bruxa à frente do Moinho de Mapledurham Watermill, à beira do Rio Tâmisa em Oxfordshire, Inglaterra, cujo fotógrafo é creditado apenas como KEEF, além do crucifixo invertido na contracapa original e um texto que supostamente evoca espíritos e bruxaria, seja pelo conteúdo obscuro das letras, propostas estas, que levaram a banda a sofrer numerosas críticas; os mais conservadores os acusavam de promover o "satanismo" e isso costumava alimentar reprovação de grande parte da opinião pública.

No entanto, essas polêmicas só contribuíram ainda mais para o sucesso que o Black Sabbath conquistou com sua grande audiência de jovens. O disco foi alvo de críticas ferrenhas pelas revistas especializadas na época. Contudo, “Black Sabbath” (com sua introdução arrepiante de chuva e o riff poderoso de Iommi), “The Wizard” (cheia de quebradas em seu andamento e Ozzy mandando ver na harmônica), “Behind The Wall Of Sleep”, “N.I.B.” (com direito a introdução com solo de baixo), “Evil Woman” (cover), “Sleeping Village” (com clima ‘faroeste’ no começo), “The Warning” (cheia de improvisações e um solo arrasador de Iommi) e “Wicked World” (canção do primeiro single junto com ‘Evil Woman’), fazem história até hoje.

Foto do Moinho de Mapledurham Watermill

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Rock e Metal
Os dez maiores Deuses dos Riffs

Rock e Metal: em vídeo, as piores covers da históriaRock e Metal: em vídeo, as 10 despedidas mais épicas da históriaTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Black Sabbath
Pequena homenagem no Pânico na Band

Auto-elogio
20 bandas que deram o seu nome a músicas

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 13 de fevereiro de 2015
Post de 13 de fevereiro de 2016
Post de 13 de fevereiro de 2017

Todas as matérias da seção Fatos ImportantesTodas as matérias sobre "Black Sabbath"

Guns N Roses
Bon Jovi fez com Steven Tyler o que ele fez com Axl

Prole de rockstar
Quem você escolheria como sogro?

Venom: "Matar pessoas não é entretenimento"Queen: ouça a voz isolada de Freddie Mercury em clássicosBateristas: os trinta mais ricos do mundoA7x: "Nós temos muitas similaridades estranhas com o Metallica"

Sobre Michael Voorhees

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online