Metallica: diretor queria que o filme fosse obscuro e abstrato

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O The Dissolve recentemente falou com o premiado diretor Nimród Antal ("Predators", "Kontroll") sobre seu desbravador filme 3D, "Metallica Through The Never". Quando perguntado sobre o tratamento inicial, comparado ao que o filme é agora, Antal disse: "O processo em si teve três grandes passos: Quando eu sentei com Lars [Ulrich, baterista do METALLICA] e ele explicou o que estava esperando fazer. Eu fiquei fascinado com o conceito de ter uma história acontecendo dentro do show. Senti que era algo fresco e diferente, e eu gostei do desafio de fazer isso."

Metallica: uma versão energética de "Creeping Death" ao vivo em ParisHeadbangers: o preconceito mostrado em vídeo bem-humorado

"Este primeiro passo, e o primeiros pensamentos por trás dele, é que o METALLICA representa uma música 'foda-se' para mim. Eles sempre representaram a rebelião, e certamente, quando eu os encontrei, estava eu passando por um momento muito difícil da minha vida. Então, a rebelião e os protestos pareceram ser uma benção. Esta foi uma coisa. A segunda coisa e outra que eu gosto muito é uma bela estrutura, uma estrutura circular, e é como a ideia dos personagens começando em um lugar, saindo para essa épica jornada que ao final retorna para o lugar onde eles começaram. É uma estrutura elegante. E o último elemento foi me encontrar com um cara chamado Dan Brown, que trabalha para eles, e me encontrar com outros membros da equipe. Eu percebi nesta conversa o quão apaixonados e leais eles são para com esses caras, e o como eles estão dispostos a dar sua vida para fazer o dia acontecer para a banda. Foi inspirador, na falta de uma melhor palavra. Foi realmente nesta última conversa com eles que Trip [personagem de Dane Dehaan] nasceu. Foi isso. Esta é a jornada para criar a história."

Ele continua: "Eu queria que ele fosse obscuro. Eu queria que ele fosse abstrato. Eu não queria que fosse a estrutura de três atos americana, certinha, toda engravatada. Este, por ser primeiramente e de forma mais importante, um concerto-filme, eu tive que criar um conceito que trabalhasse dentro do que eles estivessem fazendo. Você não tem uma hora e meia, você não tem duas horas para gastar com um personagem, você não tem diálogo - você perde elementos que lhe ajudam na narrativa e ajudam à audiência a conectar com estes personagens. Então eu esperava que houvesse essa conexão, mais ou menos como James [Hetfield, frontman] falou na outra noite, você se coloca dentro disso e pode preencher as lacunas. Eu certamente tenho ideias, e certamente sei aonde estou indo com isso, mas alguém pode ter uma visão ainda mais fascinante nisso, permitindo-se interagir com a história."

Antal também falou sobre a filmagem das performances para o "Metallica Through The Never", explicando: "O concerto em si foi filmado em cinco dias. Nós tivemos dois dias em Edmonton, dois dias em Vancouver e então mais um dia em Vancouver. Os primeiros dois dias em Edmonton e os primeiros dois em Vancouver, foram shows completos: ingressos, plateia, banda chegando, banda começando a tocar, banda finalizando o show, audiência gritando. Foi somente neste quinto dia que fizemos um meio set. Eu queria ter certeza de que tínhamos capturado certas cenas. No filme-concerto só tem uma ou duas cenas manipuladas, e o que eu chamo de manipulada é que tínhamos que ensaiar um movimento. Ate mesmo Trip na plateia foi durante um show, mas há um ou dois clipes que tivemos que fazer de novo. Eu lembro de uma em que Lars fazia pedal duplo, e essa filmagem teve que ser capturada no quinto dia. Coisas assim. Todo o resto que vocês verem será do show ao vivo."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Metallica"


Metallica: uma versão energética de "Creeping Death" ao vivo em ParisEntrevista: Martin Popoff, a máquina de escrever do rock/metal

James Hetfield: Tony Iommi comenta sua volta à reabilitaçãoJames Hetfield
Tony Iommi comenta sua volta à reabilitação

Metal Hammer: site lista as dez melhores músicas do Metallica com Cliff BurtonMetal Hammer
Site lista as dez melhores músicas do Metallica com Cliff Burton

Metallica: "Now That We're Dead" ao vivo na Suíça

Slipknot: Cancelamento do Metallica ferrou a turnê dos carasSlipknot
Cancelamento do Metallica ferrou a turnê dos caras

Metallica: ex-baixista Ron McGovney oferece ajuda para James HetfieldMetallica
Ex-baixista Ron McGovney oferece ajuda para James Hetfield

Metallica: Matt Sorum manda mensagem de apoio para James HetfieldMetallica
Matt Sorum manda mensagem de apoio para James Hetfield

Metallica: Lars Ulrich está preocupado com James HetfieldMetallica
Lars Ulrich está preocupado com James Hetfield

Grandes covers: cinco versões para a linda Fade To Black, do MetallicaGrandes covers
Cinco versões para a linda "Fade To Black", do Metallica

Loudwire: site relembra 9 momentos inesquecíveis da carreira de Cliff BurtonLoudwire
Site relembra 9 momentos inesquecíveis da carreira de Cliff Burton

Metallica: James Hetfield vai para a reabilitação e banda cancela turnêMetallica
James Hetfield vai para a reabilitação e banda cancela turnê

Metallica: James Hetfield volta à reabilitação e banda adia turnê na OceaniaMetallica
James Hetfield volta à reabilitação e banda adia turnê na Oceania

Em 27/09/1986: o genial Cliff Burton morria de forma trágicaEm 27/09/1986
O genial Cliff Burton morria de forma trágica

Metallica: Lars acredita que a banda possa tocar por mais vinte anosMetallica
Lars acredita que a banda possa tocar por mais vinte anos

Metallica: Lars e Kirk relembram último show com Cliff BurtonMetallica
Lars e Kirk relembram último show com Cliff Burton

Metallica: Kirk relembra composições com Cliff no RideMetallica
Kirk relembra composições com Cliff no "Ride"

Metallica: o que eles comeram na noite do show no Rock in Rio 2015?Metallica
O que eles comeram na noite do show no Rock in Rio 2015?


Headbangers: o preconceito mostrado em vídeo bem-humoradoHeadbangers
O preconceito mostrado em vídeo bem-humorado

Kiss sobre Secos e Molhados: há quem acredite em OVNIsKiss sobre Secos e Molhados
"há quem acredite em OVNIs"

Sgt. Peppers: O mais importante disco da história?Sgt. Peppers
O mais importante disco da história?

Black Sabbath: mais uma do Tony Iommi pra cima do pobre Bill WardBlack Sabbath
Mais uma do Tony Iommi pra cima do pobre Bill Ward

Rolling Stone: revista elege melhores faixas de álbuns ruinsRolling Stone
Revista elege melhores faixas de álbuns ruins

Regis Tadeu: Maiden, Bowie, Stones, discos Ruins que ele adoraRegis Tadeu
Maiden, Bowie, Stones, discos "Ruins" que ele adora

Axl Rose: Mick Wall quer desmascarar arregada para Vince NeilAxl Rose
Mick Wall quer desmascarar "arregada" para Vince Neil


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336