Resenha - GBH (Estação Plaza Show, Curitiba, 25/05/2000)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Antônio Pedro
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Quinta- feira, 25 de maio de 2000. Apesar de muito frio, um bom público compareceu ao Centro de Eventos do Estação Plaza Show. A primeira banda da noite foi a curitibana Resist Control, que apresentou seu mais recente álbum num show burocrático e tão frio quanto a noite curitibana. Teve quem comemorou quando acabaram a performance. Destaque para os hits Brasil 500 anos e Resist Control.
5000 acessosNightwish: Tarja Turunen fala sobre sua demissão da banda5000 acessosLed Zeppelin: a origem do anjo símbolo da banda


Em seguida o hardcore competente do Garage Fuzz, que apresentou músicas boas e pesadas. O público aprovou. Prova disso foi a agitação na frente do palco. Ou isso ou foi uma maneira animada que a galera achou para espantar o frio. Surgem então os psichobilly do Catalépticos, lançando finalmente no Brasil seu 1º álbum, Little Bits of Insanity, que já foi lançado na Inglaterra em 98. A performance de Vlad, Gus e Coxinha é realmente poderosa. Destaque para Gus e seu contrabaixo-caixão acústico. O som do grupo é contagiante e não deixa ninguém quieto um só segundo. Porradaria pura!!!!


Intervalo curtíssimo e o GBH toma o palco e platéia de assalto. O punk crossover praticado pelo quarteto inglês é realmente vigoroso e enfurecido. Eles entram arrebentando Diplomatic Imunity e a galera reage à altura da performance de Colin e sua gangue. Em seguida vieram Junkies, Freak, Timebomb e Gunned Down. A presença de palco de Jocks, guitarrista e Colin, vocalista é algo que merece destaque. Jocks toca sua guitarra como que possuído, fato realçado pelo seu visual colorido e irado. Colin é puro show. Canta, dança, brinca com o microfone, desce junto à galera, deixa eles cantarem no microfone, pula, grita. Um frontman de primeira, ensandecido, como o GBH. E a loucura toma conta. Então vem Give me Fire, Prayer, Maniac, Drugs Party on 526 e outras mais, incluindo uma cover matadora para I'm feel Alright, dos Stooges. Os seguranças sofreram um bocado para conter os ânimos da rapaziada.


Todos pulavam e agitavam, deixando o show melhor ainda. Até mesmo alguns seguranças, viraram-se de frente para o palco e cantaram junto com Colin. Um concerto extremamente honesto, esbanjando personalidade e fúria punk. Rolou ainda um bis animal, finalizado por White Riot, do The Clash. Era o fim de um concerto memorável, vibrante e furioso como há tempo não se via. Sorte que, segundo a própria banda comentou, com exclusividade para a Whiplash!, eles voltam ao país daqui há oito meses, já com álbum novo lançado. Tomara que passem por aqui!!!

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Gbh"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Gbh"


NightwishNightwish
Tarja Turunen fala sobre sua demissão da banda

Led ZeppelinLed Zeppelin
A origem do anjo símbolo da banda

RockstarsRockstars
Os 50 mais ricos do planeta

5000 acessosTwisted Sister: A resposta de Dee Snider à afirmação de Gene Simmons de que rock morreu5000 acessosGuitar World: as 50 melhores canções de Rock de todos os tempos5000 acessosMetal Rules: Os 100 melhores discos da História do Metal5000 acessosGuns N' Roses: Melissa Reese comenta relação com os músicos5000 acessosValentina Francisco: Ouça garotinha cantando AC/DC antes do The Voice Kids5000 acessosSteve Vai: veja o "cantinho da criação" do guitarrista

Sobre Antônio Pedro

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online