Matérias Mais Lidas

imagemMaranhão Open Air anuncia line-up com 24 bandas em dois dias

imagemPrika Amaral esclarece por que contratou apenas mulheres europeias para a Nervosa

imagemA opinião de Dave Mustaine sobre a clássica "The Unforgiven", do Metallica

imagemAudioslave: Tom Morello recorda seu sinistro primeiro encontro com Chris Cornell

imagemCinco músicas lançadas após o ano 2000 que se tornaram clássicos do rock - Parte II

imagemCinco músicos que começaram vida nova após saírem de grandes bandas de heavy metal

imagemNando Reis e a linda música que Samuel Rosa dispensou por ter recebido na hora errada

imagemGene Simmons sobre o Ramones: "Punk nos EUA não significava nada"

imagemVocalista do Anvil afirma que Rob Halford e Ian Gillan são personagens

imagemIggor Cavalera relembra quando Max foi para delegacia e delegado palmeirense o salvou

imagemLegião Urbana e a surpreendente música que serviu de base para "Ainda é Cedo"

imagemRock in Rio: Pitty alfineta a produção do festival ao revelar qual seria sua exigência

imagemJanis Joplin: última gravação dela em vida foi feita para um Beatle

imagemAs faixas do "Black Album" que James Hetfield e Lars Ulrich não curtem

imagemBlaze Bayley diz que um dos menores shows da carreira do Maiden foi o seu melhor


Stamp

Richie Kotzen: Poison, Mr. Big e o futuro com o Winery Dogs

Por Nacho Belgrande
Fonte: Playa Del Nacho
Em 15/07/13

Em uma nova entrevista com o site Examiner.com, o guitarrista RICHIE KOTZEN fala dos planos, ambições e metas de sua nova banda, o WINERY DOGS, montada com o baterista MIKE PORTNOY [ADRENALINE MOB, FLYING COLORS, DREAM THEATER] e o baixista BILLY SHEEHAN [MR. BIG, TALAS] – que lança seu primeiro álbum nos EUA no próximo dia 23 de julho.

O que segue abaixo é um trecho traduzido da entrevista.

[...]

P: Todas as músicas no novo álbum são co-escritas entre os membros da banda?

Kotzen: "Tecnicamente, não. Mas decidimos fazer dessa uma banda de iguais, então toda vez que uma música entra na banda, nós dividimos o crédito por ela igualmente. Mas há talvez quatro ou cinco músicas que eu havia composto antes que eu trouxe e que se tornaram músicas do Winery Dogs. Eu gostei do acordo, porque eu não estive em tantas bandas assim; eu sempre fiz meu lance solo, mas quando eu estive em bandas, eu tive a força de estar no Poison. A única coisa que eu gostava neles é que o disco que eu fiz com o Poison [‘Native Tongue’ de 1993], a maioria das músicas fora composta por mim e Bret Michaels. Entretanto, nós dividimos tudo igualitariamente, e isso de fato ajudou a elevar o moral da banda, especialmente na estrada.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

No Mr. Big, eles não faziam isso, e no segundo disco que fiz com o Mr. Big [‘Actual Size’, de 2001], isso começou a virar um problema. Isso criava tensão,e desde o começo dessa banda, eu sabia – porque eu sou vocalista e guitarrista – que no frigir dos ovos eu acabaria tendo muito peso nas minhas costas... eu vou ouvir melodias como vocalista e vou querer escrever a letra e cantar; isso é natural é normal. Eu sabia, baseado em minhas experiências com duas bandas diferentes que trabalham de modos opostos que isso seria verdadeiramente melhor para o que estamos fazendo. E daí também no fim, há uma música no disco para a qual Mike Portnoy escreveu a letra e eu cantei nela também. Todo mundo contribuiu pra ela." [...]

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Dream Theater 2022


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Sons Of Apollo: qual a opinião de Richie Kotzen sobre a banda

Mike Portnoy: "os Beatles quebraram todas as regras e definiram o padrão"

Mike Portnoy: o raivoso motivo pelo qual ele repudia a Retrospectiva Spotify

Metallica: a letra que fez Hammett e Hetfield chorarem

Slash: por que ele usa óculos escuros o tempo todo?


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande.