Pop Javali: Como foi o pocket show no Estúdio Espaço Som em SP

Resenha - Pop Javali (Estúdio Espaço Som, São Paulo, 16/05/2014)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Otávio Augusto Juliano
Enviar correções  |  Ver Acessos

Uma noite de sexta-feira muito especial, tanto para os músicos da banda POP JAVALI quanto para os amigos, jornalistas e fotógrafos presentes ao pocket show realizado pela banda no Estúdio Espaço Som, em São Paulo.

Rolling Stone: As 500 melhores músicas segundo a revistaLed Zeppelin: "Stairway To Heaven" vale mais de US$500 milhões?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O nome do grupo pode parecer novidade para muitos dos leitores, mas a verdade é que o POP JAVALI tem 22 anos de estrada e de muito Rock N' Roll. De Americana, interior do Estado de São Paulo, a banda agora lança seu segundo CD, intitulado "The Game Of Fate", produzido pelos irmãos Andria e Ivan Busic (DR. SIN).

O evento foi justamente para comemorar o lançamento desse segundo trabalho autoral do POP JAVALI, e também para divulgar o mais novo clipe da música "Healing No More" (vide link abaixo).

Não se deixe enganar pelo nome inusitado e engraçado da banda. O POP JAVALI é um Power trio de Hard Rock clássico que traz um som que alia peso, melodia e técnica na medida certa. Nada de Pop music. A música dos caras é certeira e vê-los ao vivo torna a experiência de ouvir as canções da banda ainda mais interessante.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O que impressiona não é só a música em si, que é muito boa, mas sim a sintonia que os músicos demonstram tocando juntos. Incrível como o virtuosismo do baixista e vocalista Marcelo Frizzo e do guitarrista Jaéder Menossi encaixam com perfeição ao som tirado pelo baterista Loks Rasmussen. É ouvir (e ver) para crer.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em um set de mais de uma hora, tenho certeza de que o POP JAVALI saiu com muitos novos fãs do Estúdio Espaço Som, após esse pocket show de muito bom gosto. O grupo tocou boa parte das canções do álbum "The Game Of Fate" e ainda lembrou músicas do disco anterior, "No Reason To Be Lonely", como "Silence" e "Sacrifice My Dreams".

De quebra a banda ainda executou uma versão para "YYZ", do RUSH, uma declarada influência do grupo. Os riffs do guitarrista Jaéder por vezes me fizeram lembrar de VAN HALEN e algumas das canções da banda me lembraram TYKETTO e FIREHOUSE, da fase do álbum "O2" (2000), mas é difícil definir o estilo do POP JAVALI, que faz um Hard Rock original e nada cansativo de se ouvir.

Os músicos ainda bateram um bom papo com as pessoas presentes ao evento e mostraram mais uma interessante faceta da banda: a simpatia. Marcelo, Loks e Jaéder são muito simpáticos e atenciosos.

O trabalho dos caras no novo CD "The Game Of Fate" eu já tinha ouvido e posso dizer com tranqüilidade, agora que os vi de perto em um show: ao vivo é ainda melhor! Podem confiar.

Agradecimentos a Luciano Piantonni (LP Metal Press) pelo convite e à banda POP JAVALI. Fotos gentilmente cedidas por Bárbara Martins, do portal Metalconcerts.net.

Novo clipe:

Banda:

Marcelo Frizzo - voz e baixo
Jaéder Menossi - guitarra
Loks Rasmussen - bateria

Set list:

01. A Friend that I've Lost
02. Wrath of the Soul
03. Sacrifice My Dreams
04. Silence
05. Lie to Me
06. Enjoy Your Life
07. Healing No More
08. Road to Nowhere
09. Free Men
10. Wanna Choose
11. YYZ (RUSH)
12. The Game of Fate

Mais informações:

Banda POP JAVALI:
http://www.popjavali.com
Estúdio Espaço Som:
http://www.estudioprodussom.com.br/




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Pop Javali"


Rolling Stone: As 500 melhores músicas segundo a revistaRolling Stone
As 500 melhores músicas segundo a revista

Led Zeppelin: Stairway To Heaven vale mais de US$500 milhões?Led Zeppelin
"Stairway To Heaven" vale mais de US$500 milhões?


Sobre Otávio Augusto Juliano

Otávio é paulistano, tem 29 anos e faz algo nada a ver com o Rock: é advogado. Por gostar muito de música e não possuir talento algum para tocar instrumentos musicais, tornou-se um comprador compulsivo de cds. Sempre interessado em leitura ligada ao Rock e Metal, começou a enviar algumas pequenas colaborações para a Whiplash e hoje contribui principalmente com textos relacionados ao Hard Rock, estilo musical de sua preferência. De qualquer forma, é eclético e não dispensa álbuns de todas as demais vertentes do Metal, sendo fã incondicional de W.A.S.P., Mötley Crüe e dos trabalhos do guitarrista Steve Stevens.

Mais matérias de Otávio Augusto Juliano no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280