Matérias Mais Lidas

imagemO reencontro entre Steve Harris e Paul Di'Anno na Croácia

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemA opinião de Arnaldo Antunes sobre a competição interna que havia nos Titãs

imagemO dia que Serguei fez um react do clipe de "Recomeçar", o hit do Restart

imagemAdrian Smith conta como Iron Maiden permaneceu forte e era grunge passou

imagemNicko McBrain, do Iron Maiden, mostra o seu novo (e enorme) kit de bateria

imagemRoger Daltrey revela a música "amaldiçoada" que o The Who não toca mais ao vivo

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemDee Snider cutuca bandas com falsas aposentadorias e ingressos caros

imagemMetade das pessoas com menos de 23 anos desconhecem Pink Floyd, David Bowie e Bon Jovi

imagemEddie aparece em versão samurai no primeiro show do Iron Maiden em 2022; veja foto

imagem"Metal Tour Of The Year" chega ao fim e Megadeth agradece bandas participantes

imagemAngra: Quantos shows seguidos a voz aguenta sem restrições? Fabio Lione responde

imagemFrank Zappa disse a Steve Vai que ele soava como "um pão com mortadela elétrico"

imagemOzzy Osbourne diz que "tinha muito o que provar" com "No More Tears"


As regras do Thrash Metal

Por João Renato Alves
Fonte: Metal Storm
Em 21/04/08

Adaptado de texto publicado no site Metal Storm.

1. Seja violento.

2. Seja agressivo.

3. Mostre ódio.

4. Se não pode mostrar ódio, mostre raiva.

5. Mas não a Santa Raiva (St. Anger).

6. É proibido demonstrar emoções.

7. Exceto raiva.

8. Mas não a Santa Raiva (St. Anger).

9. Nunca, jamais, sob qualquer circunstância, sorria. Sorrir é coisa de gay.

10. Aliás, o Anthrax é a banda mais gay de todas.

11. Cante sobre matar, violentar, torturar e destruir pessoas.

12. Mas não tenha coragem de matar sequer uma formiga.

13. O Thrash "old-school" é o único Thrash.

14. Álbuns de reunião não são.

15. Não seja James Hetfield.

16. Não seja Dave Mustaine.

17. Não ouça Punk, Punk é coisa de gay.

18. Secretamente ouça Misfits.

19. Odeie bandas novas, o Thrash "old-school" é o único Thrash.

20. Odeie Crossover, o Thrash "old-school" é o único Thrash.

21. Se estiver sem idéias, lembre-se: a vida é uma merda, o governo é uma merda, você rejeita essa porra de lugar, você despreza essa porra de raça.

22. Mesmo que tenha 15 anos de vida, diga que se lembra das notícias sobre a morte de Cliff Burton.

23. Diga que chorou naquele dia.

24. Aha! Gay!

25. Os anos 80 foram os melhores para o Thrash, tente ter nascido nos anos 60 ou 70 para ter lançado seu disco durante aquele período.

26. Lance seu melhor álbum em 1986.

27. Se não puder, que seja em 1987.

28. Esqueça o Thrash após os anos 90. Anos 90 eram muito... não-Thrash.

29. Você tem duas opções:

30. a) Separar sua banda.

31. b) Fazer trash Metal.

32. Você pode virar Heavy (Anth... Mega...)

33. Ou Tribal (Sep...)

34. Talvez Industrial (Krea...)

35. Também Country (Met...)

36. Até Punk (Sod...)

37. Se a sua banda se separar no início dos anos 90 você tem permissão para retornar no início dos anos 2000. Lance 2 álbuns e separe a banda novamente.

38. Se não separou, finja lançar um álbum de "volta às raízes", após uma década só lançando merda.

39. Oportunamente esqueça a regra número 14, mas lembre-se da número 5.

40. Possua centenas de demos e álbuns do Thrash "old-school".

41. Tenha o "Master of Puppets".

42. Ouça apenas esse album.

43. Bem, às vezes ouça "Reign in Blood" também.

44. Chame o Metallica de vendido.

45. Chame o Megadeth de vendido.

46. Chame (Coloque o nome de qualquer outra banda nesse espaço) de vendido.

47. Baladas são gays.

48. Nomear uma música como "The Ballad" é mais gay ainda.

49. Ponha isso na sua cabeça, você jamais foi criança.

50. E quando foi, sua infância foi cheia de tristeza.

51. Mas ao menos você não foi molestado, deixe isso para os babacas do New Metal.

52. Lembre de seus pais – e do imortal desprezo que sente por eles.

53. Violões são permitidos apenas para mostrar proeficiência, ou fazer intros, outros e interlúdios.

54. Lançar álbuns com covers de bandas Punk está fora de cogitação.

55. Lembre, para riffs são permitidas apenas duas cordas, a quinta e a sexta.

56. Para solos, você tem a primeira e às vezes a segunda.

57. Vocal gutural é proibido, exceto se você for alemão.

58. Ou brasileiro.

59. Você não é o Kreator, nem Sodom, nem Destruction. Nem nunca será.

60. Tente ser eles.

61. Não seja Death Metal, Death é coisa de idiota.

62. Não seja Black Metal, Black é coisa de idiota.

63. Teoria Musical? Sai fora!!!

64. Não seja Progressivo, Progressivo é coisa de idiota.

65. Odeie qualquer subgênero influenciado pelo Thrash, lembre da regra 13.

66. Sinta o fogo do Thrash queimando sua alma.

67. Mas não seu corpo. Leia a regra 15.

68. Olhe para você, seus sentimentos são mais fortes que o ódio.

69. Cante sobre religião, sobre matar Jesus e afins.

70. Diga ser católico romano "até mesmo se for".

71. Ou diga ser ateu e lembre-se, Satã é divertido, nazistas eram divertidos, serial killers são divertidos. Que vergonha, Kerry King!

72. Só um membro da banda pode cantar.

73. Os outros podem gritar em refrões.

74. As palavras que eles devem gritar são: Die!!! Kill!!! Hell!!! Hey!!!

75. Não tenha amigos, amizade é coisa de gay.

76. Não tenha namoradas, isso é gay.

77. O quê???

78. A hostilidade do Death Metal contra os gays foi emprestada do Thrash.

79. Ao citar suas bandas preferidas sempre cite o Metallica primeiro.

80. Esqueça aquelas bandas que fazem o som que você procurou por anos.

81. Se for do Brasil, cite Sepultura, Sarcófago, entre outras, sempre que pintar um assunto ligado a caixões.

82. A Baía de São Francisco era boa para compor Thrash nos anos 80.

83. Power-Thrash? O quê? Dragões agressivos???

84. Death-Thrash? Leia a regra 61.

85. Black-Thrash? Não leu a regra 62? Além disso, o Black Metal é tão... não-Thrash.

86. Progressive-Thrash? Leia a regra 64.

87. Post-Thrash? É proibido, leia a regra 13.

88. Secretamente, ouça Pantera.

89. Quer dizer, secretamente ouça os primeiros álbuns do Pantera.

90. TE PEGUEI!!! VOCÊ É GAY!!!

91. Não importa se agora é legalizado, processe o Napster.

92. Perguntar sobre bandas de Thrash Melódico é a coisa mais gay que alguém pode fazer.

93. "Falando sério, pode me recomendar uma banda de Thrash Melódico?"

94. Death, Death Angel, Dark Angel, Morbid Angel, Morbid Saint – Essas bandas não são a mesma.

95. Mais cinco para acabar!

96. Escrever regras para o Thrash Metal atrai garotas.

97. Ler regras do Thrash Metal também.

98. Mate Bob Rock!!!

99. Peça para Rick Rubin fazer isso.

100. Seja inimigo de seus companheiros thrashers.

101. Chega!!!


Humor - Regras do Rock e Heavy Metal

As regras do Gothic Metal

As 100 regras do Metaleiro Hipster

As 100 Regras Do Doom Metal

Todas as matérias sobre "Humor - Regras do Rock e Heavy Metal"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre João Renato Alves

Sem descrição cadastrada.

Mais matérias de João Renato Alves.