RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemPor que Lemmy odiava tocar "Ace of Spades" nos shows do Motörhead

imagemOs 10 maiores álbuns da história do grunge, em lista do Brave Words

imagemOmelete diz que heavy metal pertence agora à nova geração e não ao tiozão headbanger

imagemPaul McCartney quase foi atropelado ao tentar recriar famosa cena de capa de disco

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemO que faltou para o Overkill entrar no "Big Four" do thrash, segundo D. D. Verni

imagemQual era a opinião de Tony Iommi sobre Ozzy Osbourne solo e Randy Rhoads em 1984?

imagemA atitude punk da Legião Urbana que causou irritação e deu trabalho na gravação

imagemO brasileiro com a voz parecida com a de Axl Rose que viralizou no TikTok

imagemO hit dos Beatles que talvez seja sobre drogas e que "Jesus" acompanhou gravação

imagemComo Tommy Lee e o Mötley Crüe ajudaram Axl Rose a escrever "November Rain"

imagemO conselho realista de John Petrucci para bandas que estão começando agora

imagemQuatro músicas de artistas brasileiros que citam Os Paralamas do Sucesso

imagem"Quem não gosta de Beatles bom sujeito não é", diz João Gordo


Armandinho: mostrando o seu reggae fusion na sua terra natal

Resenha - Armandinho (Auditório Araújo Vianna, Porto Alegre, 16/08/2019)

Por Karen Waleria
Postado em 26 de agosto de 2019

Armando Antônio Silveira da Silveira, mais conhecido pelo seu nome artístico "Armandinho", deu uma pausa na sua tour européia para fazer uma série de shows no Brasil; e no último dia 16, foi a vez de sua terra natal, Porto Alegre.

Poucos minutos depois das 21 horas a banda, que já o acompanha há nove anos, formada por João Coiote (voz e violão), Luciano Granja (guitarra) e Lúcio Dorfman (teclados), ex-integrantes da banda ENGENHEIROS DO HAWAII, Vini Bondan (bateria) e Pedro Porto (baixo), da ULTRAMEN sobe ao palco do Auditório Araújo. Por último o cantor e compositor; que quando vê que todo o público estava sentado convoca os mesmos a ficarem em pé; depois disso nunca mais ninguém sentou.

O que se viu daquele instante e nas quase duas horas seguintes foi um dos shows mais emocionantes que já aconteceram na icônica casa de espetáculos.

O repertório passeou por todos os álbuns do músico, pelos maiores sucessos da sua carreira como "Pescador", "Analua", "Outra Vida", "Sol Loiro", "Desenho de Deus", "Rosa Norte","Lua Cheia","Ursinho de Dormir", entre outros, fizeram o público cantar em uníssono com o cantor.

O cenário do show, totalmente sustentável, com base de madeira de reflorestamento e com tramas feitas com a reciclagem de 300 garrafas pet, trabalho que envolveu artesãos e catadores brasileiros, ressaltam a verdade de Armandinho. Sempre coerente, talvez esteja nesse quesito um dos diferenciais do músico, que canta o que vive, o que acredita. - Preservação do meio ambiente, amor...

Uma das grandes surpresas do show foi a participação de Charles Master, uma das maiores lendas vivas do Rock Gaúcho e Nacional. Os músicos apresentaram uma composição de ambos "Outra Noite Que Se Vai" e na sequência um dos maiores hits da banda de rock TNT, "Não Sei". Além de Armandinho ser amigo de longa data de Charles, ele também participou, por um breve periodo, do TNT, em 1994.

Nunca se viu um cantor regueiro tão romântico, se pode afirmar que é o mais romântico de todos. Nunca se viu um show de reggae tão rock n roll, ou seria um show de rock com muito reggae? Que se explodam esses rótulos. Armandinho explora variadas sonoridades e aposta em elementos que vão do rock e do folk. Não fica preso ao Reggae Raiz, se encaixa no Reggae Fusion. E como o músico mesmo ressaltou "a música pega emprestado o toque do local onde ela é feita", pois bem, o reggae de Armandinho é um reggae "agauchado" e único.

[an error occurred while processing this directive]

Nesses tempos tão conturbados que, infelizmente, estamos vivenciando, ver um show de Armandinho é uma benção, dá um alento à alma e ao coração.

Agradecimentos à Agência Cigana

Fotos: Sônia Butelli
https://www.flickr.com/photos/[email protected]

[an error occurred while processing this directive]

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

LGBT: confira alguns músicos que não são heterossexuais


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Karen Waleria

Blogueira gaúcha. Estudou letras. Ecleticidade musical é seu ponto forte; com uma tendência ao Rock e Metal. Já foi colaboradora em grandes sites de Rock e Heavy Metal, trabalha com divulgação de bandas e eventos. Responsável pelo blog www.karenwaleria.blogspot.com.br. Siga no Twitter @Rocksblog.
Mais matérias de Karen Waleria.