Existencialismo: uma introdução sonora

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mark Ark, Fonte: Youtube
Enviar correções  |  Ver Acessos

O Existencialismo é um movimento filosófico que analisa muitas questões como o absurdo, a falta de sentido do mundo, a mortalidade, a autenticidade, entre outras. Alguns desses temas estão presentes em obras literárias, filmes, peças de teatro e, é claro, em muitas músicas.

Viking Metal: Com um machado na mão, o que você quiser, você pode!Chris Cornell: relatório policial descreve últimas horas e morte

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Pretendo escrever mais sobre o tema, mas antes de discutirmos esses assuntos densos, difíceis de ler (e escrever), pretendo cativá-lo e motivá-lo a aprofundar-se no tema depois de apresentar algumas músicas que considero grandes peças existenciais.

É fundamental analisar a letra, mas como todas as músicas estão em inglês, procurei vídeos que tivessem as letras traduzidas, assim será possível entender os temas que a música trata, ouvindo-a ao mesmo tempo. Desculpo-me pela qualidade de alguns vídeos (e algumas traduções). Apesar disso, foi a melhor forma que encontrei para mostrar o tema de uma forma divertida.

Vou iniciar prestigiando a grande banda brasileira SEPULTURA. A clássica "Inner Self" do álbum Beneath the Remains (1989) é um hino de rebeldia e inconformismo perante um mundo de "contradições" (absurdo). Fala sobre viver a vida conforme suas convicções pessoais, apesar de todos os obstáculos (autenticidade).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Nietzsche afirmou que "Deus estava morto" e Lemmy que "ele nunca esteve ao seu lado." Essas afirmações são bastante angustiantes e são pontos de partida para uma longa discussão que pretendo abordar num texto futuro. Então confira "God was never on your side" do MOTÖRHEAD do excelente álbum Kiss of Death (2004):

É difícil escolher uma música do METALLICA, pois há várias com temas existenciais, mas escolhi "Eye of the Beholder.", do álbum ...And Justice for All (1988), que trata sobre individualidade e liberdade, mas acima de tudo, autenticidade, um dos temas centrais do existencialismo.

Outro tema central do existencialismo é a finitude, a mortalidade. Uma das melhores e mais emocionantes músicas sobre o assunto: "Everything Dies" do TYPE O NEGATIVE do álbum World Coming Down (1999). Infelizmente Peter Steele morreu e eu sinto sua falta, eu realmente sinto sua falta.

E para fechar, BLACK SABBATH e o hino "Under the Sun" (Vol. 4, 1972) que é um compêndio sonoro sobre o existencialismo. Eu poderia escrever muito sobre essa música, mas ela fala por si própria.

Gosto tanto dessa música que deixarei uma excelente versão do SOULFLY que está no álbum tributo ao Black Sabbath: Nativity in Black II (2000):




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Opiniões

Viking Metal: Com um machado na mão, o que você quiser, você pode!Viking Metal
Com um machado na mão, o que você quiser, você pode!

Chris Cornell: relatório policial descreve últimas horas e morteChris Cornell
Relatório policial descreve últimas horas e morte


Sobre Mark Ark

Nascido em São Paulo em 1979, seu amor pelo metal e rock vem desde o final dos anos 80. Grande fã de Pantera e trash metal, mas curte Rock em geral (e outros estilos como Blues e Rap). Acessa o site há mais de 20 anos e em 2018 decidiu ser colaborador e criar seu próprio site rockaddict.com.br.

Mais matérias de Mark Ark no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline