Dono de site ilegal de troca de música é preso

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Fonte: Terra Música
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 26/08/03. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Foi feita na manhã desta segunda-feira a primeira prisão no Brasil por venda ilegal de música via Internet. Alvir Reichert Junior, dono do site MP3 Forever, foi detido em flagrante em sua casa em Curitiba, no Paraná.

5000 acessosMemoráveis como a música: os 25 melhores logos de bandas5000 acessosTop 10 Guitarristas: matéria empolgada no Jornal da Globo

A operação foi coordenada pela Promotoria de Investigações Criminais (PIC), Polícia Civil, fiscais da Receita Estadual e Associação Protetora dos Direitos Intelectuais Fonográficos (Apdif).

A prisão foi feita com base no artigo 184 do Código Penal, que trata da violação de direitos autorais. O parágrafo 3 fala sobre os crimes cometidos via Internet e foi inserido na nova lei, que entrou em vigor recentemente. A pena varia de dois a quatro anos de reclusão.

Na casa de Reichert Junior - onde ficava a estrutura do site - foram apreendidos dois computadores e um drive de gravação, além de CDs piratas e discos virgens, informou em entrevista por telefone à Reuters o promotor de Justiça Dicesar Augusto Krepsky, que participou da operação.

Reichert Junior oferecia aos internautas planos de assinatura, de 10 a 35 reais, que davam direito a um CD gravado por mês de arquivos no formato MP3. Ele disponibilizava mais de 6.000 canções, segundo a Apdif. Além disso, oferecia acesso para downloads de mais de 250 álbuns. "Ele permanece preso (...) A prisão será mantida dependendo da condição dele. Se é réu primário, poderá talvez responder em liberdade", disse o promotor, acrescentando que não tem informação de outra prisão no país em decorrência da venda ilegal de canções via Internet.

A prisão de Reichert Junior - que foi encaminhado ao 11º Distrito Policial de Curitiba - faz parte de uma ação que se estende até o final desta semana contra a pirataria no Paraná, com cerca de 60 pessoas envolvidas, entre promotores, policiais civis e fiscais.

A Apdif monitora a Internet no Brasil desde 1999 em busca de sites de troca ou venda sem autorização de arquivos protegidos por direitos autorais.

De acordo com estimativas da associação, entre 2000 e 2002, cerca de 22 mil páginas ilegais na Web foram tiradas do ar.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Polícia"

Kevin ShirleyKevin Shirley
Detido por causa de calote do Slayer em 2004

Nathan "Nate" GaleNathan "Nate" Gale
O assassino de Dimebag Darrell

John LennonJohn Lennon
Assassino comenta o que o motivou a matar

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Polícia"

Bandas de rockBandas de rock
O logo pode ser tão memorável quanto o maior hit

Top 10 GuitarristasTop 10 Guitarristas
Matéria empolgada no Jornal da Globo

GuitarpediaGuitarpedia
Os 10 riffs de guitarra mais complicados da história

5000 acessosDiscórdia: alguns dos maiores insultos entre artistas5000 acessosSuzi Quatro: a importância da linda baixista para o rock5000 acessosAs I Lay Dying: Banda cristã explica a proximidade com o Behemoth5000 acessosSolos: Alguns dos mais bonitos do Heavy Metal4252 acessosIron Maiden: uma versão de "The Trooper" peidando com as mãos5000 acessosBlack Label Society: Zakk explica programa de um passo

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online