Heaven And Hell: Iommi comenta sobre projeto

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Rodrigo Teixeira, Fonte: Brave Words
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 23/12/06. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Em texto publicado na Brave Words, o guitarrista Tony Iommi explica como surgiu a idéia do projeto HEAVEN & HELL:

"Acho que nós começamos a pensar sobre o assunto em nossa última turnê (do BLACK SABBATH com o Ozzy), na verdade. Eu estava conversando com o Geezer, quando ele veio com a idéia de se fazer alguma coisa novamente com o Dio. E isso meio que se desenvolveu conforme o tempo foi passando. Eu lembro que... eu acho que o Ralph, do escritório do meu empresário, ligou primeiro e disse: já que estávamos lançando um CD juntos, o pessoal achava que seria uma boa idéia se fizéssemos duas ou três músicas novas, o que acabamos fazendo. Foi assim que tudo começou. 'Nós vamos nos reunir e ver como é que o processo de composição vai rolar'.

2556 acessosKerry King: o Purple influenciou mais o Thrash que o Sabbath5000 acessosHard Rock: as 25 melhores músicas acústicas do gênero

"Então Ronnie veio até minha casa na Inglaterra para trabalharmos em meu estúdio, e tudo correu muito bem. Foi muito legal nos reencontrarmos novamente. Mas de fato, antes daquilo, eu fui ver o Ronnie em Birmingham, em um show, e nós nos encontramos logo após, e este foi de fato nosso primeiro encontro em muitos anos. E isso foi muito legal. Isso foi há uns oito meses, talvez um ano atrás."

Sobre adotar o nome HEAVEN AND HELL, Tony explica: "Desta forma não vão confundir as coisas. De qualquer jeito, eu sei que nós estamos fazendo um 'Black Sabbath: Os Anos do Dio', e isso é um pouco confuso. Mas é a mesma banda que nós tivemos antes. Eu pensei que seria mais facil sair e tocar como Heaven And Hell (este é o nome do primeiro CD do BLACK SABBATH sem Ozzy e com a formação Ronnie James Dio, Geezer Butler, Tony Iommi e Bill Ward, que a principio estaria nessa banda, mas preferiu não participar, e saiu dando lugar ao Vinnie Appice). Sendo assim não há nenhum conflito. A Sharon e o Ozzy ainda não comentaram nada sobre isso. Eu sou dono do nome Black Sabbath, então eu poderia usá-lo. Mas achei que seria melhor não fazê-lo, pois se posteriormente tocarmos sob este nome com o Ozzy, as pessoas vão saber do que se trata, entende? Acredito que nossos fãs saberão quem está nessa formação, não importa o nome. As pessoas sabem o que vão ter com o Heaven And Hell. Com o Black Sabbath poderia rolar algo tipo 'quem é que está no vocal agora?, já com o Heaven and Hell todos saberão que é o Dio quem estará no palco."

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Kerry KingKerry King
O Deep Purple influenciou mais o Thrash que o Black Sabbath

980 acessosBanda dos sonhos: qual seria a sua?182 acessosMarcos de Ros: Tony Iommi, Dois Dedos de Prosa0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Black SabbathBlack Sabbath
Ninguém quer ouvir coisa nova, explica Ozzy

Black SabbathBlack Sabbath
As 10 melhores músicas da banda segundo a Ultimate Classic Rock

WikimetalWikimetal
Os melhores álbuns da última década

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"

Hard RockHard Rock
As 25 melhores músicas acústicas do gênero

VinilVinil
Quais são os dez discos mais valiosos do mundo?

Temperatura MáximaTemperatura Máxima
As atrizes pornôs que incendiaram o cenário Rock

5000 acessosLars Ulrich: O motivo pelo qual o Big Four tocou "Am I Evil"5000 acessosO lado escuro do rock: você acredita em magia negra?5000 acessosMomentos bizarros: histórias de Ozzy, Stones, Who e outros5000 acessos"Mascotes" de bandas: GigWise elege os 14 mais famosos5000 acessosRock, Revolução e Satanismo5000 acessosGuitarra: uma impressionante aula sobre estilos pessoais no Metal

Sobre Rodrigo Teixeira

Estudante de jornalismo, nasceu em 1986 e cresceu ouvindo tudo menos rock. No dia do casamento da irmã, ganhou uma fita K7 que iria para o lixo, com ela dizendo "Ouve isso, vai mudar a sua vida". Colocou para para tocar e, depois dos vinte segundos iniciais da música "Black Sabbath", jogou os CDs de Rap pela janela. Daquele dia em diante, começou a reverenciar a banda dos quatro homens de Birmingham. Ama Judas Priest, Deep Purple, AC/DC, Overkill. Qualquer um desses para começar o dia sorrindo.

Mais matérias de Rodrigo Teixeira no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online