Paul McCartney pede calma a Yoko Ono em disputa

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Fonte: UOL Música
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 20/12/02. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Por Sue Zeidler

LOS ANGELES (Reuters) - Num longo comunicado divulgado na quarta-feira, Paul McCartney desmentiu as sugestões de que Yoko Ono possa mover uma ação contra ele por ter invertido a ordem dos créditos em canções dos Beatles, em seu último álbum, adotando, em lugar do tradicional "Lennon-McCartney", a fórmula de "por Paul McCartney e John Lennon".

3542 acessosUlrich no U2: ele perdeu para McCartney a chance de tocar bateria5000 acessosTragédias: 10 das piores ocorridas em shows de Rock e Metal

O novo álbum de McCartney, "Back In The U.S. Live 2002", traz 19 clássicos dos Beatles dessa maneira, e McCartney disse: "É muito barulho por nada. Não é motivo para ninguém esquentar a cabeça".

Alguns jornais indicaram que Yoko Ono estaria analisando a possibilidade de ir à justiça, mas seu porta-voz, Elliot Mintz, disse à Reuters que a questão não é legal e que Ono está tranquila por saber que o acordo fechado há 40 anos continua válido.

Segundo Mintz, McCartney já havia pedido a Ono para inverter a ordem dos créditos pelas canções e que ela sempre rejeitou o pedido, alegando que "um acordo fechado é um acordo". Mintz disse que, no caso de seu CD mais recente, McCartney não consultou Ono.

No comunicado que emitiu, McCartney disse que não se importa em desagradar a viúva de Lennon, mas que acha que é hora de esclarecer a verdade relativa "a essa disputa de longa data e um pouco tola".

Ele se queixa há muito tempo de que Lennon, por exemplo, não contribuiu para "Yesterday".

Ele disse que Lennon dividiu o crédito por cada uma das canções da dupla corretamente num artigo publicado na revista Playboy e que ele e Lennon concordavam inteiramente quanto a quem tinha composta o quê.

O próprio McCartney já definiu os créditos com precisão no livro "Many Years From Now", de Barry Miles.

Segundo McCartney, Lennon e Brian Epstein, o empresário dos Beatles, decidiram sozinhos que o crédito seria apresentado sempre como "canções de John Lennon e Paul McCartney".

"Eu disse: 'Que tal dizer McCartney/Lennon?' Eles responderam: 'Vamos fazer deste jeito por enquanto e podemos inverter a ordem em qualquer momento futuro, para ser justos", contou McCartney.

"Tranquilizado, deixei o assunto de lado e nossas canções ficaram sendo conhecidas como sendo de Lennon/McCartney, o que estava ótimo comigo", ele recordou.

Alguns anos mais tarde, porém, ele pediu a Ono para inverter a ordem dos créditos de "Yesterday" no CD "Beatles Anthology".

"Primeiro ela disse que sim, mas algumas horas depois ela me ligou e mudou de idéia", contou McCartney.

"Pessoalmente não vejo problema se as canções de John, tais como 'Strawberry Fields' e 'Help', são rotuladas 'por John Lennon e Paul McCartney' e as minhas, como 'Let It Be' e 'Eleanor Rigby', aparecerem como 'de Paul McCartney e John Lennon"', disse ele.

McCartney disse que é hora de pessoas como Yoko Ono terem um pouco de generosidade.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Lars Ulrich no U2Lars Ulrich no U2
Ele perdeu para Paul McCartney a chance de tocar bateria

2270 acessosE se for verdade?: Famosos que morreram e foram substituídos1402 acessosShows: em vídeo, Top 11 Músicas Viscerais de Encerramento266 acessosVersões: Clássicos que você talvez não saiba, ou não lembre que são0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Beatles"

BeatlesBeatles
Como seriam as mensagens por celular entre eles?

Astros do rockAstros do rock
Os pedidos de desculpas mais "notórios"

GrammyGrammy
O que houve de melhor (e pior) relacionado ao rock/metal

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Beatles"0 acessosTodas as matérias sobre "Paul McCartney"

TragédiasTragédias
10 das piores ocorridas em shows de Rock e Metal

Regis TadeuRegis Tadeu
"Lemmy era tão poderoso que seu corpo não teve coragem de contrariá-lo"

Black SabbathBlack Sabbath
Mais uma do Tony Iommi pra cima do pobre Bill Ward

5000 acessosSeparados no nascimento: Keith Moon e Marcelo Adnet5000 acessosNME: elegendo os 10 melhores frontmen do Heavy Metal5000 acessosMetallica: a lista de exigências da banda em 19834388 acessosRichie Kotzen: dez álbuns que mudaram sua vida3588 acessosIn Flames: conheça o 2112, bar dos membros do grupo5000 acessosCOC: "James Hetfield queria Pepper Keenan no Metallica"

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online