Dave Lombardo: a última vez que ele falou com alguém do Slayer

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

O ex-baterista do SLAYER, atual PHILM, Dave Lombardo, participou de uma coletiva de imprensa em São Paulo, antes de clínica no Brasil. Um clipe de meia hora dessa entrevista esta disponível abaixo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Quando foi perguntado se ainda mantém contato com seus ex-companheiros de banda no SLAYER, Lombardo respondeu: "Não, nós perdemos o contato desde fevereiro de 2013. A única mensagem que eu recebi [em maio de 2013] foi de Tom [Araya] e ele disse: ‘Jeff [Hanneman, guitarrista do SLAYER] morreu.’ E isso foi quando... Eu tinha acabado de aterrissar. Eu estava em Israel e fiz uma clínica de bateria, e aterrissei em Los Angeles e recebi a mensagem de Tom. E essa foi a última comunicação que tivemos."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Lombardo apareceu recentemente no programa de rádio "Let There Be Talk", e durante sua entrevista, revelou o que acha da atual formação do SLAYER: "Há uma certa mágica – no SLAYER como no AC/DC com Bonn Scott – há uma certa mágica quando você tem esses músicos que ninguém pode substituir" explicou. "Ninguém. É isso. Você não pode substituir. Sim, o novo baterista do SLAYER, sim, muitos fãs gostam dele, mas há essa mágica, essa química, é como quando você conhece uma garota e você se dá muito bem logo de cara. É algo especial. A mesma coisa é com a banda: você tem esses quatro caras e eles se odeiam, mas no palco há mágica. E é isso que está faltando. É o que eu acredito."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Lombardo adicionou: "Não posso subir no palco com meus companheiros de banda se não estão sendo compensados pelo trabalho que estão fazendo, assim como eu mesmo, porque se estamos lá fora, somos aqueles que estão lá fora, viajando, suando, jogando roupas fora de tanto suor. E é como: ‘Sério? É só isso?’ Não faz sentido. Especialmente quando você vê outras bandas que fazem tanto sucesso quanto nós fazemos, especialmente durante o ‘Big Four’, e ver como o SLAYER estava viajando e ver como todos os outros estavam viajando. Era meio estranho. ‘O que está acontecendo aqui?’" "Está tudo bem. Se eles querem trabalhar com essa organização, que seja", concluiu o músico.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Slash: Alucinações, sexo, dinheiro e armas de fogo no auge do vícioSlash
Alucinações, sexo, dinheiro e armas de fogo no auge do vício

Metallica: garoto de 10 anos destrói com Enter Sandman em programa de TVMetallica
Garoto de 10 anos destrói com "Enter Sandman" em programa de TV


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Goo336 Goo336 Cli336 GooInArt