DeathStars: originalidade que falta a uma maioria

Resenha - Termination Bliss - DeathStars

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Caron+e
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
DeathStars é uma banda sueca que estreou em 2002 com o lançamento do razoável "Synthetic Generation" e que começou agora a se consolidar com o recente trabalho "Termination Bliss".
Rock In Rio I: Pra quem tem menos de quarenta anos fica difícil imaginarMetallica: NME elege as 10 melhores músicas do grupo

Apesar de se definirem como glam-death, a verdade é que o DeathStars faz um heavy metal com influências do industrial, abusando do apelo visual, mas com referências claras a trabalhos de gente como Marylin Manson e Rammstein, embora, em entrevistas, seus integrantes sempre neguem o fato.

Sons experimentais, teclados básicos porém "ambientais", guitarras devastadoras e uma bateria acima da média garantem o deslanchar de clássicos instantâneos, como "Tongues", "Blitzkrieg" e "Cyanide".

"Blitzkrieg", embora muitos não gostem, é agitada e tem muito daquele "trance metal" que o Till Lindermann do Rammstein fala... Já "Cyanide" é uma faixa de gente grande, realmente impossível de ouvir uma vez só. Só ela já valeria o CD inteiro!

"Play God" e "The Last Ammunition" não ficam muito atrás. A última, por sinal, é considerada por alguns fãs, a segunda melhor faixa do CD, marcada pelo cozinha bem azeitada das guitarras, ora tocando em uníssono.

Se você procurar em sites como Youtube, encontrará pelo menos meia dúzia de clipes destes caras, que apelam sem dó para a imagem e fazem questão de ressaltar este aspecto como marca de seu estilo.

As letras, bem... estão mais para In Flames que para as bandas de gothic. São sutis como uma colheitadeira ceifando cana e falam justamente daquela parte do ID que Jung e Freud chamam de "Sombra"...

O vocal do Andreas (vulgo Whiplasher) é que ainda me parece o calcanhar-de-Aquiles desta banda. Se por um lado, ele tenta alternar entre graves a la Till Lindermann e passagens mais suaves, o abuso de distorções e efeitos eletrônicos às vezes tira a identidade do vocalista, que ainda precisa evoluir musicalmente.

Mas, resumo da ópera: o CD é original e a banda, apesar de nova, mostra originalidade e uma criatividade que eu vejo faltar em 99% dos atuais grupos de metal. Nota 9 com louvor.

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Termination Bliss - DeathStars

Deathstars: O Sindicato Negro do IndustrialResenha - Termination Bliss - Deathstars

Todas as matérias e notícias sobre "Deathstars"

Industrial
Bandas do gênero que merecem atenção

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Deathstars"

Rock In Rio I
Pra quem tem menos de quarenta anos fica difícil imaginar

Metallica
New Music Express elege as melhores músicas do grupo

Whatculture!
Site elege dez maiores discos de Thrash Metal

Música Brasileira: Quais os discos mais vendidos da história?Tony Iommi: "não sei como criei aqueles riffs"Kiss sobre Secos e Molhados: "há quem acredite em OVNIs"Mick Wall: "O Black Sabbath não inventou nada, não é pai de nada"AC/DC: Axl Rose conta como foi escolhido e fala dos ensaiosGuitarristas: os 10 melhores músicos canhotos do rock e do metal

Sobre Caron+e

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online