H. R. Giger: Veja algumas das capas clássicas do designer

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Wikipedia e outras
Enviar Correções  

Faleceu em 12 de maio de 2014 o artista suiço Hans Rudolf Giger, mais conhecido como H.R. Giger. Seu trabalho mais notável foi o design dos monstros xenomorfos da série Alien. Mas ele também criou muitos trabalhos ligados ao rock (em especial o progressivo) e o heavy metal. Algumas de suas artes, inclusive, aparecem em trabalhos de mais de uma banda (como é o caso dos álbuns de EMERSON, LAKE & PALMER e da banda TROCKI). É dele também a capa do clássico "To Mega Therion", do CELTIC FROST.

publicidade

Emerson, Lake & Palmer - Brain Salad Surgery (capa)

Emerson, Lake & Palmer - Brain Salad Surgery (interior)

publicidade

Trocki - Permanent Revolution (a mesma capa do álbum do trio de rock progressivo - até mesmo com a sigla ELP)

publicidade

Emerson, Lake & Palmer - Then & Now

Celtic Frost - To Mega Therion

publicidade

Danzig - Danzig III: How the Gods Kill

Dr. Death - Somewhere in Nowhere

Carcass - Heartwork

publicidade

Magma - Attahk

Island - Pictures

Debbie Harry - KooKoo (1981)

publicidade

Debbie Harry - The Jam was Moving

Atrocity - Hallucinations

The Shiver - Walpurgis

publicidade

Steve Stevens - Atomic Playboys

Sacrosanct - Recesses for the Depraved

No Sense - Out of Reality

Triptykon - Eparistera Daimones

A mesma arte do EP do NO SENSE (de 1991) foi utilizada no álbum de estreia do TRYPTYKON (em 2010)

Além das capas (incluindo uma imagem do interior de um disco do DEAD KENNEDYS que não publicaremos aqui), Giger criou alguns modelos de pedestal para microfone sob encomenda para Jonathan Davis (KORN).

publicidade



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Rock in Rio: Os cachês e exigências dos artistas na edição de 1991Rock in Rio
Os cachês e exigências dos artistas na edição de 1991

Ultimate Classic Rock: as 25 músicas mais tristes da históriaUltimate Classic Rock
As 25 músicas mais tristes da história


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin