Matérias Mais Lidas

imagemRegis Tadeu se garante e não retira uma palavra do que disse sobre Di'Anno e Iron Maiden

imagemBruno Valverde diz que preconceito contra ele veio mais da igreja do que dos metaleiros

imagemPaul Di'Anno detona Regis Tadeu após vídeo em que critica seu encontro com Iron Maiden

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemGeezer Butler, Heavy Metal e a clássica canção do Black Sabbath inspirada por Jesus

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemStjepan Juras retruca comentário de Regis Tadeu sobre reencontro de Di'Anno e Harris

imagemA dura crítica de Angus Young a Led Zeppelin, Jeff Beck e Rolling Stones em 1977

imagemComo foram os últimos meses de Renato Russo e a causa da sua morte

imagemAC/DC: Angus Young recorda como fazia para ouvir rock em seus tempos de garoto

imagemHelloween divulga vídeo de "Best Time", com participação de Alissa White-Gluz

imagemIron Maiden: Bruce fala sobre groupies; "parei de transar com elas quando me apaixonei"

imagemComo era a problemática relação do Angra no "Aurora Consurgens", segundo produtor

imagemIggor Cavalera manda ver em "Dead Embryonic Cells" ao vivo; confira drumcam

imagemTobias Forge, do Ghost, diz que ABBA deveria receber um Prêmio Nobel


Stamp

Resenha - Andralls (Stone House, Cascavel, 13/11/2005)

Por Anderson Antikievicz Costa
Em 17/11/05

Cascavel, no oeste do Paraná, se destaca por ter uma das maiores, se não a maior cena underground do estado. A história do rock n´ roll do município é tão grande que rendeu recentemente até um livro, chamado "Histórias de Banda de Rock", escrito pelo jornalista Jean Carlo Paterno e que conta como tudo começou a 34 anos atrás.

Dia 13/11/2005, domingo, rolou mais um show na cidade, tendo como carro chefe os paulistas do Andralls. Por uma sorte tremenda, o calor infernal que assolou Cascavel nos dias anteriores, deu uma trégua e com uma hora e meia de atraso, as portas da Stone House foram abertas. O local, apesar de precisar de uma boa reforma, é bastante interessante, com ar-condicionado, alguns sofás, dois pisos com uma espécie de sacada no andar superior e uma acústica muito boa.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Com cerca de 150 pessoas presentes, o Carnivore Mind foi a primeira banda a subir no palco. Com aventais de açougueiros, mandaram um gore/splatter metal muito bem feito, daqueles que realmente empolga a galera, um show que vale a pena assistir do começo ao fim.

A abertura ficou por conta de uma clássica "intro", bem interessante até para uma banda de gore. Em seguida veio "Mutilate For My Fun", já deu para perceber por que os caras são tão respeitados na cidade e dava para imaginar a "mutilação" que ia acontecer ali (desculpe, mas não podia perder o trocadilho). A segunda música foi um cover: "Monetary Gain" do Brutal Truth (e que cover!!), executado com perfeição. Segue "Gardnerella" e "Running From The Reaper" do próprio Carnivore emendadas com "La Ley De Plomo" do Brujeria, "Kill Your Mother, Rape Your Dog" do Dying Fetus, "Peste Uterina" também do Carnivore, "Drill Bit Lobotomy" do Macabre, "Oozing Vaginal Discharge" do Lividity, "Boneyard" do Impetigo e para fechar com chave de ouro uma versão brutal de "TNT" dos reis do Hard Rock, AC/DC. Destaque para o vocal desumano de Douglas, vociferando como um monstro e com uma presença de palco fantástica.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A banda que completa-se com Igor (g), Gustavo (d), Tiago (g) e Dinei (g), com apenas nove meses de formação, está preparando sua primeira demo, intitulada "Mutilando Seu Corpo em Decomposição", com previsão de lançamento para ainda este ano. Além disso, este show marca a estréia de Tiago e Dinei, recém integrandos a banda.

Quando começou o show do Alcoholic Mosh, a primeira coisa que veio à cabeça é "eu já ouvi isso antes". Péricles (v/g), Guardião (d), Fetinho (g) e Apache (b), mandaram um trash metal que lembra, e muito, o Slayer na época do "Reign Blood" (diga-se: o melhor álbum do Slayer na minha opinião) principalmente pelo vocal gritado. A abertura também foi com uma intro instrumental (eu não entendo por que as bandas insistem nessa intro, principalmente bandas de metal extremo, mas vamos lá...). Seguiram "Wainting For One More Beer", "Cars As Hell (Instrumental), "Possessed By Trash" e "Alcoholic Mosh". Impressiona a técnica dos guitarristas Fetinho e Péricles, sempre bem entrosados e coesos com riffs muito inteligentes e criativos. Destaque ainda pela presença de palco dos caras, sempre "bangueando" e chamando a galera que não parou um instante de praticar stage-dive (o que a maioria chama de "mosh"). Estas músicas estão presentes no recém lançado MD da banda, intitulado "We Are Alcoholic... We Ever Stay Drunk".

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

O resto do setlist foram covers cantados aos gritos pelos presentes: "Ace Of Spades" do Motorhead, "Postmortem" do Slayer e "Tankard" do próprio Tankard. No geral, trash metal indiscutivelmente bem tocado e de bom gosto. Nota 10.

A grande atração da noite foi o Andralls. Este show foi o último da turnê Sul-Americana de seu 5º álbum de estúdio, "Inner Trauma" e apresentou um Trash/Death metal vigoroso e pesado até a alma. (Putz, até rimou... srsrs).
Confesso que não conhecia a banda, mas a primeira música bastou para me tornar fã.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

O setlist foi quase na sua totalidade voltado para o novo trabalho, "sem largar mão dos grandes clássicos", como alguns presentes relataram. É difícil dizer destacar qual foi o ponto alto do show, do começo ao fim foi intenso ao extremo, pancada atrás de pancada, mas para não ficar em cima do muro: "Unexpected", "Down The Jokers", "Fear Is My Ally e "The Age Of Rage", todas do último CD, ficaram furiosas ao vivo e são simplesmente de audição obrigatória. Nota: O batera é simplesmente insano.

Alex Coelho (v/g), Di Lallo (g), Alexandre Brito (d) e Eddie C. (b/bac. voc.) não pararam um instante, sempre agitando e interagindo com a platéia que estava impossível. O agito era tanto que até o baixista Eddie C. foi para o Stage-dive. Para fechar a noite, executaram "Angel Of Death" do Slayer, não preciso nem dizer que todos berravam juntos cada palavra da música.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Depois do show conversei com o bem humorado guitarrista Di Lallo. Segundo ele, "já tínhamos ouvido falar de Cascavel e realmente é muito bom tocar aqui, a galera marca presença e agita muito". Uma frase bem batida, mas que entra como uma luva aqui: "Seja bem-vindo!!! Volte Sempre".

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp