Benvirá: lançando "Os Beats", de Harvey Pekar

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ingrid Abreu, Fonte: Verdana, Press-Release
Enviar correções  |  Ver Acessos

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

A história do movimento e dos principais artistas do movimento Beat em graphic history.

Kiko Loureiro: ele intimidou Chris Adler quando mostrou CD soloMetallica: se encontrar James Hetfield, não peça para bater uma foto

Os Beats conta a história do movimento beat por meio das biografias de seus principais autores, revisitando temas que cercam a sua trajetória. O livro busca uma interpretação visual e narrativa que se diferencia de uma versão literária tradicional sobre o fenômeno beatnik. Assim como os beats, o livro ousa fugir da tradição e busca uma expressão inovadora: as histórias em quadrinhos. E ganhou ainda mais importância com a morte recente do seu autor, Harvey Pekar, um dos nomes mais importantes na história das HQs, que reuniu artistas para compor o livro e escreveu a maioria dos roteiros.

Em meados dos anos 1950 nos Estados Unidos, a geração beat foi responsável por uma reviravolta na literatura e no modo de vida de muitos jovens norte-americanos e depois do mundo. Forma de rejeição dos valores sociais do período pós-Segunda Guerra Mundial, os beats se caracterizaram pela boemia, o hedonismo, a aversão à ficção acadêmica e a adoção de uma narrativa de fôlego, que valorizava a prosa espontânea. Sua a escrita não linear foi influenciada pelos improvisos jazzísticos de Charlie Parker e Miles Davis e a liberdade na pintura, com o objetivo de alcançar diferentes possibilidades criativas.

Com sua literatura excêntrica e verdadeira, os beats exploravam em seus escritos aventuras pelas estradas dos Estados Unidos, como Kerouac em On The Road (Na estrada), suas relações com drogas e a crítica social, que influenciaram as ideias e o comportamento de toda uma geração e deixa seus traços na sociedade contemporânea.

O autor: Falecido em 12 de julho deste ano, Harvey Pekar foi um dos maiores artistas de quadrinhos adultos dos Estados Unidos. Sua série American Splendor é cultuada por fãs do estilo e sua vida, inspiradora de sua obra, foi retratada no filme "Anti-herói americano", que se tornou um clássico. Ele reuniu um excelente time de roteiristas e artistas para compor as histórias que formam Os Beats.

OS BEATS - Uma graphic history
Harvey Pekar
Tradução: Érico Assis
Editora Saraiva - Selo Benvirá
2010 / 1ª edição
R$ 39,90 / 208 páginas
ISBN: 978-85-02-10356-6



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Notícias

Kiko Loureiro: ele intimidou Chris Adler quando mostrou CD soloKiko Loureiro
Ele intimidou Chris Adler quando mostrou CD solo

Metallica: se encontrar James Hetfield, não peça para bater uma fotoMetallica
Se encontrar James Hetfield, não peça para bater uma foto


Sobre Ingrid Abreu

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.