Gene Simmons responde perguntas do Kiss Army

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Enviar Correções  

Gene Simmons, líder do KISS, respondeu algumas perguntas dos fãs no site oficial KissOnline. Confira alguns dos trechos mais interessantes.

Carlos Eduardo Miranda: "Um monte de roqueirinho que só quer ser da Globo"

Metal: Gibson.com enumera 50 melhores músicas do gênero

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Apesar de deixarem claro que não se preocupam em ser indicados ao "Rock and Roll Hall of Fame", foi excitante serem um dos primeiros indicados ao "VH1 Rock Honors"?

Gene: O "Rock Honors" e o "Rock and Roll Hall of Fame" são ok... mas honestamente, estes prêmios não significam tanto quanto tocar alto e ver as caras do pessoal do Kiss Army. Isso é o começo e o fim de tudo. Prêmios são legais, mas eles são decididos pelos "caras que decidem" estas coisas. Eu gosto de democracia. Eu gosto do voto dos fãs. Em todos os casos, não apenas neste caso.

As reportagens e fotos sobre o "Rock Honors" no KIssOline foram ótimas. Todo mundo parecia estar se divertindo. Como foi o encontro com Ace Frehley?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Gene: Ace estava muito bem humorado. Passamos algum tempo juntos e desejamos sorte um ao outro.

Em entrevista recente Paul Stanley mencionou que quer gravar um novo álbum do KISS se este ábum puder ser feito dentro das expectativas. Veremos um novo álbum do KISS no futuro?

Gene: Todos perguntam sobre um novo álbum do KISS, e Paul tem razão... se formos fazer um novo álbum ele precisa ter uma razão para existir. Todos temos de estar sintonizados e temos que conseguir o clima para fazer um bom álbum. Não acho que precisamos provar nada a ninguém. A hora de fazer um novo álbum é quando sentirmos que é a hora. Até lá, todos os e-mails do mundo não vão conseguir mudar isso.

Como você se sente em relação aos fãs que não querem assistir o KISS se não for com a formação original?

Gene: Não há problemas com os fãs que não querem assistir a line-up atual. Estamos numa ótima fase e orgulhosos do profissionalismo dentro da banda. Ninguém se atrasa. Não há desculpas. Não há química [drogas] no sistema de ninguém. Depois de décadas de tortura, é um prazer compartilhar o palco com este line-up.

Você ouviu o novo CD solo de Paul? O que achou dele?

Paul me mostrou seu álbum solo, é ele é realmente sólido. Ótimas guitarras. Ótimos vocais. Espere até ouvir.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Carlos Eduardo Miranda: Um monte de roqueirinho que só quer ser da GloboCarlos Eduardo Miranda
"Um monte de roqueirinho que só quer ser da Globo"

Metal: Gibson.com enumera 50 melhores músicas do gêneroMetal
Gibson.com enumera 50 melhores músicas do gênero


Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline WhipDin