Paul Prenter: quem realmente foi o vilão do filme Bohemian Rhapsody?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Gleison Junior, Fonte: Roadie Metal, Press-Release
Enviar Correções  

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

O filme Bohemian Rhapsody, que retrata a vida, obra e morte de Freddy Mercury, tem em Paul Prenter (interpretado por Allen Leech), o grande vilão e responsável por separar a banda do vocalista, assim como ter influenciado diretamente Freddy em suas orgias e uso continuo de drogas. Porém a história real e bem diferente da retratada no filme que é um sucesso de crítica e público.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Prenter nunca foi indicado pelo primeiro empresário da banda, diferente do informado no filme. Ele trabalhava em uma rádio de Belfast (Irlanda do Norte), quando conheceu Mercury. De acordo com o jornal "The Bealfast Telegraph" ele começou a trabalhar para o cantor em 1977, como seu assistente pessoal e com o tempo se tornaram amantes.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Uma verdade é que Prenter e os outros integrantes do Queen viviam em conflito e ambos não se gostavam. No ano de 1982, Roger Taylor e Brian May culparam publicamente Prenter pelo fracasso do álbum "Hot Space". O assistente também foi duramente criticado por dar pouca atenção às participações em programas de rádio, que na época eram um dos meios mais importantes para divulgação dos trabalhos artísticos de músicos e bandas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Diferente do filme, Prenter não foi o culpado de separar Mercury do Queen e muito menos foi demitido por não informar o cantor sobre os convites para o Live Aid. Prenter e Mercury romperam definitivamente um ano após o festival, isso em meados de 1986. Os reais motivos ainda são obscuros, mas pessoas próximas do casal na época, revelaram que Mercury estava se afastando das noitadas e festas no mínimo irreverentes, para uma rotina mais calma e saudável, isso causou certo ciúme e medo em Prenter que por sua vez começou a vazar informações pessoais e confidencias de Mercury e da banda Queen.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No filme, Prenter aparece em um programa de TV contando intimidades e assuntos particulares de Mercury, mas na vida real, esse fato foi revelado ao tabloide "The Sun", que pode ser considerado como uma revista de fofoca de famosos. Essa foi considerada a traição mais grave, onde Prenter, expôs Mercury e seu parceiro Jim Hutton, fazendo diversos comentários sobre o estilo de vida adotado por Mercury e revelando que dois de seus ex-parceiros haviam morrido de AIDS.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"É mais provável vê-lo andar na água do que com uma mulher", disse Prenter. "Quando estávamos em turnê, era um homem diferente a cada noite. Ele ia dormir por volta das 6h, mas raramente sozinho". Essas foram algumas das informações que Prenter revelou ao tabloid inglês e oficializou sua demissão.

Uma das maiores dificuldades nas gravações do filme "Boemian Rhapsody" foi justamente enfrentada pelo ator Allen Leech. Em busca de pessoas que conviveram com Prenter, o ator se viu na imensa dificuldade de conseguir pessoas para falar sobre o assessor direto de Mercury, devido ao fato que desde a morte do cantor, Prenter é visto como um Judas na história da banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Prenter morreu em agosto de 1991 de AIDS, três meses antes de Freddy.

publicidade


GooAdHor Goo336 Cli336 Goo336 Goo336 Cli336 WhiFin