Hatematter: referências a obras literárias

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Batalha, Fonte: ASE Press, Press-Release
Enviar correções  |  Ver Acessos

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

Não é incomum encontrar referências a obras literárias em trabalhos de grupos de Heavy Metal/Rock, casos de Iron Maiden, Grave Digger, Metallica, Led Zeppelin, Queen, Manowar, Amorphis, Kamelot e tantas outras. A banda paulistana Hatematter, que atualmente trabalha na pré-produção do sucessor do álbum de estreia, "Doctrines" (2012), também faz uso desse artifício em sua obra. O novo álbum, intitulado "Foundation", será parcialmente baseado na trilogia clássica "Fundação", de Isaac Asimov - eleita, em 1966, a melhor série de ficção científica de fantasia de todos os tempos.

Bateristas: Os 30 melhores de todos os temposGibson: os 10 maiores bateristas de todos os tempos

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Já a música "Left Hand of God", presente em "Doctrines" (2012) e que saiu em videoclipe, faz referência à obra homônima ("A mão esquerda de Deus") de Paul Hoffman. O teor da letra consiste em retratar de forma integral o quão controladora uma religião pode ser e o quanto ela pode destruir a vida de uma pessoa. "Há também a questão da capacidade de devassidão que a religião pode ter a ponto de 'forma fictícia' (ou não) de transformar a vida de uma frágil e miserável criança bastarda em um inferno", explica André Martins, autor da letra. "A maior dificuldade que temos ao trabalhar com obras literárias é de encaixar o tema/letra com o andamento da música/melodia. Neste caso, escolhemos uma única música para interpretar o sentido central de uma obra. Já em 'Foundation', as músicas serão baseadas nas obras de Isaac Asimov, Fundação e A Última Pergunta. Como não conseguiremos enclausurar os livros como um todo em uma ou duas músicas, separaremos as músicas por partes", acrescenta o vocalista Guilherme Souza.

O vocalista ainda explica que a banda pretende criar uma definição mais aguçada das obras, mas sem deixar o ouvinte sem orientação. "Nossa proposta é utilizar estes livros para gerar sentidos diversos para quem escutar nossas músicas. A pessoa que conhecer as obras vai entender na hora do que se trata e quem estiver descontente com a situação atual governamental ou socioeconômica também poderá se identificar", destaca. "É difícil transpor a letra já idealizada para a música, mas evoluímos tecnicamente e garanto que nossas próximas temáticas não ficarão atrás de 'Left Hand of God' ou qualquer outro som de 'Doctrines'", conclui o vocalista.

Guilherme Souza (vocal), André Martins (baixo), Rodrigo Flausino e Mauricio Pastori (guitarras) e Tiago Shade (bateria) planejam lançar o novo álbum no segundo semestre.

Para ver o webclipe de "Left Hand of God".

Sites relacionados:
www.soundcloud.com/hatematter-brazil
http://www.youtube.com/user/Hatematter
www.facebook.com/hatematterofficial

Contato para shows: hatematter@gmail.com




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Hatematter"


Bateristas: Os 30 melhores de todos os temposBateristas
Os 30 melhores de todos os tempos

Gibson: os 10 maiores bateristas de todos os temposGibson
Os 10 maiores bateristas de todos os tempos


Sobre Ricardo Batalha

Ricardo Batalha, formado em Direito pela FMU, é um dos diretores da empresa ASE Press, integra o conselho editorial do Jornal Momento Notícias e vem trabalhando de forma fixa na Revista Roadie Crew desde 1996. Começou editando os fanzines Deathcore e Silent Rage e se tornou uma biblioteca do Metal brasileiro, colaborando para diversos veículos de mídia ligados ao Heavy/Rock desde os anos 1980. Suas bandas preferidas são Black Sabbath, Judas Priest e Accept, mas nunca escondeu a predileção pelo Hard Rock dos anos 80, especialmente o Ratt.

Mais matérias de Ricardo Batalha no Whiplash.Net.

adGoo336