Matérias Mais Lidas

Kiss: SBT libera vídeo oficial e completo da banda no Programa Livre em 1994Kiss
SBT libera vídeo oficial e completo da banda no Programa Livre em 1994

Motörhead: Mikkey Dee relembra o último (e triste) encontro com LemmyMotörhead
Mikkey Dee relembra o último (e triste) encontro com Lemmy

Noruega: 15 grandes bandas formadas no país do black metalNoruega
15 grandes bandas formadas no país do black metal

Loudwire: A melhor música de metal por ano desde 1970Loudwire
A melhor música de metal por ano desde 1970

Capas de Discos: A beleza da arte blasfemaCapas de Discos
A beleza da arte blasfema

Noisecreep: os 10 clipes mais assustadores do heavy metalNoisecreep
Os 10 clipes mais assustadores do heavy metal

Suécia: 15 grandes bandas de rock surgidas no país escandinavoSuécia
15 grandes bandas de rock surgidas no país escandinavo

Simone Simons: a nudez na capa de Divine ConspiracySimone Simons
A nudez na capa de Divine Conspiracy

Metal Raiz: 26 músicas com pelo menos três segundos de introdução no baixoMetal Raiz
26 músicas com pelo menos três segundos de introdução no baixo

Resenha - Battle at Garden's Gate - Greta Van Fleet
Resenha - Battle at Garden's Gate - Greta Van Fleet

Guns N' Roses: cantora de apoio revela como era fazer turnê com a banda nos anos 90Guns N' Roses
Cantora de apoio revela como era fazer turnê com a banda nos anos 90

Dire Straits: Luiz Caldas faz ótima versão acústica para Sultans of Swing e viralizaDire Straits
Luiz Caldas faz ótima versão acústica para "Sultans of Swing" e viraliza

João Gordo: divulgando panfleto do que seria, segundo ele, o 1° show punk do BrasilJoão Gordo
Divulgando panfleto do que seria, segundo ele, o 1° show punk do Brasil

Suécia: 25 grandes bandas de metal que surgiram no país escandinavoSuécia
25 grandes bandas de metal que surgiram no país escandinavo

Bob Dylan: Quem são os seus 20 maiores heróis na música?Bob Dylan
Quem são os seus 20 maiores heróis na música?


Firewing
Stamp

Resenha: Buenos Aires Prog 99

Resenha - Buenos Aires Prog 99 (Buenos Aires, Argentina, 05/12/1999)

Por Rodrigo Werneck
Em 01/01/00

Nota: 10

Aqui vai um "pequeno report" de como foi o Buenos Aires Prog '99, ocorrido neste ultimo fim de semana, e que nada mais foi do o prenuncio/aquecimento do que esta´ por vir nos proximos dias aqui no Brasil!

Chegamos em Buenos Aires na quinta-feira passada: 3 integrantes do Tempus Fugit - o tecladista/vocalista Andre´ Mello, o baterista Ary Moura, e o guitarrista Jose´ Luiz Crivano; o produtor da banda - Leonardo Nahoum; e eu (o "curioso" da historia! ;-). Apos passarmos pelo hotel para deixar nossas coisas, e pela loja de CD's "Discover" (de propriedade de Andres Valle que tambem edita a excelente revista "Mellotron"), fomos `a loja "Big Bear" onde ocorreu uma tarde/noite de autografos do pessoal do Anekdoten, e que acabou contando com a "aparicao surpresa" de 3/5 do Tempus Fugit. La´ estavam tambem os organizadores do Bs As Prog (Gustavo e Juan), e outros. A recepcao do pessoal portenho foi mais do que calorosa, de forma que fomos tomar uns chopps num bar proximo e bater um papo (deixo as "inside jokes" para o Leonardo! ;-). A interacao entre brasileiros, argentinos e os suecos do Anekdoten comecou neste dia, mais detalhes a seguir. Aconselho a todos que comparecam `a noite de autografos de amanha, na Scheherazade, pois o pessoal e´ bastante acessivel (e, alem do mais, o Ankh e o Solis tambem estarao por la´, sem contar o Tempus Fugit que deve pintar tambem!).

Sexta-feira... apos um city tour, deslocamo-nos para a casa noturna Acatraz (isso, sem o "L"). Casa noturna porque trata-se uma excelente casa, bem localizada e enorme, contando com varios ambientes: teatro/auditorio, bar/restaurante com teloes de video, distribuidos em 2 andares bem espacosos. Nesta noite, tocaram 2 bandas argentinas (Ensamble de Guitarras e 2112), mais o Anekdoten. Nao assisti ao primeiro show, mas o Ary do TF gostou muito, eram 15 violonistas tocando musicas na linha da League of Crafty Guitarists do Robert Fripp. A segunda banda a tocar foi a 2112, e como o nome indica, na linha do Rush. Bem bacana por sinal, tocaram inclusive um obvio cover para "2112".

Fechando a noite... Anekdoten!! Todas as minhas expectativas quanto a este show foram amplamente suplantadas (e nao eram pequenas!). O som estava muito bom, e o que vem do palco e´ simplesmente uma poderosa "parede sonora" proporcionada por uma banda coesa e extremamente afinada! Foi a primeira vez que assisti a um show deles, e posso garantir que tanto as musicas antigas quanto as do ultimo disco ("From Within") foram magistralmente interpretadas! Foi um daqueles shows que, quando acabam, deixam vontade de ver mais, como se tivessem durado 10 minutos apenas. Tudo perfeito: do estilo energico do baterista Peter Nordins, passando pela empolgacao do baixista/vocalista Jan Erik Liljestrom, pelo estilo "cool" do guitarrista/tecladista/vocalista Nicklas Berg (e sua Gibson SG), e finalmente por Anna Sofi Dahlberg, que reveza-se entre os teclados (com um perfeito timbre de Mellotron!!) e o cello! Apos assistir a este show, uma certeza: nao somente irei ao show do RARF, no sabado, como tambem aos shows deles em Niteroi e em Macae´ (respectivamente quinta-feira e domingo)!!

Apos o show, fomos para o bar (uma rotina infatigavel ;-), onde mais uma vez rolou um clima de total descontracao e confraternizacao, e o pessoal do Anekdoten se cansou de dar autografos. Tarde da noite (ou ja´ era cedo pela manha??), fomos embora pois no dia seguinte tinha mais...

Sabado... ja´ com a presenca dos 2 integrantes do TF que estavam faltando (o guitarrista Henrique Pinheiro e o baixista Andre´ Luis), que chegaram na sexta-feira `a noite, demos uma volta pela cidade e `a tarde fomos para o Acatraz para o soundcheck. A banda argentina Nexus ja´ estava por la´ passando o som, e deram uma ajuda ao TF para acertar as coisas no palco. As coisas pareciam estar indo bem, e os integrantes do TF voltaram ao hotel para se preparar, enquanto eu e o Leonardo continuamos pelo Acatraz, vendendo um CD da Rock Symphony aqui, bebendo uma cerveja ali, etc. ;-)

A primeira banda a se apresentar foi a Baalbek, tambem argentina. Boa banda por sinal, tocaram um jazz-rock instrumental de primeira, com guitarra (excelente!), saxofone, baixo, teclado e bateria (excelente tambem!). A segunda banda a se apresentar na noite foi o Nexus, contando com musicos de primeira qualidade! O tecladista Lalo Huber e´ um clone do Keith Emerson: forma de tocar, performance de palco, vestimentas... enfim, nao e´ preciso perguntar a ele qual sua principal influencia! Os outros musicos da banda tambem sao muito bons, com destaque para o guitarrista Carlos Lucena e para a vocalista Mariela Gonzalez (ela canta ainda melhor ao vivo do que no CD). As musicas ficaram mais pesadas ao vivo do que no disco, e eles tocaram algumas musicas novas ineditas! Este show foi muito bom, ficou clara a influencia principal de ELP, com o acrescimo de guitarra. O tecladista usou e abusou de sons distorcidos e emulou um orgao Hammond de forma perfeita, como se tivessem caixas Leslie no palco e tudo o mais! Sera´ um bom show para (re)ver no Rio!!

Fechando a noite e o festival... Tempus Fugit! Casa cheia a essa altura, a banda entrou com uma dura responsabilidade: suplantar a performance do Nexus. Posso afirmar que, sem "patriotadas", eles conseguiram! A expectativa de organizacao e publico argentinos era grande, e foi bacana ver a reacao empolgada de ambos no transcorrer e apos o show! Tocaram praticamente tudo dos 2 discos, e apos o show uma "manada" de argentinos queria comprar os CD's e se informar sobre o lancamento do novo disco! Teve ate´ um cara que comprou o CD "Mundus Incompertus" do Par Lindh, e que pediu para trocar pelo do TF. apos assistir ao show! Detalhes: Jan Erik e Nicklas do Anekdoten estavam muito impressionados com a performance vocal do Andre´, afirmando terem "inveja" dele. Da Anna Sofi, ouvi elogios `as composicoes, que para ela seriam o ponto forte do conjunto. Pude ver tambem, no decorrer do show, um Jan Erik muito impressionado com a performance no baixo do Andre´ Luis, enquanto o Peter Nordins avaliava o estilo do Ary, que inclusive se arriscou a improvisar umas finalizacoes diferentes em algumas musicas, devido ao feedback positivo do publico.

Findo o show, a banda se viu cercada pelo publico, e teve que conceder uma serie de entrevistas para as radios locais. Foram ovacionados quando chegaram ao bar, para o tradicional bate-papo apos os shows. Mais uma vez, ficamos por la´ ate´ tarde (ou melhor, cedo, ja´ que ja´ eram 6 horas da manha! ;-), e fomos para o hotel descansar um pouco.

Domingo, dia para arrumar a tralha toda e ir para o aeroporto, pegar o aviao de volta... e a certeza de que o que esta´ por vir sera´ ainda melhor, com:

- Noite de autografos c/ Anekdoten, Ankh e Solis (e talvez Tempus Fugit) - quarta-feira (8/12) na loja Scheherazade, RJ
- 2 Be/Tempus Fugit/Anekdoten - quinta-feira (9/12) na Bedrock, Niteroi
- Solis/Aether/Nexus/Ankh - sexta-feira (10/12) no Rio ArtRock Festival, Rio de Janeiro
- Tempano/Fragil/Anekdoten - sabado (11/12) no Rio ArtRock Festival, Rio de Janeiro
- Tempano/Anekdoten - domingo (12/12) no Teatro do SESI, Macae´

Me desculpem pela mensagem looooonga, mas para falar a verdade rolou muito mais coisa e nao vou escrever todos os detalhes por aqui... somente aconselho a todos que nao percam tudo o que esta´ para acontecer! Eu fiquei na duvida em ir ou nao `a Buenos Aires, e somente agora sei o que eu teria perdido se tivesse desistido!

Um abraco, e ate´ amanha na Scheherazade! (levarei fotos dos shows, etc.)

Rodrigo Werneck

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

💬 Ler e postar comentários


Pentral
Arte Musical
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam Load e Reload?Metallica
Por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?

Out: os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revistaOut
Os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revista


Sobre Rodrigo Werneck

Carioca nascido em 1969, engenheiro por formação e empresário do ramo musical por opção, sendo sócio da D'Alegria Custom Made (www.dalegria.com). Foi co-editor da extinta revista Musical Box e atualmente é co-editor do site Just About Music (JAM), além de colaborar eventualmente com as revistas Rock Brigade e Poeira Zine (Brasil), Times! (Alemanha) e InRock (Rússia), além dos sites Whiplash! e Rock Progressivo Brasil (RPB). Webmaster dos sites oficiais do Uriah Heep e Ken Hensley, o que lhe garante um bocado de trabalho sem remuneração, mais a possibilidade de receber alguns CDs por mês e a certeza de receber toneladas de e-mails por dia.

Mais matérias de Rodrigo Werneck no Whiplash.Net.