Rolling Stones: mais de 40 anos sem Brian Jones

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Adriana Farias
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 04/07/10. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

A morte do guitarrista e fundador dos Rolling Stones ainda não foi totalmente esclarecida.

5000 acessosKeith Richards: Metallica e Black Sabbath são "grandes piadas"5000 acessosEsquire: Integrantes do Metallica fingem ser do Led Zeppelin

Apaixonado pelo jazz e o blues, o mentor dos Rolling Stones foi encontrado morto na piscina de sua casa, na Inglaterra, no dia 3 de julho de 1969, aos 27 anos. Hoje (3 de julho) completa-se 41 anos sem o artista.

Na época, o episódio foi tratado como acidental e outros desconfiaram de um possível suicídio do músico. Quando Brian morreu, fazia um mês que ele já não era mais um rolling stone. O guitarrista foi forçado a deixar a banda pelos próprios companheiros, que não agüentavam mais vê-lo afundado nas drogas e atirado pelos cantos sempre chapado.

Apesar do enorme talento e sua reconhecida inventabilidade, Brian era pai de inúmeros filhos ilegítimos, asmático, inseguro e se deixou dominar pela depressão e pelo uso descontrolado de drogas.

No ano passado, informações retiradas do jornal britânico The Mail On Sunday afirmaram que Brian Jones poderia ter sido assassinado. Na verdade, essa especulação é alimentada desde a data que o músico morreu, mas foi legalmente rejeitada. A suspeita do assassinato ganhou força quando a enfermeira Janet Lawson acusou o chefe de obras da casa de Brian, Frank Thorogood, de ter feito algo com o fundador dos Rolling Stones, já que ele devia 8 mil libras ao pedreiro.

Além disso, a versão oficial diz que Brian morreu sob influência de drogas (barbitúricos e anfetaminas) e bebida alcoólica. Mas a autópsia revelou que o guitarrista não tinha narcóticos no corpo na hora em que morreu.

Em 2009, depois de 40 anos, o caso foi reaberto pela polícia londrina e a polêmica morte de Brian Jones permanece, até hoje, rodeada de mistérios.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Morte de Brian Jones

5000 acessosA História Impopular dos Rolling Stones - Livro 1 - Brian Jones649 acessosMemorabilia macabra de Brian Jones a venda2122 acessosMorte de Brian Jones será investigada após 36 anos570 acessosNovas teorias questionam morte de Brian Jones175 acessosEm 03/04/1994: Lançados livros contendo versões diferentes da morte de Brian Jones5000 acessosEm 03/07/1969: Brian Jones, guitarrista dos Rolling Stones, era encontrado morto4083 acessosRolling Stones: caso Brian Jones será reaberto após 40 anos1292 acessosBlog Cena: Kurt Cobain, Brian Jones e outras mortes suspeitas1672 acessosBrian Jones: caso não será reaberto, apesar das suspeitas0 acessosTodas as matérias sobre "Morte de Brian Jones"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Morte de Brian Jones"0 acessosTodas as matérias sobre "Rolling Stones"

Keith RichardsKeith Richards
Metallica e Black Sabbath são "grandes piadas"

EsquireEsquire
Integrantes do Metallica fingem ser do Led Zeppelin

InspiraçãoInspiração
30 canções (não somente rock) para mantê-lo motivado

5000 acessosO futuro do Rock nacional: bandas autorais devem "se tocar"5000 acessosGuns N' Roses: a trágica história do baixista fundador5000 acessosJudas Priest: 10 fatos que comprovam que eles são Heavy Metal5000 acessosAudioslave: Morello esclarece história do teste de Layne Staley5000 acessosDamian Salazar: provavelmente o músico de rua mais shreder que você ja viu5000 acessosSlayer: não é tão grande para ser headliner, diz batera do Cannibal

Sobre Adriana Farias

Nascida em São Paulo, Adriana Farias é jornalista pela PUC-SP e autora do livro-reportagem ¨London Calling - histórias de brasileiros em Londres¨. A jornalista já foi produtora na RedeTV! e repórter da emissora PlayTV na área cultural, locais em que coleciona entrevistas importantes com grandes nomes do heavy/rock nacional e internacional, como Joey DeMaio (Manowar), David Bryan (Bon Jovi), Crashdïet, Kings of Leon, The Dickies, Kid Vinil, Angra, Sepultura entre outros. Com apenas 16 anos a autora deu início a sua colaboração ao Whiplash!, entre suas reportagens mais importantes constam os textos analisando a grande imprensa no quesito heavy/rock e a cobertura de mega shows no Brasil e na Europa. Atualmente, a jornalista tem uma dupla jornada como editora de texto na TV Cultura e repórter na Folha de S.Paulo. Entre em contato com a jornalista no blog meonthestreet.

Mais matérias de Adriana Farias no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online