Matérias Mais Lidas

imagemMalmsteen ameaça cancelar show por que vocalista Jeff Scott Soto estava no local

imagemA simpatia de James Hetfield ao conversar com pais de bebê que nasceu durante show

imagemConfira as músicas que o Iron Maiden está ensaiando para turnê que passa pelo Brasil

imagemFoto feita após fim da turnê mostra todos do Ghost sem máscaras, incluindo "Ghoulettes"

imagemComo Max Cavalera aprendeu inglês tendo abandonado a escola aos 12 anos de idade

imagemVocalista do Gwar diz que integrantes do Maiden são "um bando de velhas britânicas"

imagemJonathan Davis, do Korn, explica qual seu problema com o Cristianismo

imagemMetallica faz doação para complexo de saúde e educação em Curitiba

imagemFilha de Ozzy Osbourne escapa de incêndio que fez uma vítima fatal

imagemLuciano Hang processa vocal do Fresno e quer indenização de R$ 100 mil por danos morais

imagemAdrian Smith e a volta ao Maiden: "queriam o Bruce e já tinham dois guitarristas"

imagemMalmsteen diz que Jeff Scott Soto foi expulso de seu show porque não pagou entrada

imagemO segredo da longevidade do baixista do Guns N' Roses tem inspiração nos Stones

imagemKiko Loureiro explica por que acha uma merda seu solo de guitarra em "Rebirth"

imagemJames LaBrie fala sobre a possibilidade de trabalhar novamente com Mike Portnoy


Stamp

Engenheiros do Hawaii: veja a Twitcam de junho

Por André Nascimento
Fonte: 1bertoGessinger
Em 10/06/12

Humberto Gessinger no último dia 06/06 deu sequência a série de Twitcam temáticas a um álbum dos ENGENHEIROS DO HAWAII e desta vez o álbum a ser revisitado foi "Várias Variáveis"- álbum lançado em 1991 e que sucedeu "O Papa é Pop", trabalho que até hoje é o disco mais bem sucedido comercialmente na trajetória da banda.

Ainda sobre o Varias Variáveis, Gessinger escreveu um texto, em seu blog, sobre as gravações deste álbum e que pode ser lido abaixo:

"A gravação do VÁRIAS VARIÁVEIS tinha tudo para ser um saco. Estávamos num estúdio de ponta, no Rio de Janeiro, mas os técnicos ainda não dominavam bem o equipamento, que havia recém chegado. Eram os primórdios da digitalização das mesas de som. Tudo demorava alguns minutos a mais... e quando se está com os dedos a milímetros das cordas do baixo, prontos pra atacar, um instante é uma eternidade.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Reconheço que falo sem muito conhecimento de causa. Me interesso pelos equipamentos, mas arbitrei uma linha que separa o músico do técnico e faço questão de não ultrapassá-la. Minha atitude vai contra o espírito dos tempos, eu sei. Bons pilotos sacam de mecânica, também sei. Mas já vi alguns músicos se perderem no curto trajeto entre um clique de mouse e uma nota musical. Fisicamente a distancia é ínfima. Espiritualmente pode ser intransponível.

Quem já leu o PRA SER SINCERO sabe que havia um vaso no canto do estúdio no qual, num fim de sessão, joguei a erva do chimarrão (na melhor das intenções de adubar). O assistente do estúdio ficou maluco: a tal planta fazia parte de um ritual (não sei de que religião) de uma diva da MPB que estava gravando durante o dia.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Havia um piano muito bacana no estúdio. Deixei para gravar Piano Bar numa das últimas sessões. Quando cheguei, me surpreendi com um monte de fita crepe envolvendo o instrumento e vários cartazes com letras berrando: NÃO TOQUE! 
O piano estava afinado para Tom Jobim gravar no dia seguinte (uma participação no disco da diva, eu acho). O assistente (aquele mesmo), mais realista do que o rei, era o guardião das teclas sagradas. Não tínhamos outra data (pra variar, cronograma apertado). O caso foi resolvido com um telefonema. Piano liberado, pois quem realmente importava não se importava que eu tocasse nele.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Nós, 3 gaúchos estranhos, entrávamos no estúdio às 21h e saíamos Deus sabe quando. Íamos e voltávamos juntos. Sim, é meio nerd isso... mas pô, nada mais nerd do que viver intensamente sua arte, né? No fim da ultima sessão, comemoramos: às 7 da matina, tomando uma média com pão com manteiga, de pé, no balcão da padaria ao lado do estúdio. Nada muito glamoroso, eu sei... mas nossa força estava em outro lugar, por vezes distante do glamour. Vai aqui meu abraço ao Carlos e ao Augusto com a esperança de que tomemos outro café sem glamour numa hora dessas.

A exemplo do FILMES DE GUERRA CANÇÕES DE AMOR, gravei a demo do VÁRIAS VARIÁVEIS em Gramado, deixando a vista se perder na mesma janela que aparece na capa do NAS ENTRELINHAS DO HORIZONTE. Gravei tudo com a doubleneck Steinberger preta (exceto as parceiras com Augusto - ele mandava as bases, eu colocava a voz). Usei um mesmo gravador (TASCAM - gravava 4 canais numa fita K7) para gravar as demos do OUÇA O QUE EU DIGO: NÃO OUÇA NINGUÉM (1988) até o GLM (1992). Parceiro que teve uma bela jornada, aquele portastudio. Ainda mais se considerarmos que já era velho e antiquado no início dela.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

O que me vem à mente quanto penso em VÁRIAS VARIÁVEIS: cobras, bombacha, São Paulo e o arrependimento de, na logomarca, não ter alongado a linha superior do "s" para que ele ficasse simétrico ao "v".

Na verdade, mais do que o disco, me vem à mente a tour. Foi a melhor daquela formação. Se eu quisesse fazer bandeira dos meus trapos, papaguearia que a tour culminou num show no Maracanazinho lotado. E não era show coletivo: no palco, só aqueles 3 gaúchos estranhos. Coincidentemente, num dia 11. Em Julho de 1992.

Foi por esta época que entendi um padrão que se repetia: quanto mais sucesso fazíamos, mais um seguimento do jornalismo cultural nos criticava. Entendi que, no fundo, as críticas não eram à nossa música. Eram verbalização do medo de que nos tornássemos a banda hegemônica. E nisso tinham razão. Hegemonia não era a vocação daqueles 3 gaúchos estranhos. Se chegamos perto ou chegamos lá, peço desculpas. Podem ficar tranquilos, senhores donos da verdade, não voltará a acontecer.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Depois de viver mais e trabalhar com outras pessoas, fui aprendendo do que falam quando falam em inteligência social, networking, RP, brodagem, compadrio, jabáfetivo... é uma escada que vai da santidade ao baba-ovismo. Me divirto analisando em que degrau cada um está".

Sobre a próxima Twitcam , Gessinger revelou que a edição de Julho não será de um álbum específico mas uma compiliação, pois contará com músicas inéditas dos álbuns "10000 Destinos", "10001 Destinos", "Acústico MTV" e "Novos Horizontes"- trabalhos no formato ao vivo e acústico que foram lançados pela banda entre 2000 e 2007.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

A Twitcam de Junho pode ser vista no link abaixo:
http://twitcam.livestream.com/abl7i

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

PRB
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Engenheiros do Hawaii: eleita a banda mais inteligente do mundo?



Sobre André Nascimento

Colaborador sem descrição cadastrada.

Mais matérias de André Nascimento.