Matérias Mais Lidas

imagemA resposta de John Lennon quando perguntado se retornaria aos Beatles em 1975

imagemCinco músicas que são covers, mas você acha que são as versões originais - Parte 2

imagemO clássico dos Paralamas que Gilberto Gil escreveu a letra e ditou pelo telefone

imagemO clássico da Legião inspirado em novela da TV Globo e acusado de plagiar The Doors

imagemRitchie Blackmore em 1978 sobre o Kiss, Fleetwood Mac, Yardbirds e Led Zeppelin

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1988 é um ano inesquecível

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1984 é um ano vital para o metal

imagemCinco curiosidades sobre "The Sick, The Dying... And The Dead!", do Megadeth

imagemBob Dylan explica a diferença entre suas composições e as de Paul McCartney

imagemQuantos discos o Guns N' Roses vendeu no Brasil e no mundo? Veja os números

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagemCadáveres, sangue e girombas: a história da capa de "Reign In Blood", do Slayer

imagemPaul McCartney lista os cinco músicos que formariam sua banda dos sonhos

imagemMichael Schenker explica por que deixou o Scorpions e se juntou ao UFO

imagemAdrian Smith e a volta ao Maiden: "queriam o Bruce e já tinham dois guitarristas"


Bêbados Habilidosos em terceira temporada paulistana

Fonte: Bêbados Habilidosos website
Em 11/12/03

(Press-release)

"Há tempos eu ando trocando a noite pelo dia/ eu ando bebendo bem mais do que devia/ eu ando me sentindo como uma mosca de bar/ que voa e que vive nas migalhas/ só bebo em espelunca, sempre na penumbra/ eu encho a cara com whisky de segunda/ e pela manhã a ressaca é um ridículo final..."

Se você estava com saudades de ouvir essa levada, a boa notícia é que os BÊBADOS HABILIDOSOS estão chegando de novo para diversos shows em São Paulo.

A crescente visibilidade nacional está levando esses bluesmen viscerais cada vez mais para estradas que passam longe de Mato Grosso do Sul.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Sorte nossa que teremos várias oportunidades de ver esses músicos de primeira nos próximos dias.

Neste domingo (dia 14), o programa é duplo. Começa com o pessoal tocando ao vivo na Kiss FM e segue com show às 22 horas no Cemitério de Automóveis, teatro do dramaturgo cult Mário Bortolotto.

Na terça-feira (dia 16), os Bêbados voltam ao Cemitério para mais um show às 21 horas.

Essas duas apresentações no teatro de Bortolotto duram no mínimo duas horas, têm diferentes set lists e integram a programação que marca o fim desse espaço marcante no cenário cultural paulistano.

Na sexta-feira (dia 19), eles levarão seu blues para a Zona Norte, onde se apresentarão na Terra Nova Bar e Cachaçaria, ponto conhecido pela variedade de cachaças.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Em sua terceira temporada paulista neste ano, Renato Fernandes (vocalista e compositor), Fábio Brum (guitarra), Marcelo Rezende (baixo) e Edney Costa (bateria) mostram um trabalho amadurecido que começou há mais de uma década em Campo Grande. O núcleo inicial foi a lendária Blues Band que virou celeiro de outras formações, como o Bando do Velho Jack, e desaguou nos Bêbados Habilidosos.

O primeiro CD dos Bêbados, apropriadamente intitulado de "Envelhecido 12 Anos", se esgotou num zás-trás e composições como "Whisky e Blues", "B.V.C." e "Rio de Whisky" grudaram feito chiclete na memória dos blueseiros mais exigentes. Isso sem contar a antológica recriação de "A Volta do Boêmio", de Adelino Moreira, que Nelson Gonçalves eternizou.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

No próximo ano, sai o segundo CD cobrado pelos fãs de todo o Brasil que lotam o site dos Bêbados de e-mails entusiasmados.

Para quem ainda não ouviu a banda, aí vão alguns de seus diferenciais: 90% do repertório é composto pelo vocalista Renato Fernandes, um tipo introspectivo cuja voz rascante equivale a uma reencarnação masculina de Janis Joplin e provoca arrepios em qualquer alma sensível. Fábio Brum, que tem todas as ferramentas para dar uma de galã da banda, não dorme nessa cama-de-gato e por isso mesmo é que se tornou um virtuose da guitarra cuja referência máxima é Eric Clapton. Marcelo Rezende (ou Marc Blues), tem o maior jeitão de Bukowski, mas toca um baixo que trai influências de rockabilly. Com sua cara de eterno garoto, Edney Costa manda ver na bateria como pouca gente grande dá conta.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Ah, e mais um ponto da maior importância: apesar de toda essa bagagem, os rapazes passam longe de qualquer afetação, pois o que mais querem é se divertir com seu blues, seus amigos, uma boa birita e uma mulher boa.

Ou como Fábio costuma dizer: "O negócio é rir enquanto ainda tenho dentes e tocar as músicas que me fazem bem

Cemitério de Automóveis
Rua Conselheiro Ramalho, 673 – Bela Vista
Tel. 3285-2850
Ingresso: R$ 5,00

Terra Nova Bar e Cachaçaria
Rua Amália Lopes de Azevedo, 550 – Tremembé
Reservas: 6996-7000
Taxas: R$ 7,00 (consumação) e R$ 3,00 (couvert artístico).

(Thaïs Costa)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Exodus: "Rick Rubin é uma verdadeira fraude", diz Gary Holt