Matérias Mais Lidas

Marilyn Manson: Vou contar ao FBI tudo o que sei, diz atriz que se relacionou com eleMarilyn Manson
"Vou contar ao FBI tudo o que sei", diz atriz que se relacionou com ele

João Gordo: quando ele brigou com Sérgio Mallandro na TV e o Bozo teve que apaziguarJoão Gordo
Quando ele brigou com Sérgio Mallandro na TV e o Bozo teve que apaziguar

Steven Adler: por que ele não ligou por Axl transar com sua namorada em Rocket QueenSteven Adler
Por que ele não ligou por Axl transar com sua namorada em "Rocket Queen"

Metallica: a fortuna que Robert Trujillo recebeu só para se juntar à bandaMetallica
A fortuna que Robert Trujillo recebeu só para se juntar à banda

Jon Schaffer: semanas após a prisão, ele ainda está vendo o Sol nascer quadradoJon Schaffer
Semanas após a prisão, ele ainda está vendo o Sol nascer quadrado

Metallica: papagaio metaleiro vai ao delírio ouvindo Enter SandmanMetallica
Papagaio metaleiro vai ao delírio ouvindo "Enter Sandman"

RATM: Tom Morello revela por que não corta as cordas de sua guitarraRATM
Tom Morello revela por que não corta as cordas de sua guitarra

AC/DC: por que Angus Young usa uniforme escolar no palco - e de quem é a ideiaAC/DC
Por que Angus Young usa uniforme escolar no palco - e de quem é a ideia

Offspring: O retorno após 9 anos, traz novo som e maturidadeOffspring
O retorno após 9 anos, traz novo som e maturidade

Neil Peart: por que ele é melhor que John Bonham, segundo Mike PortnoyNeil Peart
Por que ele é melhor que John Bonham, segundo Mike Portnoy

King Diamond: Songs For The Dead Live é disponibilizado de forma oficial no YoutubeKing Diamond
"Songs For The Dead Live " é disponibilizado de forma oficial no Youtube

Slash: fãs ficam surpresos por ele postar foto de mulher sem sangrar ou estar nuaSlash
Fãs ficam surpresos por ele postar foto de mulher sem sangrar ou estar nua

Behemoth: Nergal lança campanha é hora dos artistas lutarem, após condenaçãoBehemoth
Nergal lança campanha "é hora dos artistas lutarem", após condenação

SOAD: Serj Tankian não gosta da palavra DeusSOAD
Serj Tankian não gosta da palavra "Deus"

Black Sabbath: por que dificilmente teremos algo oficial com Dave Walker no vocalBlack Sabbath
Por que dificilmente teremos algo oficial com Dave Walker no vocal


Stamp

Aerosmith: em São Paulo, memorável, para dizer o mínimo

Resenha - Aerosmith (Parque Antártica, São Paulo, 29/05/2010)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Zanetti
Enviar Correções  

O AEROSMITH é uma banda com quase 40 anos de estrada. Se você não sabia disso, perceberia naturalmente se olhasse a fila que se estendia por muitos e muitos metros ao redor do Parque Antarctica, em São Paulo, na tarde do dia 29 de maio. Muitas pessoas de muitos estilos e diversas idades esperavam ansiosamente a abertura dos portões.

Até o momento em que este que vos escreve finalmente pôs os pés dentro do estádio do Palmeiras, por volta das 16h45, não houve um tumulto, uma briga ou qualquer outro problema na organização da fila. Pelo contrário: muita gente se conheceu ali. Tudo nos conformes, o que prova para tantos e tantos veículos que tentam provar ao contrário que quem curte rock and roll é civilizado.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Enquanto as pessoas iam chegando em em seus respectivos setores, uma pessoa responsável por fazer um "som ambiente" escolhia videoclips - aparentemente a esmo. Mas o repertório do VJ - que incluía Coldplay, Lily Allen, Simple Plan e Mika - não agradou ao público, que constantemente o insultavam e vibravam cada vez que a música parava.

O Parque Antarctica já estava muito cheio quando o CACHORRO GRANDE, a banda de abertura, entrou no palco pontualmente às 20 horas. Apesar de apresentarem um show animado, os gaúchos não conseguiram empolgar muito a platéia, que não conhecia as músicas do quinteto e já estavam lá há muito tempo, cansados e ansiosos pela banda principal. Ao fim do show, o próprio vocalista Beto Bruno gritava, junto com a platéia: "Aerosmith! Aerosmith!".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com um curto atraso de cerca de 15 minutos, às 21h45 apoximadamente, desce um enorme pano com o logo da banda, cobrindo todo o palco ao som de "Rainy Day Women #12 & 35", de Bob Dylan. A música, que tem uma letra engraçada e cheia de referências à maconha, logo deu lugar à entrada avassaladora de "Eat The Rich", música que abre também o álbum "Get A Grip", de 1993, e o registro ao vivo "A Little South of Sanity", de 1998. Caem as cortinas e os fãs podem ver a banda que esperavam há tantas horas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Se os veteranos do Aerosmith têm problemas internos fora do palco, certamente esquecem deles quando estão tocando. Tudo o que alguém pode esperar de um show da banda estava lá: Steven Tyler e sua voz aguda e rouca, cantando impecavelmente e performático como sempre, Joe Perry e sua pose de bad boy/guitar hero, Tom Hamilton curtindo o groove de seu baixo, Brad Whitford, discreto porém preciso na segunda guitarra, e Joey Kramer demonstrando suas múltiplas habilidades na bateria.

A banda seguiu na pegada rock and roll com "Back In The Saddle", do clássico álbum "Rocks", de 1976, e "Love In An Elevator", do "Pump", de 1989, empolgando todos os presentes, que cantavam em coro junto com Tyler.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Após um começo avassalador, o Aerosmith partiu para a fase mais pop, tocando duas músicas que fizeram sucesso nos anos 90. "Falling In Love" e "Pink", ambas do álbum "Nine Lives", de 1997, não deixaram a peteca cair, e quando soaram as primeiras notas da clássica "Dream On", do primeiro álbum da banda, lançado em 1973, o Palestra veio abaixo. Um dos momentos mais bonitos do show, com a platéia cantando tudo junto com Tyler.

Mais dois hits muito conhecidos do público ("Livin On The Edge" e "Jaded") e a grande surpresa da noite, pelo menos para mim. Tyler anunciou que a banda ia voltar a 1977 e que os fãs brasileiros haviam "pedido muito por essa música", e o Aerosmith tocou a inesperada e desconhecida por muitos "Kings And Queens". Performance impecável, com Tyler alcançando todos os muitos agudos da versão original, lançada há mais de 30 anos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Então chegou o momento que muitos casaisinhos adolescentes - e outros não tão adolescentes assim - esperavam: o combo das baladas "Crazy" (que teve até calcinha atirada ao palco no melhor estilo Wando) e "Cryin'", ambas cantadas com empolgação por todos - mesmo os que criticam a fase mais comercial da banda.

Após um curto solo de bateria de Joey Kramer (com participação de Steven Tyler), a banda não tocou a esperada "Rag Doll", mas sim a desconhecida por vários (porém clássica) "Lord Of The Thighs", do segundo álbum da banda, "Get Your Wings", de 1974, em versão prolongada.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Foi a vez de Perry assumir os microfones e, com ajuda de uma intérprete, anunciar ao público que estava cansado de ouvir as pessoas dizerem a ele que o haviam batido no duelo de guitarra do jogo "Guitar Hero: Aerosmith". Por isso, ele mesmo duelou contra seu personagem virtual, fazendo um curto solo de guitarra e tocando e cantando na sequencia o cover "Stop Messin' Around", originalmente do Fleetwood Mac. Ótimos solos de guitarra (Brad Whitford) e gaita (Steven Tyler), e os vocais de Perry também não deixaram a desejar.

Steven Tyler apresentou o tecladista Russ Irwin, que se apresenta com a banda nos shows, e o Aerosmith tocou a balada "What It Takes", também cantada em uníssono pelo público. E após um curto solo de baixo de Tom Hamilton, as primeiras notas de "Sweet Emotion" foram tocadas e, mais uma vez, o Parque Antarctica veio abaixo.

Mais um cover, desta vez o blues "Baby Please Don't Go", de Big Joe Williams, e a banda caminhava para a última música do set, "Draw The Line", pesadíssima e muito bem executada, para variar.

O Aerosmith deixou o palco e pouco tempo depois voltou para o bis. Joey Kramer começou a tocar o começo de "Walk This Way" e a platéia foi ao delírio. E quanto todos esperavam que a música que fecharia o set seria a já tradicional "Train Kept A' Rollin'", o Aerosmith toca "Toys In The Attic", terminando com muito estilo e rock and roll as mais de duas horas de show.

Foi um belíssimo show, cheio de clássicos mesclados com momentos mais desconhecidos, porém muito importantes para muitos dos fãs que conhecem toda a carreira da banda. Que o Aerosmith supere os problemas internos e ainda consiga voltar ao Brasil!

publicidade

Setlist:
Eat The Rich
Back in the Saddle
Love in an Elevator
Falling in Love (is Hard on the Knees)
Pink
Dream On
Livin' on the Edge
Jaded
Kings And Queens
Crazy
Cryin'
Solo de Bateria
Lord Of The Thighs
Joe Perry Guitar Battle
Stop Messin' Around (Fleetwood Mac cover)
What It Takes
Sweet Emotion
Baby, Please Don't Go (Big Joe Williams cover)
Draw the Line

BIS:
Walk This Way
Toys in the Attic


Outras resenhas de Aerosmith (Parque Antártica, São Paulo, 29/05/2010)

Aerosmith: pelo menos no palco, novamente de bem com a vidaAerosmith
Pelo menos no palco, novamente de bem com a vida


publicidade
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Como consegui viver de Rock e Heavy Metal


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Para rir (ou chorar): clássicos do rock em versões brasileiras - Edição definitivaPara rir (ou chorar)
Clássicos do rock em versões brasileiras - Edição definitiva

Aerosmith: entre assuntos mais comentados no Brasil após plástica de GretchenAerosmith
Entre assuntos mais comentados no Brasil após plástica de Gretchen

Lista: baladas cafonas que amamos ouvir (na surdina)Lista
Baladas cafonas que amamos ouvir (na surdina)

Lista: 10 discos ao vivo dos anos 1970 pra matar seu vizinho que ouve pop sertanejoLista
10 discos ao vivo dos anos 1970 pra matar seu vizinho que ouve pop sertanejo


Ayrton Senna: as homenagens pelo Guns e Aerosmith no BrasilAyrton Senna
As homenagens pelo Guns e Aerosmith no Brasil

Steven Tyler: melhor em usar drogas do que em fazer músicaSteven Tyler
Melhor em usar drogas do que em fazer música

Aerosmith: Tudo que esconderam de você - Parte IAerosmith
Tudo que esconderam de você - Parte I


Metal: Gibson.com enumera 50 melhores músicas do gêneroMetal
Gibson.com enumera 50 melhores músicas do gênero

Bruce Dickinson: Ele lamenta não ter dado um soco em Axl RoseBruce Dickinson
Ele lamenta não ter dado um soco em Axl Rose


Sobre Thiago Zanetti

Nascido em 1986 e apaixonado por música, Thiago é formado em Jornalismo pela Unesp de Bauru, mas é natural de Sorocaba/SP. Ouve de tudo, desde grindcore até música clássica, passando por diversos gêneros de música nacional e estrangeira. Toca em uma banda cover de Metallica, mas não tem preconceito musical: se é som, está ouvindo. Sempre aberto a novas bandas.

Mais matérias de Thiago Zanetti no Whiplash.Net.