Matérias Mais Lidas

imagemLady Gaga: "o Iron Maiden mudou a minha vida!"

imagemSummer Breeze Open Air Brasil acontece em abril de 2023 em São Paulo

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemAlice Cooper diz que em sua equipe "todo mundo é tratado como a banda"

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemMax Cavalera revela como "selou a paz" com Tom Araya, vocalista do Slayer

imagemPink Floyd: Suas 10 músicas mais subvalorizadas, segundo a What Culture

imagem"Stranger Things" traz cena com "Master of Puppets", do Metallica

imagemO álbum do The Who que Roger Daltrey achou "uma m*rda completa

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemMax Cavalera diz quais foram os dois discos mais difíceis que já gravou

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemDavid Bowie recusou (mais de um) convite para produzir o Red Hot Chili Peppers

imagemA opinião de Arnaldo Antunes sobre a competição interna que havia nos Titãs


Stamp

Bill Hudson: virtuoso brasileiro entra para o Kobra And The Lotus

Por Nacho Belgrande
Fonte: Playa Del Nacho
Em 29/05/15

O virtuoso guitarrista brasileiro radicado nos EUA BILL HUDSON [JON OLIVA’S PAIN, CIRCLE II CIRCLE, VITAL REMAINS, WESTFIELD MASSACRE, ABOUT 2 CRASH] encontra-se atualmente no Canadá ensaiando para uma turnê de verão pela América do Norte com a banda KOBRA AND THE LOTUS – também conhecida como KATL- liderada pela bem-apessoada vocalista KOBRA PAIGE, que esteve no Brasil ano passado à ocasião do METAL ALL STARS, quando Hudson e Kobra se conheceram.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Sobre a gênese da colaboração, Bill comenta:

"Eu conhecia o trabalho dela [Kobra] de nome, já que a banda tem aparecido muito nos últimos anos, tendo feito turnê com as maiores bandas da atualidade. Mas eu só a conheci no Metal All Stars, mesmo. Começamos a conversar porque o ultimo guitarrista que tiveram [Jake Dreyer] foi meu aluno, então a conversa começou aí. Depois disso, David Ellefson [MEGADETH] e eu estávamos passando ‘Symphony of Destruction’ no camarim, e ele me disse que a Kobra cantaria essa música, então demos uma ensaiada, mas só isso mesmo.

"Recebi uma mensagem dela pelo Facebook dizendo que o Jake não poderia fazer a turnê de verão, e perguntando se eu teria interesse. Disse que havia gostado muito da minha performance no Metal All Stars, principalmente considerando-se a confusão que foi o evento! [risos] Mas no fim das contas, depois de toda aquela zona, ainda tenho que agradecer e MUITO ao [baterista] RICARDO OLIVEIRA do Korzus, que fez a abertura do show substituindo ao Vinny Appice."

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Nunca um homem de deixar de falar as coisas exatamente como as vê, Bill pôs em perspectiva a ainda baixa incidência de músicos brasileiros com real proeminência na cena do hard rock e do metal mundial:

"Na verdade, acho que a maioria não acha que isso seja viável. O brasileiro vê o tamanho das bandas e artistas internacionais muito ampliado…já falei isso antes: Faço turnês no resto do mundo com média de público entre 100 – 300 pessoas e quando chegamos no Brasil, SEMPRE casa lotada. Acredito que muitas pessoas acham que o "meio metal lá fora" é algo de outro mundo… o que não é verdade. O Brasil tem alguns dos melhores músicos do estilo, acho que deviam vir para fora e botar a cara mais…

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Mas também, se você pensar bem, a gente cresce no Brasil sempre ouvindo sobre o quanto "o gringo é melhor", etc. não me espanta que as pessoas não acham que são boas o suficiente para entrar numa banda. Acho que isso está mudando…o Circle II Circle acaba de contratar o baterista Marcelo Moreira [Almah], o Aquiles entrou no Primal Fear, o Kiko entrou no Megadeth…acho [ou espero] que isso inspire as pessoas. Conheço um baterista muito bom Brasileiro do sul chamado Dio Britto [DISTRAUGHT] que recentemente mudou pra LA tentando achar uma banda. Um ótimo começo!

"Pessoalmente, eu não posso servir de inspiração nesse sentido, pois sempre tive tanto nojo da cena metal no Brasil que nem tentei nada ai…fui fazer a carreira toda aqui fora. Segui um caminho meio inverso… mas acho que cada um cada um.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

"Mas…o melhor mesmo seria se o público brasileiro desse valor ao seu talento… já disse isso antes pra Whiplash.Net, mas vale repetir: compare o Brasil com a Suécia. Na Suécia, as bandas são MAIS populares do que no resto do mundo…e tem umas 15 ou 20 delas…num pais que não cobre nem a área do estado de São Paulo… "

Bill Hudson: BR bangers são persecutivos e têm baixa autoestima

O KATL teve início em 2009 no Canadá e a partir de 2012 teve o apadrinhamento do fundador do KISS, GENE SIMMONS, que ouviu o material da banda e os ajudou a obterem um contrato com o selo UNIVERSAL MUSIC, pelo qual gravaram mais quatro faixas depois acrescidas ao remaster de seu autointitulado segundo álbum, relançado pelo UMG.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Desde 2014, o Kobra And The Lotus vem excursionando para promover seu mais recente disco, "High Priestess’, que foi recebido com euforia pelo público e pela crítica especializada, que o celebrou como um dos 50 melhores discos de metal do ano passado.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Airbourne 2022
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande.