Skillet: Banda lotou o Carioca Club de São Paulo

Resenha - Skillet (Carioca Club, São Paulo, 04/10/2013)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Tom Macedo
Enviar correções  |  Ver Acessos

Com certeza, o dia 04 de Outubro de 2013 ficará marcado para sempre na vida da banda Skillet e de seus fãs Brasileiros. Na estrada há quase 18 anos, essa foi a primeira vez que a banda norte-americana de Rock Cristão pisou em solos tupiniquins. Após tocarem em recife um dia antes, o grupo se apresentou em grande estilo no Carioca Club em São Paulo, lotando a casa para um show muito bem organizado pela Dark Dimensions.

Separados no nascimento: James Hetfield e o Leão ValenteMegadeth: fã tem siricutico ao encontrar Mustaine; veja vídeo

Fotos por: Kennedy Silva - Proibida a utilização ou reprodução das imagens sem prévia autorização.

Antes mesmo de a casa abrir, havia uma grande concentração de fãs que já estavam na frente do local e acompanharam a chegada da banda por volta das 16h30min. Exatamente às 18h30min, foi liberada a entrada do público, e cada pessoa que entrava, fazia questão de garantir seu lugar bem próximo à grade. A casa foi enchendo, e a cada luz que ascendia ou apagava, os presentes se manifestavam gritando e levantando os braços.

Exatamente as 20h00min, as luzes ambientes se apagaram por definitivo e a galera começou a gritar sem parar o nome da banda. O telão ao fundo do palco começa a passar uma espécie de vídeo clipe com os integrantes da banda e toca uma introdução a base de sintetizadores. Então a banda sobe ao palco e inicia com a música "Hero". Em seguida, continuando com a ótima energia de início de show, mandam "Whispers In The Dark" e "Better Than Drugs". Em "Sick Of It", a empolgação do frontman John Cooper é tamanha, que ele acaba se desequilibrando e caindo no palco. Então pela primeira vez na noite, temos as participações de Tate Olsen no Cello e Jonathan Chu no violino para tocarem "Comatose". Logo vieram "Those nights" e "Awake And Alive".

Chega então um dos momentos mais marcantes de todo o show, com a banda tocando "Rise". Quando a música acaba, o Carioca lotado continua entoando o refrão "Rise, Rise, Rise and Revolution". Na sequência vieram "Last Night", "Not Gonna Die" e "Savior". E outro momento marcante do show acontece quando um tradutor sobe ao palco e John Cooper diz ser a primeira vez que vem ao Brasil, más que voltará em breve e emenda dizendo o seguinte: "Gostaria de levar vocês para a América do Norte, assim vocês ensinanariam a eles como se curte um show de Rock'n'Roll". E chega a vez da canção "American Noise". Já era notável que o show se aproximava do final, então começaram algumas performances solos, onde destaco o cellista Tate Olsen, o violinista Jonathan Chu e o ótimo guitarrista Seth Morisson. Chega a vez de "Circus For a Psycho" e o clássico "Monster", que foram cantados de forma uníssona por um público fantástico e muito caloroso. Por último, o grupo toca a canção "Rebirthing", e agradece mais uma vez aos presentes, que fizeram um show a parte.

Eu particularmente gosto bastante da estrutura e localização do Carioca Club, que recebeu mais uma banda de muita qualidade e um público incrível em todos os aspectos, somado a uma organização impecável resultando um maravilhoso espetáculo. A banda Skillet, com certeza, terá ótimas recordações do Brasil e cumprirá sua promessa de voltar, afinal, nenhum fã quer esperar mais 18 anos para vê-los novamente.

Agradecimentos à Dark Dimensions e ao Marcos Rocha pelo credenciamento.

Skillet é formada por:
John Cooper - Vocal e Baixo
Korey Cooper - Guitarra, Sintetizador e Voz
Jen Ledger - Bateria e Voz
Seth Morrison - Guitarra
Scotty Rock - Baixo
Tate Olsen - Cello
Jonathan Chu - Violino

Set List:
1. Hero
2 .Whispers In The Dark
3 .Better Than Drugs
4. Sick Of It
5. Comatose
6. Those nights
7. Awake And Alive
8. Rise
9. Last Night
10. Not Gonna Die
11. Savior
12. American Noise
13. Circus For a Psycho
14. Monster
15. Rebirthing


Outras resenhas de Skillet (Carioca Club, São Paulo, 04/10/2013)

Skillet: Quase uma hora e meia de uma apresentação intensa




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Skillet"


Separados no nascimento: James Hetfield e o Leão ValenteSeparados no nascimento
James Hetfield e o Leão Valente

Megadeth: fã tem siricutico ao encontrar Mustaine; veja vídeoMegadeth
Fã tem siricutico ao encontrar Mustaine; veja vídeo

Nirvana: a história por trás da música Smells Like Teen SpiritNirvana
A história por trás da música "Smells Like Teen Spirit"

Classic Rock: as 10 melhores baladas dos anos 80Classic Rock
As 10 melhores baladas dos anos 80

Álbuns ao vivo: 10 grandes registros da história do rockÁlbuns ao vivo
10 grandes registros da história do rock

Kiss: Eric Carr era a pessoa mais feliz da Terra, diz ex-segurançaKiss
"Eric Carr era a pessoa mais feliz da Terra", diz ex-segurança

Chris Cornell: a melhor voz do rock, diz Alice CooperChris Cornell
"a melhor voz do rock", diz Alice Cooper


Sobre Tom Macedo

Mineiro, Tom Macedo foi para São Paulo ainda pequeno. Com sete anos de idade, ganha de um colega da primeira série uma fita K7. A fita em questão era Seventh Son of a Seventh Son do Iron Maiden, e o pequeno garoto se apaixona pelo estilo musical até então desconhecido. Hoje, Tom é guitarrista e compositor de uma banda, é fanático por Kiss e diferente de todos em São Paulo, adora um congestionamento só para ter mais tempo de escutar o bom e velho Rock and Roll.

Mais matérias de Tom Macedo no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336