Nightwish: um show maravilhoso no Rio de Janeiro

Resenha - Nightwish (Circo Voador, Rio de Janeiro, 10/12/2012)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Michelle Menezes
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

O show começou às 21:30. O Circo Voador estava LOTADO!!!! Para uma segunda-feira isso foi algo notável e notório. O calor não impediu que os fãs vestissem suas camisetas pretas estampando no peito suas bandas favoritas. O preto, como é de praxe, dominava o cenário.

3894 acessosFinlândia: as dez melhores bandas de Heavy Metal do país5000 acessosTrollagem: quando as bandas decidem zoar com o playback

Foi então que o som que rolava, se não me engano AC/DC (hahaha! a emoção era tanta que eu nem prestei muita atenção!) diminuiu, as luzes se apagaram e começou a tocar a Intro: Crimson Tide de Hans Zimmer, de quem Tuomas Holopainen é fã confesso.

A banda foi entrando aos poucos. Tuomas com seu chapéu esboçava um sorriso... E então, para a alegria de todos, começaram os primeiros acordes de Storytime. Ela, a gigante holandesa (hahaha! a mulher é muito alta manolo!), entrou no palco levando TODOS ao delírio. E ela sabe o que faz, não é mesmo?

Dona de uma voz poderosa que só vem se aperfeiçoando, Floor arrebatou a todos que estavam no local com Dark Chest of Wonders cantada em coro por um Circo Voador lotado. Em seguida vieram Wish I Had an Angel, Amaranth, Scaretale e I Want My Tears Back que fez todo mundo pular. Para dar uma acalmada, já que estavam todos mais altos que a banda, nas palavras da própria Floor (rs.) a banda tocou a lindíssima The Crow, The Owl and the Dove. Neste momento eu quase chorei, confesso. Floor a interpretou de forma magnífica. =´)

Em seguida vieram Nemo, Last Of The Wilds (instrumental que dá um tempinho para a Floor ir ao banheiro hahahaha =P) e Wishmaster. Aí a casa quase veio abaixo! O refrão era cantado pro todos em uníssono e tão alto que cheguei a ouvir bem baixinho a música tocada pelos rapazes da banda. Depois da matador Wishmaster, mais uma das canções interpretadas por Tarja, a linda Ever Dream do álbum Century Child.

A galera não parava um segundo, cantando e pulando em todas as músicas. Over The Hills and Far Away, cover de Gary Moore interpretada por Tarja no single Over The Hills And Far Away, para mim foi um ponto fraco do show. Não gostei do que fizeram com a canção, achei um pouco descaracterizada, e tal, mas logo em seguida veio o momento que muitos fãs esperavam: Ghost love Score. A emoção tomou conta de mim. Sou fã da banda há anos! Tenho todos os discos com a Tarja e fiquei triste com sua saída da banda. Não gostei, assim como tantos outros fãs, da entrada de Anette por não achá-la uma substituta à altura, mas foi assim que Tuomas quis e ela gravou dois discos (Dark Passion Play e Imaginaerum). Fui ao show com Anette e apesar ter muito carisma e simpatia no palco, ela ficou devendo quanto aos vocais. Eu não iria a este show, estava decidida, mas quando vi a notícia de que Anette estava fora e que Floor Jansen a substituiria nas turnês que restavam... meu DEUS! Esse show se tornou imperdível!!

Mas voltando ao assunto, Ghost Love Score é para os fãs uma obra-prima. E eu lembro que a própria Tarja na épocas da turnê de Once disse que esta era a canção que mais gostava de interpretar nos shows. Floor também revelou que esta era a sua favorita. E ela mostrou que a canção é realmente linda e maravilhosa quando bem interpretada. Ela fez um trabalho magnífico, e o agudo ao final... Oh God! De arrepiar...

Seguindo o momento de êxtase foi a vez de mais duas do Imaginaerum: Song of Myself e Last Ride of the Day, finalizando um show que vai ficar por um bom tempo na memória de fãs do Nightwish e da própria Floor.

Gostaria de agradecer mais uma vez à Overload por nos presentear com mais um show MARAVILHOSO! O público no Rio de Janeiro anda muito desacreditado ultimamente, e nesta segunda-feira mostrou que faz qualquer sacrifício para ver sua banda do coração ao vivo.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Nightwish (Circo Voador, Rio de Janeiro, 10/12/2012)

2099 acessosNightwish: show no RJ mostra um imbróglio com final feliz5000 acessosNightwish: peso e vocal poderoso incendiaram a segunda carioca5000 acessosResenha - Nightwish (Circo Voador, Rio de Janeiro, 10/12/2012)

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 15 de dezembro de 2012
Post de 26 de dezembro de 2012

FinlândiaFinlândia
As dez melhores bandas de Heavy Metal do país

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Nightwish"

Tarja TurunenTarja Turunen
A agressão de um fã durante show no México em 2000

Poetas do RockPoetas do Rock
Frases célebres e estúpidas ditas por grandes artistas

Tarja TurunenTarja Turunen
Nightwish é uma banda de metal, eu faço rock

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Nightwish"

TrollagemTrollagem
Quando as bandas decidem zoar com o playback

ACDCACDC
Dave Evans: "Aquela coisa Glam foi idéia do Malcolm!"

Keith RichardsKeith Richards
Colocando Justin Bieber em seu devido lugar

5000 acessosMetallica: o video game da banda que nunca foi lançado5000 acessosSlipknot: Corey Taylor já pagou fã para deixar plateia5000 acessosSpin Magazine: as maiores baixarias da história do rock5000 acessosGuitarpedia: os 5 erros mais comuns do guitarrista3987 acessosKerrang: Os 12 melhores covers feitos por crianças5000 acessosUltimate Classic Rock: as dez melhores duplas de guitarristas

Sobre Michelle Menezes

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online