RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas


Regis Tadeu explica por que shows do Metallica são melhores que shows do Iron e Kiss

Por Bruce William
Postado em 11 de maio de 2022

Durante uma live transmitida em seu canal do youtube, Regis Tadeu comentou, junto com Paulo Baron, o show realizado pelo Metallica em Curitiba, que contou com a presença de Paulo. Depois de falar das bandas de abertura, Ego Kill Talent e Greta Van Fleet, lá pelos catorze minutos do vídeo Regis explica por que os shows do Metallica são melhores que a maioria dos shows das outras bandas:

Metallica - Mais Novidades

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"O Metallica tem uma... eu diria uma vantagem em relação às outras bandas, porque o repertório não é 100% engessado como acontece nos shows do Kiss. O show do Kiss é aquele roteirinho que você já sabe, assistir show do Kiss é que nem assistir show do Roberto Carlos, você viu um você viu todos, os shows repetem o mesmo repertório, a mesma dinâmica, os mesmos truques, não há modificação nenhuma. E no caso do Metallica isso já não acontece, porque apesar de toda aquela rigidez de estrutura - e é realmente uma estrutura impressionante - o repertório do Metallica tem um esqueleto básico que vai mudando, vai tendo canções que vão entrando e vão saindo - claro que não pode ter um show do Metallica sem 'Enter Sandman', 'Sad But True', 'For Whom The Bell Tolls", sempre tem que ter isso. Mas o Metallica vai mudando algumas canções para justamente criar uma dinâmica nos shows".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Depois de fazer alguns comentários sobre outros aspectos do show do Metallica, Paulo Baron comenta o raciocínio desenvolvido por Regis: "Cara, uma situação muito interessante: você sentia realmente a vibração das pessoas, uma ansiedade, as pessoas não sabiam como ia começar e nem o que iria rolar no show(...) e o que mais me deixou orgulhoso em termos de ter sido aquele metaleiro que eu fui em 1984, 1985, foi sentir que o Metallica não entra pra agradar naquele sentido mais comercial da coisa. Os caras entram no show com 'Whiplash', eles entram sendo metaleiros, mostrando as raízes. Depois 'Ride The Lightning', 'The Memory Remains', 'Seek And Destroy', cara!"

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Daí Regis emenda: "Não é uma típica sequência de quem está a fim de fazer um show mais comercial, né?", com Paulo concordando entusiasticamente: "Exatamente! A Greta Van Fleet é mais comercial - não é mainstream porque eles não tem tantos hits, mas são mais comerciais pois é um som que agrada mais". Paulo reforça então que o Metallica não tentou amenizar nada mas entrou já de sola com uma pancada atrás da outra, e isso lhe traz um sentimento de orgulho em relação à banda.

Mais adiante Paulo diz que a experiência do Metallica nos shows ao vivo é tão grande que eles vão conduzindo os fãs pelo caminho que eles querem, e ele acha inacreditável que o Metallica consegue nos shows fazer com que todos cantem os refrãos, mesmo das músicas mais pesadas, e Regis teoriza: "As canções do Metallica sempre tiveram como qualidade exatamente os refrãos".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Depois Paulo conta que no final do show o Metallica não fez como a maioria das bandas costuma fazer, de bater uma foto, agradecer e sair do palco, eles ficaram alguns minutos conversando com a plateia, interagindo com o público, jogando milhares de palhetas e coisas assim, que para ele comprovam a intensa química que o Metallica tem com seus fãs, e Regis comenta que o Metallica sempre teve uma maneira diferenciada de interagir com os fãs, a ponto de ter feito aquele documentário que nenhuma outra banda teria coragem de fazer, o "Some Kind of Monster", onde eles se expõe completamente. "Nem o Iron Maiden tem essa comunicação tão direta com os fãs que o Metallica tem, e isso explica muito da devoção que os fãs têm pela banda".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps




publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | Alex Juarez Muller | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Geraldo Fonseca | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Bruce William

Quando Socram chegou no Whiplash.net era tudo mato, JPA lhe entregou uma foice e disse "go ahead!". Usou vários nomes, chegou a hora do "verdadeiro". Nunca teve pretensão de se dizer jornalista, no máximo historiador do rock, já que é formado na área. Continua apaixonado por uma Fuchsbau, que fica mais linda a cada dia que passa ♥. Na foto com a Melody, que já virou estrelinha...
Mais matérias de Bruce William.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS