RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemOs 10 maiores vocalistas de heavy metal de todos os tempos, em lista do Ruthless Metal

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemComo Tommy Lee e o Mötley Crüe ajudaram Axl Rose a escrever "November Rain"

imagemEx-guitarrista do Megadeth não liga para Mustaine e diz que está "fazendo dinheiro para ele"

imagemQual era a opinião de Tony Iommi sobre Ozzy Osbourne solo e Randy Rhoads em 1984?

imagemOs 10 maiores álbuns da história do grunge, em lista do Brave Words

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemPor que Lemmy odiava tocar "Ace of Spades" nos shows do Motörhead

imagemSlash se sente feliz por não existir internet nos primórdios do Guns N' Roses

imagemPaul McCartney quase foi atropelado ao tentar recriar famosa cena de capa de disco

imagemO hit dos Beatles que talvez seja sobre drogas e que "Jesus" acompanhou gravação

imagemO brasileiro com a voz parecida com a de Axl Rose que viralizou no TikTok

imagemPara John Lennon, os Beatles poderiam ter acontecido sem George e Ringo

imagemQuatro músicas de artistas brasileiros que citam Os Paralamas do Sucesso

imagemOmelete diz que heavy metal pertence agora à nova geração e não ao tiozão headbanger


Stamp

Creedence: um show empolgante repleto de hits em POA

Resenha - Creedence (Auditório Araújo Vianna, Porto Alegre, 05/11/2015)

Por Karen Waleria
Postado em 11 de novembro de 2015

O Creedence Clearwater Revisited apresentou-se nesta quarta-feira, dia 05 de novembro, no Auditório Araújo Vianna em Porto Alegre. O evento foi produzido pela Hits Entretenimentos que, no corrente ano, comemora 10 anos de atuação.

O último show do CCR na capital gaúcha foi no ano de 2012. A banda, formada em 95, é a re-fundação do Creedence Clearwater Revival, uma das maiores bandas de rock do mundo entre o fim dos anos 60 e início dos 70.

A performance magistral contou com os remanescentes do lendário grupo, o baixista Stu Cook e o baterista Doug Clifford. Além dos ex-integrantes, a banda conta também com Steve Gunner na guitarra e teclados, Tal Morris, guitarra e vocal e John Tristão, vocal, guitarra e gaita.

Durante o show foram apresentadas 19 músicas que percorreram seis dos sete álbuns lançados pela banda original. Foi uma sucessão de hits como "Who´ll Stop The Rain", "Susie Q", "Hey Tonight", "Proud Mary", "Down On The Corner", "Fortunate Son" entre outros.

Essa trupe reunida deu uma aula de como se faz o bom e velho rock n' roll mesclado com country, folk, soul e blues.

Inicialmente a plateia assistia o show silenciosamente.
Depois da execução de "Hey Tonight" o púbico aceitou o convite do carismático Tal e o auditório virou uma grande festa.

Deixar as pessoas felizes é o objetivo da banda, sempre comenta e foi o que se viu. Um público que era composto de pessoas que, com certeza, acompanham a mesma desde sua criação, fãs novos talvez influenciados por seus pais, avôs e obviamente pessoas de bom gosto que conheceram a banda independente de quando. Jovens, jovens de espírito, todos juntos cantando os hits da banda, alguns dançavam, outros aplaudiam incessantemente.

Um dos momentos mágicos do show foi quando da apresentação dos integrantes da banda. Quando chegou a vez de Doug e de Stu foi emocionante. O público ovacionou os dois de uma maneira, que visivelmente, ambos surpreenderam-se. Um enorme agradecimento pelo que os mestres fizeram e fazem pela música mundial. E também um pedido de retorno.

Foi a primeira vez assisti a banda ao vivo. E vendo-os no palco entendi o porque uma banda que não grava desde o início da década do 70 consegue manter seus fãs e, renovar esses fãs, agregar mais.
Assistindo eles se tem a sensação de estar assistindo uma banda nova, no sentido de tocar com paixão, tamanha a empolgação no palco. Os arranjos, os vocais bem feitos. Dá pra ver que amam o que fazem. Por que esse tipo de coisa não se finge. Esta aí o segredo deles.

[an error occurred while processing this directive]

Durante a performance que durou mais de 1h30 mostraram que dão muito bem conta do legado dos irmãos Tom e John Fogerty.

Agradecimentos à Hits Entretenimentos.

[an error occurred while processing this directive]

Fotos: Sônia Butelli

Veja mais fotos do show no link abaixo:
http://bit.ly/1GRRhsw

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps



LGBT: confira alguns músicos que não são heterossexuais


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Karen Waleria

Blogueira gaúcha. Estudou letras. Ecleticidade musical é seu ponto forte; com uma tendência ao Rock e Metal. Já foi colaboradora em grandes sites de Rock e Heavy Metal, trabalha com divulgação de bandas e eventos. Responsável pelo blog www.karenwaleria.blogspot.com.br. Siga no Twitter @Rocksblog.
Mais matérias de Karen Waleria.