Slayer: Qual a importância de Gary Holt para a banda?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Bruce William, Fonte: Classic Rock
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 21/10/15. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Em conversa com The Jasta Show, Gary Holt contou o que ele pensa ser sua função mais importante no Slayer, com quem vêm tocando desde 2011, quando Jeff Hanneman começou a ter problemas de saúde que o impossibilitaram de seguir o ritmo de turnês da banda.

5000 acessosSlayer x Linkin Park: a intolerância e radicalismo venceram5000 acessosIron Maiden: Felipe Dylon toca clássicos da donzela

"As pessoas me peguntam qual a coisa mais importante que eu trouxe ao Slayer, e pode parecer meio hippie o que vou dizer, mas foi a união. Sou realmente próximo de todos na banda, sirvo como uma ponte para fazer com que todos sorriam, estou sempre de bom humor, um sujeito difícil de tirar do sério".

No início do ano, Tom Araya admitiu que ele e Kerry King, os dois integrantes originais da banda, já passaram por sérios problemas de relacionamento no passado, o que faz a declaração de Holt soar ainda mais importante.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Slayer x Linkin ParkSlayer x Linkin Park
A intolerância e radicalismo infantil venceram de novo

2182 acessosMaximus Festival 2017: Confira cobertura em vídeo pela TV Diário958 acessosFantômas: banda de Mike Patton e Dave Lombardo volta a ativa0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Slayer"

MegadethMegadeth
Kerry King não sabe como alguém consegue aguentar Mustaine

Haja penteHaja pente
Os músicos mais cabeludos do Rock e Heavy Metal

SlayerSlayer
Assassino do pai culpa a banda e assume morte de Jeff

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 22 de outubro de 2015

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Slayer"0 acessosTodas as matérias sobre "Exodus"

Iron MaidenIron Maiden
Felipe Dylon toca clássicos da donzela

MegadethMegadeth
Electra mostra para Kiko como está fera no Português

Phil AnselmoPhil Anselmo
"Eu sou o melhor frontman do mundo!"

5000 acessosFlea: "chegamos a um ponto em que não era mais divertido"5000 acessosPink Floyd: os álbuns da banda, do pior para o melhor, pela UCR5000 acessosSlash: um resumo de suas experiências ao longo dos anos5000 acessosA Flauta no Progressivo5000 acessosMetallica: James Hetfield não queria lançar "Nothing Else Matters"5000 acessosJudas Priest: Os 10 discos que mudaram a vida de Rob Halford

Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online