Matérias Mais Lidas

Metallica: James Hetfield está cético sobre vacina e é contra passaporte vacinadoMetallica
James Hetfield está cético sobre vacina e é contra "passaporte vacinado"

Mayhem: banda lançará EP em julho, com cover do Ramones; confira capa e tracklistMayhem
Banda lançará EP em julho, com cover do Ramones; confira capa e tracklist

Inglaterra: 25 grandes bandas de rock e metal que não são de LondresInglaterra
25 grandes bandas de rock e metal que não são de Londres

Loudwire: o pior álbum de 25 grandes bandas de rock e heavy metal, por Joe DivitaLoudwire
O pior álbum de 25 grandes bandas de rock e heavy metal, por Joe Divita

Yngwie Malmsteen: guitarrista anuncia novo álbum Parabellum e libera single; ouçaYngwie Malmsteen
Guitarrista anuncia novo álbum "Parabellum" e libera single; ouça

Sepultura: Iggor explica como criou bateria de Refuse/Resist, unindo metal e sambaSepultura
Iggor explica como criou bateria de "Refuse/Resist", unindo metal e samba

Pantera: há 25 anos, era lançado The Great Southern Trendkill, álbum mais extremo da bandaPantera
Há 25 anos, era lançado "The Great Southern Trendkill", álbum mais extremo da banda

Pensilvânia: do rock and roll ao death metal, 10 grandes bandas que surgiram no estadoPensilvânia
Do rock and roll ao death metal, 10 grandes bandas que surgiram no estado

Dragonforce: cena metal nega a existência do racismo, segundo Herman LiDragonforce
Cena metal nega a existência do racismo, segundo Herman Li

Iron Maiden: por que Paul Di'Anno adotava visual tão diferente de outros do metalIron Maiden
Por que Paul Di'Anno adotava visual tão diferente de outros do metal

Ozzy Osbourne: Clufetos diz que não foi fácil deixar Rob Zombie para tocar com o MadmanOzzy Osbourne
Clufetos diz que não foi fácil deixar Rob Zombie para tocar com o Madman

Slipknot: o que Clown pensa sobre os Beatles?Slipknot
O que Clown pensa sobre os Beatles?

Raimundos: Canisso reforça que Digão surtou pois chama até João Gordo de pela sacoRaimundos
Canisso reforça que Digão surtou pois "chama até João Gordo de pela saco"

The Pit: As 20 maiores músicas pesadas especificamente sobre fumar maconhaThe Pit
As 20 maiores músicas pesadas especificamente sobre fumar maconha

Kiss: as cirurgias às quais Paul Stanley precisou ser submetido devido às turnêsKiss
As cirurgias às quais Paul Stanley precisou ser submetido devido às turnês


MOPD
Arte Musical
Stamp

Caetano Veloso: MTV bota essa porra pra funcionar

Por Thiago Sarkis
Em 08/11/04

Informações sobre a coluna: O título "associação livre" se refere a uma das mais importantes concepções da técnica psicanalítica. Num dos primeiros apontamentos sobre este método, Freud, em "Estudos sobre a histeria" (1895), faz a seguinte observação sobre sua paciente Emmy von N.: "As palavras que [ela] me dirige (...) não são tão inintencionais como parecem; reproduzem antes com fidelidade as recordações e as novas impressões que agiram sobre ela desde a nossa última conversa e emanam muitas vezes, de modo inteiramente inesperado, de reminiscências patogências de que ela se liberta espontaneamente pela palavra." Partindo desta noção, mas não nos prendendo a ela, e trazendo-a em outras perspectivas, objetivo nesta coluna dirigir palavras e tópicos também não tão "inintencionais" quanto possam parecer, e suscitar questões e impressões que emanarão, de fato, inesperadamente, sem uma determinação exata daquilo que será lembrado, elaborado, re-elaborado e / ou preparado para cada trabalho.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A imprensa em geral chamou de chilique um dos melhores momentos da televisão brasileira nos últimos tempos. Porém, acho faltou-me a devida contundência nesta afirmação. Afinal, com Gugu Liberato, Fausto Silva, João Kleber e Márcia Goldschmit no páreo, não é muito difícil se destacar com um mínimo de qualidade. Deixe-me então refazer tudo isso.

No dia cinco de outubro de dois mil e quatro o senhor Caetano Veloso saiu de sua redoma tropicalista e após décadas caminhou contra o vento de maneira convincente, propiciando pequenos instantes de magia para os telespectadores da emissora por ele próprio ‘alcunhada’ de "EMETÊVÊ". O que aconteceu todos já sabem, mas a pergunta tem de ser feita: chutem o que se sucedeu ao instante de luz de Caetano? É óbvio, e nem precisava ocorrer para sabermos. Momento bom na TV brasileira é sinônimo de ser imediatamente ou, pouco depois, "tirado do ar". Dá até para montar uma equação matemática.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Pois bem, assim foi. Irritado com a microfonia e o som da MTV, os quais impediram-no por duas vezes de executar "Nothing But Flowers" ao lado do ex-Talking Heads David Byrne, um dos maiores nomes da música popular brasileira bradou frente ao gringo e a uma platéia atônita: "MTV bota essa porra para funcionar. Toma vergonha na cara, vamos começar do começo". As palavras do baiano ecoaram e suas cordas vocais moveram-se e ganharam o alcance de um megafone. Não pelo fato de haver gritado, ou lapidado sua técnica vocal, mas sim por dizer ali o que milhares de pessoas pensam todos os dias.

Sem sequer aperceber-se da magnitude de seu curto discurso, Caetano, de cara feia pediu respeito ao telespectador que, essencialmente, na "Music Television" quer ouvir, ora bolas, música. A discussão é tão séria que já não importa qual estilo está liderando as paradas de sucesso da emissora. No começo, houve a dedicação ao rock, não há como negar. "Money For Nothing" do Dire Straits diz tudo. Porém, chegamos a um ponto em que não podemos requisitar rock ou metal à MTV, por uma razão óbvia: da antiga proposta de televisão de música só sobraram vinhetas.

A programação pseudo engajada cultural, sócio e politicamente, e repleta de animações que vão do non-sense ao futurístico (às vezes ambos), não fracassa em raríssimas exceções como nos trabalhos do apresentador Carlos José de Araujo Pecini, o Cazé. Mesmo assim, não há música. Só se for de fundo ou para abrir os programas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A ausência de notas e acordes, e o fato da figura de grande compositor e virtuoso da emissora estar no VJ Edgard Piccoli talvez nos dê razões suficientes para sustentarmos que, por enquanto, pedir por rock ou coisa do tipo é um sonho descabido.

A "casa" está comemorando seus quatorze anos com o seguinte slogan: "14 anos. Idade de turbulência hormonal, excitação em excesso, instabilidade de emoções e crise. Deu pra entender? Então agüenta". Inegavelmente estão sendo sinceros com sua audiência.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O investimento da MTV concentra-se, em considerável escala, na contratação de modelos, cuja compreensão musical é similar à reflexão de uma paca sobre sua existência. Exemplos plenos: Fernanda Tavares e Daniela Cicarelli. Sem dúvida competentes no que fazem fora da telinha. Aliás, não apenas profissionalmente, pois devemos ressaltar a velocidade no gatilho, especialmente da última mencionada; de deixar Marlon Brando com inveja. Contudo, o que fazem essas moças numa televisão que diz dedicar-se à música?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No domingo, a tática para responder ao futebol ou aos "riquíssimos" programas da tarde é bastante clara: mais futebol, mas sem chuteira. Desde que garantiu o golaço da história da emissora, Cicarelli tornou-se uma overdose de final de semana. Sua voz roufenha é mais escutada que a de Amy Lee do Evanescence, Alanis Morissette, Dido, Shakira e Celine Dion (na época de "Titanic"!).

Programas como "Dance O Clipe" e "Daniela No País da MTV" são degradantes, auto-promocionais, e totalmente infrutíferos. Todavia, chega de tanto foco na mineira. Ela é a mais irritante simplesmente por ter a imagem super explorada. De toda maneira, existem piores.

O "Missão MTV" comandado por Fernanda Tavares consegue superar a inutilidade de seus fortíssimos concorrentes. Um buraco negro surge na tela a cada vez que o programa vem ao ar. Quem, em sã consciência, vai gastar energia com eletrodoméstico para ver uma modelo-governanta? Se Fernanda quiser arrumar alguma casa, deve começar por sua própria emissora.

Há também aquela que não é alta e esguia para os padrões da moda, mas segue o ritual reflexivo das pacas e suas reflexões existenciais, Sarah Oliveira. Durante os já longos e penosos anos em que vem substituindo Sabrina Parlatore, a paulistana mostrou uma qualidade: saber ler. Quando tenta ir um tiquinho além do "script", retorce, confunde, enlouquece. Parece o filho de Elis Regina, João Marcelo Bôscoli, transmitindo o Rock In Rio em 2001, durante o qual soltou pérolas como "Sally" para a música "Don’t Look Back In Anger" do Oasis, e "Spins Like Teen Spirit" ao invés de "Smells Like Teen Spirit" do Nirvana. Tudo bem, ele pelo menos tinha alguma noção do que estava falando, Sarah, nem isso.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Marina Person, apesar de "Meninas Veneno", salva-se ao lado de Adriana Golombek Wagner, a Didi. Ambas cumprem bem suas funções e geralmente trabalham a música além da vinheta de seus programas. O "Cine MTV" aparece como um dos melhores da programação, certamente.

Penélope teve um caminho tão bom que a emissora preferiu deixar o Riff sem VJ. Provavelmente a imagem dela associada à do pai, Marcelo Nova, traga um pouco de contravenção interessante que é novamente super explorada pela MTV, com programas como o "Ponto Pê".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A ala masculina da emissora é bem mais produtiva. Enquanto as apresentadoras têm de ser bem encorpadas, os homens devem primar pelo seu lado palhaço. Eles têm a função específica de fazer você rir para não chorar. É o caso de Paulo Bonfá e Marcos Bianchi, Hermes e Renato, João Gordo e também, algumas vezes, Cazé. São eficientes na função que foram colocados e alguns conseguem ultrapassar os limites editorias da emissora.

O vocalista do Ratos de Porão é um bom exemplo de sucesso. É disparado o melhor do Brasil em sua função. O egocêntrico Jô Soares vai pro espaço frente ao cru e direto Gordo da MTV. Não só faz rir, como informa e fala de música. Finalmente achamos alguém.

Rafa é nitidamente um cara bem intencionado e de conhecimento musical maior que quase todos os seus companheiros. No entanto, perde-se na proposta comercial, tendenciosa, e modista de seus chefes. Thaíde também entende do que fala, mas aí já não é comigo também.

Voltamos, no final das contas, à bela exposição de Caetano Veloso: "MTV bota essa porra pra funcionar". Essa porra se referindo ao som. Seja uma radiola, um DVD, um CD Player, o que for, coloca música direito nessa joça. E "vamos começar do começo" trazendo à baila a idéia que parece perdida em algum lugar do passado... de que MTV significa MUSIC TELEVISION e originalmente deveria dedicar sua programação à música, vídeo-clips, e não à promoção de modelos, governantas, marinheiros de primeira viagem, viajantes já experientes (Gabriel Conti Moojen no Mochilão), cabeleireiros & cia.

Uma boa saída seja talvez nem discutir mais. É simplesmente saudável desligar a televisão ou, já que eles primam tanto pela imagem, deixá-la no mute.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

💬 Ler e postar comentários


Korzus
Edu Falaschi - Vera Cruz
Pentral
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Metallica, Guns, Slipknot, Kiss: tombos, erros e fatos engraçadosMetallica, Guns, Slipknot, Kiss
Tombos, erros e fatos engraçados

Heavy Metal: os maiores álbuns da história para os gregosHeavy Metal
Os maiores álbuns da história para os gregos


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.