Slayer: Jeff decidiu desaparecer antes de morrer, lamenta Araya

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

Na recente entrevista divulgada pela revista bretã Crack, o baixista e vocalista do SLAYER, TOM ARAYA, foi perguntado se a perda do co-fundador do grupo, JEFF HANNEMAN, havia deixado os membros sobreviventes mais cientes de suas próprias mortalidades.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ele respondeu: "Eu comecei a mudar o modo que vivo muito tempo atrás, eu aprendi isso muito tempo atrás… sabe, éramos bem loucos! Teve muita coisa que me fez mudar como vivo minha vida. Eu me acidentei de carro na rodovia por causa de beber e dirigir, foi onde começou. Todos temos abordagens diferentes da vida, e foi o que escolhi fazer."

Ele prosseguiu: "A morte de Jeff não foi algo que eu estivesse esperando. Eu sabia que ele tinha problemas, eu sabia que ele estava gravemente doente, mas eu não achava que ele ia morrer, porra. Eu achava que ele se recuperaria, eu achava que ele ia melhorar."

"Eu estava em um ponto onde eu precisava tê-lo de novo na banda para que ela funcionasse. Eu não me importava com até que ponto sua habilidade à guitarra estava funcional. Eu simplesmente precisava dele de volta. Então eu estava tentando me comunicar com ele, deixando mensagens, mas ele não retornava minhas ligações. Ele havia decidido que queria desaparecer. Aquilo foi muito difícil."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Hanneman contraiu fascite necrosante em janeiro de 2011 por meio de uma picada de aranha em seu quintal. A infecção consumiu a carne e os tecidos do braço de Hanneman, levando a inúmeras cirurgias, transplantes de pele e intensos períodos de reabilitação que o forçaram a uma semi-aposentadoria e o deixaram à beira da morte em várias ocasiões.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Hanneman acabaria morrendo em maio de 2013 por problemas decorrentes de uma cirrose hepática.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Kerrang: os 25 maiores álbuns de thrash metal da históriaKerrang
Os 25 maiores álbuns de thrash metal da história

Metal Hammer: as 10 músicas mais assustadoras do rock e do metalMetal Hammer
As 10 músicas mais assustadoras do rock e do metal

Beloved Ghouls: Dave Lombardo, Gary Holt & Derrick Green lançam música novaBeloved Ghouls
Dave Lombardo, Gary Holt & Derrick Green lançam música nova

Loudwire: as capas mais assustadoras do metalLoudwire
As capas mais assustadoras do metal

Rob Halford: Dueto com Nergal definitivamente vai acontecerRob Halford
Dueto com Nergal "definitivamente vai acontecer"

Pantera: Nova faixa Goddamn Electric é liberada; ouçaPantera
Nova faixa "Goddamn Electric" é liberada; ouça

Anthrax: Big Four foi um título criado pela imprensa, afirma Scott IanAnthrax
"Big Four foi um título criado pela imprensa", afirma Scott Ian

Slayer: Dave Lombardo e Kerry King planejavam banda com Gary HoltSlayer
Dave Lombardo e Kerry King planejavam banda com Gary Holt

Slayer: Lombardo é feliz por ter tocado primeiro e último show com formação originalSlayer
Lombardo é feliz por ter tocado primeiro e último show com formação original

Slayer: esposa de Jeff Hanneman cria perfil no Instagram para celebrar guitarristaSlayer
Esposa de Jeff Hanneman cria perfil no Instagram para celebrar guitarrista


Kerry King: o surreal dia em que Jeff Hanneman morreuKerry King
O surreal dia em que Jeff Hanneman morreu

Invisible Oranges: os 5 melhores momentos Metal dos filmesInvisible Oranges
Os 5 melhores momentos Metal dos filmes


Há quem goste: As 10 bandas mais odiadas do universoHá quem goste
As 10 bandas mais odiadas do universo

Sinceridade: e se as capas de discos dissessem a verdade?Sinceridade
E se as capas de discos dissessem a verdade?


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Goo336 GooAdHor Cli336 Goo336